Como acabar com a caspa? Confira 4 dicas que podem ajudar!

Combater as casquinhas no couro cabeludo não é fácil, mas temos algumas dicas de especialistas que vão te ajudar a controlar e a se livrar da caspa!

Se procura dicas para acabar com a caspa e manter as casquinhas no couro cabeludo sob controle, temos um guia rápido de cuidados e tratamentos para você!

O excesso de oleosidade no couro cabeludo e a descamação incomodam muita gente, mas existem 4 alternativas que podem ser a solução ideal para ajudar a resolver o seu problema de seborreia.

Veja os conselhos de dois médicos dermatologistas e descubra qual delas é a mais indicada para o seu caso!

Está sofrendo com muita caspa? O problema é muito comum e causa desconforto, não só pelo excesso de flocos brancos no cabelo e na roupa, mas também pela coceira no couro cabeludo.

Existem alguns métodos e produtos que podem te ajudar a aliviar esse incômodo e até mesmo a se livrar da caspa. Consultamos os dermatologistas Daniel Cassiano e Fabiane Brenner para entender quais são as 4 soluções mais recomendadas. Confira!

Shampoos anticaspa

A forma mais usual e acessível de tentar acabar com a caspa é apostar em shampoos anticaspa que sejam adequados para o seu tipo de cabelo. Por serem produtos testados dermatologicamente, você pode incorporá-los na sua rotina diária de lavagens de forma segura e comprovada.

Dica de produtos: felizmente, existe uma grande variedade de shampoos anticaspa no mercado. Recomendamos todos os shampoos da linha Clear, que foram desenvolvidos especificamente para o controle da seborreia, com opções para cabelos com diferentes necessidades.

Experimente o Shampoo Clear Antibac ou o Shampoo Clear Anticaspa Detox Antipoluição e também o Shampoo Anticaspa Clear Women Flor de Cerejeira.

Soluções caseiras

Existem ingredientes naturais que se popularizaram por ajudar a tirar caspa do cabelo ou por serem benéficos no combate à descamação do couro cabeludo. Mas será que é bom usar receitas caseiras para caspa?

Seja com vinagre, com bicarbonato de sódio ou com os óleos de rícino e coco, existe uma infinidade de receitas caseiras para aliviar a seborreia, e todas elas prometem resolver o problema.

Alertamos que é preciso ter muito cuidado com métodos caseiros, que além de não terem comprovação científica, podem trazer danos graves à saúde, como alergias e queimaduras. O ideal é consultar o seu médico dermatologista!

Saiba mais: Receitas caseiras para caspa: saiba se realmente funcionam!

Mulher aprende como acabar com a caspa
Foto: Unsplash

Remédios de prescrição médica

Consultar um médico dermatologista é certamente a melhor solução para encontrar o caminho ideal para acabar com a caspa. Com o diagnóstico certo, o profissional de saúde poderá indicar medicamentos desenvolvidos especificamente para combater a caspa no cabelo, seja oleosa ou seca, na sobrancelha — ou a dermatite seborreica.

Os remédios para caspa são normalmente antifúngicos e receitados em forma de cremes e loções antibacterianas, que atuam diretamente no couro cabeludo, desinflamando a pele e eliminando a formação de flocos brancos.

“Corticoides em uma solução capilar ou no próprio shampoo podem ser utilizados no tratamento” — afirma o Dr. Cassiano. Já a Dra. Fabiane reforça que existem “soluções anti-inflamatórias, retinóides e para casos extremos, medicamentos de via oral que impedem a descamação do couro cabeludo.”

Consulte o seu especialista de confiança para encontrar a melhor solução para o seu quadro!

Bons hábitos e cuidados capilares

Manter bons hábitos, cuidar bem dos fios e ter a saúde em dia pode fazer toda diferença, tanto para quem quer evitar a descamação do couro cabeludo quanto para quem busca tirar caspa do cabelo. Confira as principais ações que ajudam a manter a caspa controlada e coloque-as em prática o quanto antes:

  • Utilize produtos anticaspa para evitar a caspa recorrente;
  • Evite lavar os fios com água quente;
  • Prefira secar os fios naturalmente, evitando aparelhos térmicos;
  • Não durma com o cabelo molhado;
  • Procure ter uma alimentação saudável;
  • Passe o condicionador apenas no comprimento dos fios, longe do couro cabeludo.

O Dr. Daniel alerta que “é importante evitar dormir de cabelo úmido, prender o cabelo ainda úmido ou usar boné com o cabelo úmido”. A dermatologista Fabiane Brenner reforça essa ideia, já que a “umidade favorece a proliferação dos fungos”. Ela aconselha ainda que é importante “lavar os fios com mais frequência”.

Dica de produto: Sabia que também existem condicionadores anticaspa? Experimente o Condicionador Clear Hidratação Intensa – que além de ajudar a evitar o problema da caspa, hidrata os fios sem pesar.

É possível prevenir a caspa recorrente?

Sim! Se conseguir incorporar o shampoo anticaspa na sua rotina de lavagem, manter bons hábitos, cuidar bem do couro cabeludo e seguir à risca o tratamento indicado pelo seu médico de confiança, é provável que consiga se ver livre das casquinhas e impedir que elas retornem.

O Dr. Daniel Cassiano ainda dá uma dica extra: “no geral, pessoas com cabelo curto tem menos dermatite seborreica.” Anote esse conselho de especialista!

Diminuir o estresse e a ansiedade ajuda no tratamento para caspa?

Com certeza! Não é segredo que os fatores emocionais podem contribuir muito para a piora ou melhora num quadro de caspa. Por isso, quanto mais equilibrado for o seu estilo de vida, mais fácil será aliviar a coceira na cabeça e o excesso de caspa.

Procure encontrar soluções para relaxar um pouco mais no seu dia a dia, sua saúde e o seu couro cabeludo agradecem!

Fontes consultadas:

  • Dr. Daniel Cassiano — médico dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.
  • Dra. Fabiane Brenner — médica dermatologista e coordenadora do Departamento de Cabelos e Unhas da Sociedade Brasileira de Dermatologia.
Artigo anterior
Artigo seguinte