Conheça erros comuns do corte fade para evitá-los

Esse estilo de corte masculino, também conhecido como undercut degradê, também pode ter algumas falhas. Fique atento!

Quer cortar o cabelo mais curto de um jeito diferente, mas está sem ideias? Se o cabelo totalmente raspado não faz (literalmente) sua cabeça, o corte  fade – aquele que cria um degradê de corte nas laterais da cabeça e na nuca – pode ser uma excelente opção, já que está entre as tendências mais em alta quando o assunto é beleza masculina. Porém, antes de sair correndo para sua barbearia ou salão de confiança, fique atento a esses detalhes pequenos, porém essenciais a fim de evitar erros comuns do corte fade.

Erros comuns do corte fade: Topo com muito volume

Não há de errado com um cabelo volumoso. Pelo contrário, volume (especialmente no topo de cabeça, no caso do corte fade) significa mais opções de penteados, que podem ir do simples coque samurai à mais elaborada das tranças. Porém essa diferença gritante de comprimento – um dos erros comuns do corte fade – pode gerar um visual estranho, deixando sua cabeça com uma aparência mais longa do que é realmente.  Mesmo se você não quiser ser tão radical no corte, peça para seu barbeiro não se esquecer de desfiar levemente os fios do topo da cabeça para dar um caimento mais natural para o cabelo, para que o look não fique tão pesado e para que não haja um contraste tão grande em relação aos fios das laterais. Leveza é a palavra de ordem aqui.

Laterais com corte muito profundos

A principal característica do corte fade é seu degradê de corte: os fios devem ser mais curtos quando mais próximos às orelhas e mais longos quando se aproximam do topo da cabeça. O que muitas vezes acontece é esse degradê não ficar tão visível, porque o cabeleireiro acaba se empolgando demais com a máquina e cortando mais do que deveria. As laterais, então, ficam totalmente chapadas em um mesmo nível de corte e o degradê curto mais concentrado somente no topo da cabeça. Essa transição de corte nada sutil gera outra tendência, o moicano, e não o fade. Por isso, deixe bem claro o que você quer para o profissional que vai cortar seu cabelo. Não tenha vergonha, por exemplo, de levar uma foto de referência e mostrar para o expert antes mesmo de ele tocar na máquina.

Esquecer-se da parte de trás do cabelo

Outro erro comum do corte fade é caprichar no degradê das laterais, mas se esquecer de fazer o mesmo com a parte de trás do comprimento, que ganha uma forma estranha e maior do que deveria ser. Você não consegue vê-la logo de cara no salão porque o barbeiro provavelmente vai estilizá-lo com cera, pomada ou gel, mas ela ai aparecer conforme o cabelo cresce e quando os fios estiverem completamente secos. De novo, a solução é a conversa: deixe claro para o profissional que você deseja um combinado de repicado leve no topo, na parte de trás da cabeça e um degradê sutil nas laterais e na nuca.

Sugestão de produtos: Para seu corte fade ficar mais bonito, lembre-se de investir em bons shampoos, de preferência refrescantes, como o Shampoo Clear Men Limpeza Profunda ou o Dove Men+Care Shampoo Limpeza Refrescante. Na parte mais comprida do cabelo, aplique condicionador apenas no comprimento e pontas, por exemplo, o Dove Men+Care Condicionador Força Hidratante.