Dermatite seborreica: saiba como o problema afeta o couro cabeludo

Você anda tendo coceiras, caspa e outros tipos mais intensos de descamação no couro cabeludo? Você pode estar com dermatite seborreica e nem sabia!

A dermatite seborreica, também chamada de eczema seborreico, é uma doença da pele bastante comum. Um tipo de inflamação crônica que surge em áreas da pele que contêm grande número de glândulas sebáceas. Apesar de não ser uma doença contagiosa e de não afetar a saúde de forma contundente, ela pode causar coceiras e certo constrangimento e desconforto, devido às lesões e descamações que ocorrem. A dermatite seborreica pode aparecer em várias partes do corpo e afetar sensivelmente o couro cabeludo. O All Things Hair Brasil tirou as dúvidas sobre o problema com o dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, José Carlos Greco.

Dermatite seborreica no couro cabeludo

Sintomas

A dermatite seborreica se caracteriza por um certo avermelhado na pele, geralmente em forma de  placas ou crostas, associado à coceira e descamação. Quando a inflamação acomete o couro cabeludo, um dos sintomas mais visíveis é o aparecimento de caspa.

“As lesões do couro cabeludo podem ultrapassar os limites do cabelo, tornando-se visíveis, apresentando-se como placas ligeiramente elevadas, cor de salmão e com descamações amareladas ou levemente prateadas. Se estiver muito intensa, pode haver sim queda de cabelo, mas isso pode regredir o quanto antes o problema for tratado”, explica o dermatologista.

Diagnóstico

O diagnóstico é feito clinicamente por um dermatologista, que irá se basear na localização das lesões e no relato do paciente. De acordo com o dr. José Carlos Greco, o médico poderá necessitar de alguns exames clínicos, como: exame micológico, biópsia e teste de contato.

Causas

Segundo o médico, as causas da dermatite seborreica não estão totalmente esclarecidas. “Mas sabemos que ela não é propriamente uma doença das glândulas sebáceas, e os pacientes acometidos não necessariamente têm um aumento da produção de oleosidade. Contudo, a predileção da dermatite seborreica por áreas da pele ricas em glândulas sebáceas nos indica que estas estruturas fazem parte do processo da doença”, explica.

Tratamento

Ainda não há cura certeira para a dermatite seborreica, justamente por ser um problema que vai e volta durante a vida e que pode ser ocasionada por uma infinidade de fatores. No entanto, é possível fazer tratamentos para amenizar os sintomas. Muitas vezes, os melhores resultados vêm de uma combinação de tratamentos, tanto de medicamentos e estilo de vida. No couro cabeludo, é possível usar shampoo anticaspa que contenha ingredientes ativos como ácido salicílico, sulfeto de selênio ou piritionato de zinco.

Recomendamos o uso do Shampoo Clear Alívio Da Coceira, para ajudar a proteger o couro cabeludo enfraquecido e mais propenso ao ataque da caspa. O produto conta com uma tecnologia inovadora que ajuda a ativar a camada de proteção natural no local, evitando que o problema retorne.Você pode fazer o uso conjunto com o Condicionador Clear Alívio Da Coceira, alivia imediatamente as coceiras causadas pelas caspas e o ressecamento do couro cabeludo. Ele ainda auxilia na nutrição dos fios e ativa a proteção natural. Hidrate os fios com Dove Óleo Pure Care Dry Oil.

É interessante também prestar atenção redobrada no que você come. Alguns alimentos podem intensificar e até promover a inflamação. Retire da dieta batatas fritas, assados, refrigerantes, frituras e fast food no geral.

Cuidados na hora da lavagem

Certifique-se de lavar o cabelo corretamente: Use a ponta dos dedos e não as unhas para massagear o couro cabeludo no momento da aplicação do shampoo, pois você precisa soltar as escamas e flocos ocasionados pela inflamação. Certifique-se de deixar o shampoo agir por pelo menos 5 minutos antes de enxáguar.

“Não se preocupe com a perda de cabelo durante a lavagem, pois é muito mais importante para a saúde do seu cabelo livrar-se das placas já formadas. Finalize com uma ducha de água fria”, pontua o médico.