O co-wash pode prejudicar os cabelos? Descubra!

Técnica utiliza shampoo especial que não faz quase nada de espuma.

Usar métodos que sejam menos agressivos para lavar os cabelos é uma prática cada vez mais comum, mas será que a co-wash pode prejudicar os cabelos? A técnica ainda usa um shampoo, mas livre de sulfatos e parabeno, já que esses elementos muitas vezes prejudicam os fios eliminando não só a sujeira prejudicial, mas também os lipídios que mantém a oleosidade natural dos fios.

Segundo Pedro Trindade, cabeleireiro expert eduK, “o co-wash é um sistema de higienização do fio do cabelo respeitando o movimento da fibra natural do fio e usando produtos livres de sulfato e parabenos, mais indicados para a fibra. Antigamente a pessoa comprava um shampoo que servia para o couro e para os fios. Hoje existem produtos para os diferentes processos e, com isso, há uns 10 anos, Lorraine Massey fez nascer o co-wash”, explica.

Será que o co-wash pode prejudicar os cabelos?

Lavagem da forma correta

Quem pensa que o co-wash pode prejudicar os cabelos de alguma forma, está enganado. A técnica faz o contrário, já que beneficia até os fios mais sensíveis. “O co-wash usa de um shampoo com baixo agente detersivo – que faz pouca espuma. É praticamente impossível o co-wash fazer mal ao fio pois, na minha opinião, é a melhor forma de higienização desenvolvida para os fios do cabelo”, acredita o profissional.

Isso porque a técnica beneficia, especialmente, cabelos finos e sensíveis, que são prejudicados e fragilizados com mais facilidade. “É como um tecido de roupa delicado: você não coloca da máquina de lavar ou esfrega agressivamente. Você procura produtos com qualidade amaciante e de reparação para não estragar o tecido. Assim funciona o fio de cabelo (principalmente o cacheado que é mais fino) com o co-wash”, descreve.

É bom para todo mundo

Apesar de o co-wash favorecer, principalmente, cabelos mais fragilizados, de acordo com Pietro o método é indicado para qualquer tipo de cabelo. “Eu costumo falar do co-wash para os cabelos como os dentistas falam da escovação dos dentes: se usar de força, a gengiva retrai e prejudica a saúde bucal.

A lavagem de fazer aquele movimento do tipo ‘enrolando os cabelos’ é como esta escovação de dentes com tração. O co-wash, na verdade e na minha opinião, deveria ser realizado em todo e qualquer tipo de cabelo já que ele preserva melhor a saúde do fio e do couro cabeludo”, acredita.

Aliás, cabelos com química também são muito beneficiados pelo método. “Principalmente para os cabelos descoloridos, com progressiva, coloridos artificialmente. Você pode usar os melhores produtos do mercado, mas se usar do método de lavagem mais agressiva, o cabelo não responde tão bem como responderia a uma lavagem mais cuidadosa”, diz Pietro. Por isso, nada de achar que o co-wash pode prejudicar os cabelos.

E sim, você pode usar a técnica do co-wash todos os dias nos seus fios, de acordo com o profissional, “pode e deve”. “Cacheados e crespos devem ser lavados dia sim e dia não, mas até para os adeptos das lavagens diárias, indico sempre usar a técnica de co-wash”, finaliza.

Sugestão de produtos

Sugerimos o Condicionador TRESemmé  Reconstrução e Força, que ajuda a hidratar, fortalecer e reconstruir os fios.

Outra boa opção é o Condicionador Nexxus Emergencée, que auxilia na selagem das cutículas e na reconstrução da estrutura de proteína dos cabelos.

Se quiser um produto que ajude na hidratação e no desembarace dos fios, sugerimos o Creme Para Pentear Seda Óleo Hidratação, que colabora na nutrição e no controle do frizz dos cabelos.