Splashlights: descubra tudo sobre a tendência

Ana | 17 julho 2016

Fique por dentro desse estilo de mecha que deixa uma faixa de luz na superfície do cabelo.

Novas tendências em coloração surgem a todo instante e, claro, dentro dessa categoria, as mechas não poderiam ficar de fora. Depois das babylights, a novidade da vez atende pelo nome de splashlights. Seu nome, que em inglês significa respingo de luz, não é à toa: esse novo estilo de mecha cria uma faixa horizontal em toda a volta do cabelo, simulando um efeito de feixe de luz que atinge o comprimento.

“Por isso, seu cabelo parece sempre brilhante, não importa o que, como o tempo está, e se você está dentro ou fora de casa”, afirma o cabeleireiro Sandro Cassolari, do salão Square Hair & Care, em São Paulo.

Splashlights e tipos de cabelo

Democrática, a tendência pode ser feita em todos os comprimentos e tipos de cabelo: a diferença é que a faixa iluminada vai ganhar bem mais destaque nos cabelos lisos e ondulados do que em cabelos cacheados e crespos. “Pode até funcionar de forma muito sutil e não vai aparecer tanto. Nesse caso, o procedimento é todo feito com o cabelo escovado para ficar uniforme e um pouco mais para baixo, já que eles tendem a encolher alguns centímetros”, ressalta Marcelo Brito, hairstylist do Studio Tez, também em São Paulo.

E quando o assunto é tonalidades, as opções são infinitas, mas sempre com o cuidado de escolher uma nuance que funcione bem com a cor natural dos fios e não seja tão discrepante. A intenção aqui é trabalhar o conceito de tom sobre tom. “A proposta é sempre a sutileza. Há quem prefira o contraste, mas como o nome mesmo diz, queremos vender a ideia de cabelos iluminados”, esclarece o cabeleireiro Wagner Lisboa, do salão Esmell Ipanema, no Rio de Janeiro. A cor das splashlights devem ser, de preferência, dois tons abaixo da original.

Como conquistar as splashlights no salão

O primeiro passo antes de aderir às splashlights é procurar um profissional que já tenha feito o procedimento. Por isso, antes de sair correndo para o salão, cheque as redes sociais do cabeleireiro em busca de looks semelhantes ao que você deseja. No salão, o hairstylist descolore apenas uma faixa do comprimento em formato de U entre as orelhas a fim de criar um efeito de luz e movimento.

Em seguida, ele aplica o tonalidade de até dois tons mais claros que a cor original dos fios. “A largura da faixa de luz também pode variar: pode ser mais estreita ou mais larga, de acordo com o comprimento do cabelo e o efeito desejado”, explica Marcelo Brito.

Cuidados para seu respingo de luz durar mais

Com splashlights prontas, é preciso saber cuidar das novas mechas, não apenas para prolongar o visual por mais tempo, mas também para evitar que os fios fiquem ressecados. Lembre-se: eles passaram por um processo de coloração, por isso estão mais frágeis. “Os shampoos matizadores hidratam e evitam que o cabelo fique com um tom amarelado”, recomenda Wagner Lisboa. Shampoo e condicionador para cabelos coloridos ajudam a fixar a cor por mais tempo.

“Uma boa máscara hidratante e um leave-in com ceramidas na fórmula ajudam a fechar a cutícula (parte externa do fio), deixando os fios mais brilhantes”, indica Marcelo Brito. O expert também sugere óleos reparadores para deixar os fios mais hidratados. Com essa rotina de beleza em dia, seu feixe de luz capilar só tende a brilhar ainda mais. “Conforme o cabelo cresce, a mecha desce e fica mais bonita”, acredita Sandro Cassolari.

Dicas de produto: Óleo Oil Infinite, de Nexxus, e Creme de Tratamento Ceramidas, de Seda.