Estilo roqueiro: cabelos que injetam uma dose de atitude ao visual

All Things Hair | 13 julho 2016
×

Acessórios, cortes e penteados que marcaram a história do rock para você usar hoje

 

Muito mais do que um ritmo, o rock representou uma revolução cultural e social. O estilo roqueiro ganhou a juventude, nos anos 1950, e, de lá para cá, nunca saiu de moda. A liberdade e rebeldia propagadas por suas letras e riffs de guitarra tiveram reflexos na identidade de grupos que se caracterizaram por beleza e cabelos inspirados no visual dos rock stars.

Cortes e cores de cabelo, acessórios e penteados são destaque na história do rock. Cabelos compridos ou raspados, fios e espetados ou displicentemente amarrados numa bandana são parte dos looks que fizeram sucesso nas últimas décadas e que servem de inspiração para você usar hoje.

Vale ser mais literal e copiar o look de um artista preferido, ou investir nas versões mais atualizadas para os cabelos que foram hits no passado. Vale misturar estilos e alternar, a cada dia uma referência diferente. O estilo roqueiro é, antes de tudo, livre. Então, esteja disposta a quebrar as regras.

8 tendências de cabelos estilo roqueiro

Só no topete

Quando o rock estourou, nos Estados Unidos, nos anos 1950, o topete virou hit também. Primeiro exclusividade de cabelos masculinos, o topete, na década de 1970, também fez a cabeça de representantes femininas de respeito. Quanto mais volumoso, melhor.

Dica de produto: Não permita que o frizz atrapalhe o sucesso do seu topete, dome os fios rebeldes com o Óleo Nexxus Oil Infinite

Grunge, o retorno

Nas passarelas e no street style das maiores cidades do mundo, o grunge está em alta, com direito à dupla camisa xadrez e jeans rasgado que fizeram sucesso nos anos 1990. O cabelo de então também retornou, com fios matizados e bagunçadinhos. Para conquistar o look, aposte em pontas desfiadas e cera nos fios.

Dica de produto: Para conseguir a textura perfeita para esse penteado, recomendamos o uso do Spray Texturizador TRESemmé Expert Perfeitamente (Des)Arrumado.

Mullet, ame-o ou deixe-o

Atualmente, mullets estão para os cabelos como a pochete está para os acessórios, há quem ame e há quem odeie. Sem meio termo. Nos anos 1980, entretanto, o corte com franja (reta ou repicada) e os fios da nuca mais compridos era muito popular, praticamente uma unanimidade. Estrelas do rock foram algumas das responsáveis por disseminar o estilo.

Dica de produto: Garanta a integridade dos seus fios e deixe-os completamente macios e desembaraçados com o Creme Para Pentear Seda Hidratação Anti-nós, que hidrata e alinha as cutículas do cabelo deixando-o com suavidade extra.

Moicano atualizado

Você não precisa raspar as laterais do cabelo e deixar as mechas da faixa central em pé para ter um moicano. Inspirado no penteado característico dos punks ingleses dos anos 1970, o penteado que deixa as laterais do cabelo penteadas com gel e o cabelo com volume na frente faz sucesso, hoje em dia, entre celebridades da moda e da música.

Platinado e bagunçado

Fios platinados foram marca registrada de algumas das mais icônicas mulheres do rock — e de groupies (as fãs, digamos assim, mais ardorosas dos rock stars), também. Raízes aparentes e fios propositalmente desalinhados remetem à rebeldia; o look fica com cara de “eu nem ligo”. Cabelo certinho não faz parte da cartilha do rock. Para o bagunçado perfeito, amasse os fios com cera ou pomada.

Androginia

Se a onda “genderless” (ou “sem gênero”) está em alta atualmente, no rock, a ideia é antiga. Há décadas, roqueiros e roqueiras de vanguarda já cultivavam visual, com destaque para os cabelos, com cortes, penteados e maquiagens que deixavam a dúvida: é menino, ou menina?

Bate cabelo!

Mais descomplicado entre os looks roqueiros, o cabelão partido ao meio (com ou sem chapéu) é um clássico. Fios longos ao vento fizeram bonito entre amantes do rock em todas as décadas e continuam em alta. O comprimento ajuda na hora de bater cabelo, durante um refrão mais emocionante.

Para fazer a cabeça

Alguns acessórios se tornaram emblemáticos entre roqueiros. Chapéus de abas largas remetem ao rock progressivo dos anos 1970. Flores no cabelo são sucesso desde essa mesma década. Primeiro, com os hippies e, depois, com blogueiras e atrizes que frequentam  festivais de rock (e registram tudo em suas redes sociais). Bandanas eram populares entre roqueiros dos anos 1980 e 1990. Na época, ela era usada amarrada na testa e cobrindo a cabeça. Mas o acessório é versátil e dá para usar de muitas outras maneiras.

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.