Arrasa no cabelão: conheça os principais tipos de aplique de cabelo

Virgínia Barbosa | 28 fevereiro 2018

Se você quer investir nos fios longo e não tem paciência de esperar que eles cresçam, aposte no aplique!

Falamos outro dia sobre como um corte de cabelo radical pode influenciar na sua vida, mas e quando o que desejamos MUITO é um cabelo longo e superpoderoso? É nessa hora que o aplique de cabelo pode ser bem útil. Tenho várias amigas que querem muito um cabelão. Uma delas cortou uma vez um corte pixie, mas ela gosta mesmo quando o cabelo está maior. Outra está sempre em busca do cabelo de diva, mas como abusa da química, os fios demoram muito a crescer e quebram demais, obrigando-a a fazer um corte para acabar com as pontas duplas e frágeis.

Que tal, então, tentar algum tipo de aplique de cabelo? É uma opção rápida, com muitas cores, tamanhos e texturas de cabelo. Várias famosas que a gente ama são adeptas dessa moda e vira e mexe aparecem com um visual diferente. Por isso, separei alguns exemplos para ajudar você a escolher sua próxima mudança.

Tipos de aplique de cabelo

1. Extensão com Tic-Tac:

Geralmente são três tiras de cabelo que você deve posicionar de forma estratégica na parte de trás da cabeça.

Pontos positivos: dá para brincar com tamanhos e texturas diferentes, principalmente se os fios forem 100% naturais – é possível escovar, fazer cachos e até chapinha.

Pontos negativos: cuidado para não deixar que as presilhas apareçam. Tiras com tamanhos diferentes podem criar um look mais natural, parecendo que o cabelo é realmente longo.

Como cuidar: lave regularmente com shampoo e condicionador e deixe secar totalmente antes de guardar. Use óleos hidratantes para garantir que os fios permaneçam brilhantes.

2. Megahair com cola de queratina

É uma das técnicas mais procuradas no momento, por garantir um resultado duradouro e muito natural. Pequenos tufos de cabelo são presos aos fios naturais com cola de queratina aquecida.

Pontos positivos: efeito muito natural e manutenção apenas a cada três meses

Ponto negativo: é preciso ter cuidado na hora de utilizar qualquer aparelho térmico para que a cola não derreta e estrague os apliques.

Como cuidar: deixe que o cabelo seque totalmente, evitando prender ainda úmido. Cuidado também ao pentear para não “enganchar” o pente na parte entre a queratina e a raiz. Hidrate regularmente com um bom creme de tratamento.

3. Técnica do Microlink:

Pequenas mechas de cabelo são colocadas junto a mechas naturais através de micro anéis. A técnica é uma das mais procuradas e garante um resultado incrível.

Pontos positivos: é possível a aplicação na cabeça inteira, graças aos diversos tamanhos de anéis. Fica bem natural e a manutenção é supertranquila.

Pontos negativos: é necessário cuidado especial para lavar e pentear para que os fios não embaracem e se prendam nos anéis.

Como cuidar: lavar sempre com água morna ou fria e deixar secar bem. Escolha sempre um profissional qualificado e que trabalhe com cabelos naturais. Assim como nos outros casos, hidrate regularmente e utilize finalizadores para selar os fios.

Continuar lendo