10 dicas para ter cabelos loiros longos de dar inveja

Ana | 25 abril 2016

Cabelos loiros longos são quase um sonho de consumo. Mas mantê-los lindos e saudáveis dá trabalho. Confira as 10 dicas essenciais para cuidar desse tipo de fio.

Levante a mão qual mulher nunca pensou em ter cabelos loiros longos incríveis! Apesar de ser sonho de consumo para algumas, a gente sabe que não é fácil conquistar o visual impecável das famosas. Por isso, separamos 10 truques que são simples de seguir e vão te ajudar a ter um cabelão de parar o trânsito. Dá uma olhada:

1. Na hora de escolher a cor…

Que tal optar por colorações com nutrientes na fórmula? Já existem no mercado opções com óleos e vitaminas que, além de doar cor, reduzem os estragos da química. Ah, e não se esqueça de fazer o teste de mecha antes de aplicar o produto por todo o cabelo.

2. Quer cabelos loiros longos? Hidrate antes de tingir

Saiba que fios bem cuidados garantem que o pigmento se fixe melhor e reduzem os danos causados pela descoloração. Então, pelo menos uma semana antes de tingir o cabelo faça uma hidratação profunda com produtos pré-química.

Sugestão de produtos para caprichar na hidratação e nutrição dos fios: 

3. Dupla infalível: shampoo e condicionador

Não abra mão de usar no dia a dia as versões pós-química de shampoo e condicionador. Elas são importantíssimas para a manutenção de cabelos loiros longos porque possuem ativos antioxidantes, como vitamina A e E, que eliminam ou impedem a formação de radicais livres. Resumindo: usar o shampoo e condicionador correto te ajuda a combater as moléculas responsáveis pela perda de brilho, enfraquecimento dos fios e até previne o branqueamento precoce!

4. Cuidado com a temperatura da água

A água muito quente é capaz de abrir as cutículas (camada mais externa) dos fios e levar ralo abaixo toda a cor e hidratação do fio. Prefira usar água fria ou morna, ok?

5. Seu melhor amigo, o shampoo desamarelador

Os fios estão amarelados demais? Hora de investir em um shampoo desamarelador. Com pigmentos azuis na fórmula, ele neutraliza o amarelo ou laranja dos fios. O ideal é usá-lo uma vez por semana da seguinte maneira: lave o cabelo com o shampoo, massageando a raiz com as pontas dos dedos e aguarde o produto agir por cerca de 15 minutos. Enxágue. Se os seus fios estiverem muito claros,antes de aplicar nos fios deposite o xampu na palma das mãos e misture com água. Isso evita que o produto pigmente apenas uma região do cabelo.

6. Fique longe do shampoo antirresíduo

Os shampoos de limpeza profunda devem ser usados com muita cautela! Por ter pH alcalino, esse tipo de produto abre as cutículas dos fios e retira, não só os excessos de resíduos deixados por finalizadores, mas também pigmentos da coloração. Resultado: fios desbotados bem mais rapidamente.

7. Hidratações caseiras para fios loiros

Cabelos loiros longos costumam ser bem mais frágeis que fios sem química. Para reverter o problema, é preciso hidratar semanalmente os fios com máscaras específicas para cabelos com química. Esse tipo de produto mantém as cutículas fechadas e evita o desbotamento, também causado pela oxidação do cabelo.

Cabelos loiros longos naturais
Cabelos loiros longos costumam ser bem mais frágeis que fios sem química.

8. Reconstruções de salão

Durante o processo de descoloração, é normal os fios perderem nutrientes, além de ficarem com as cutículas danificadas. Daí vem a importância de recorrer à reconstrução: ela repara a fibra capilar e repõe a massa perdida. O número de reconstruções necessárias para a recuperação do fio pode variar dependendo do estado que ele se encontra, mas geralmente o tratamento deve ser feito de uma a duas vezes por mês.

9. Como evitar fios esverdeados

Entrou no mar ou na piscina? Então não deixe de enxaguar os fios com água limpa e sem cloro. Para potencializar a proteção, você ainda pode passar um leave-in no comprimento. Também não se esqueça de usar produtos termoativados com proteção solar antes, ok?

10. Pontas duplas ou espigadas? Nem pensar!

As pontas desse tipo de cabelo, loiro e longo, costumam ser a parte mais danificada dos fios e isso acontece porque a oleosidade produzida na raiz, que protege a fibra capilar, dificilmente chega à região. Para reparar os danos, além de produtos especiais para fios com química e hidratações semanais, você pode usar óleos capilares como finalizadores. Eles são nutritivos e ainda doam brilho e maleabilidade. Outro truque: aparar as pontinhas todo mês para disfarçar o aspecto espigado super funciona.