Tudo o que você precisa saber sobre transplante capilar feminino

Conheça o transplante capilar feminino e saiba como a cirurgia pode restaurar fios e autoestima.

Mulheres sofrem com problemas de queda de cabelo intensa e alopécia sem saber que o transplante capilar folicular poderia ser uma ótima opção, ajudando a melhorar a sua autoestima. Com a evolução da técnica e consequentemente dos resultados obtidos com a cirurgia de transplante capilar feminino, tem aumentado em muito o número de procedimentos realizados em mulheres. Saiba mais sobre o procedimento.

Transplante capilar feminino

A cirurgia

Segundo o cirurgião plástico especializado nesse tipo de cirurgia, Dr. Fabrício Ribeiro, de São Paulo, o transplante capilar produz um resultado definitivo e de aparência natural quando realizado de maneira adequada.

O tempo da cirurgia varia conforme a técnica utilizada e a quantidade de folículos transplantados, mas dura em média de cinco a seis horas. O procedimento é realizado sob anestesia local podendo ou não estar associado a uma sedação.

Como funciona

O procedimento é o mesmo realizado mais comumente em homens, mas nem sempre a cirurgia é uma opção interessante para as mulheres. A calvície feminina costuma ser mais difusa e distribuída por todo o couro cabeludo, e às vezes atinge também a parte de trás da cabeça. Nesses casos não é possível esperar da área doadora a mesma estabilidade e resistência que se observa na calvície masculina, e os fios transplantados podem acabar sendo perdidos com o tempo.

Além disso, o transplante serve exatamente para retirar fios de uma área mais densa e usá-los para preencher as partes mais “ralas”. Se a queda de cabelo for distribuída por toda a cabeça, e a densidade for parecida em todas as áreas, a cirurgia perde o propósito. Portanto o ideal é fazer uma avaliação para que o médico analise o seu caso e diga se o procedimento vai te beneficiar ou não.

Pós-operatório

A cicatrização é mais rápida e as cicatrizes ficam imperceptíveis com o avanço da técnica, ocorrendo apenas leve vermelhidão nos primeiros dias após a cirurgia nos locais de implantação dos fios. Algumas mulheres apresentam um pouco de queda de cabelos no primeiro mês após a cirurgia que tende a ser mais intensa do que a que ocorre com os homens. Trata-se de perda transitória, mas que pode persistir por até 2 meses do pós-operatório.

Indicações 

O transplante capilar feminino continua sendo uma ótima opção em casos de:

  • Alopecia por tração (pinçamento excessivo de sobrancelhas ou uso de penteados muito apertados, como tranças rentes ao couro cabeludo ou coques de bailarina, por exemplo), queimaduras ou outros traumas;
  • Plásticas ou outras cirurgias que causaram perda dos fios na área próxima às cicatrizes;
  • Calvície em padrão similar ao masculino (em áreas mais localizadas e com preservação dos fios na parte de trás da cabeça, onde fica a área doadora);
  • Redução da área da testa (em quem tem a linha de nascimento dos cabelos naturalmente muito alta);
  • Alguns quadros estáveis de alopecia cicatricial e tricotilomania.

Sugestões de produto

Indicamos o Shampoo Dove Controle de Queda, que contém em sua fórmula Trichazole Ativo e ajuda a nutrir os fios desde a raiz e prevenir a queda. Para um melhor resultado, use com o Condicionador Dove Controle de Queda.

Redobre os cuidados na hora de desembaraçar os fios. Para isso, sugerimos o Creme Para Pentear Seda Crescimento Saudável, que auxilia na redução da quebra da fibra capilar no momento de pentear e dá continuidade. A sua fórmula é enriquecida com Biotina, que limpa e hidrata fios, fortalecendo-os para um melhor crescimento.