Hora de cortar o cabelo: sinais de que é preciso passar a tesoura

De 20 em 20 dias ou uma vez a cada três meses? Descubra se é tempo de passar a tesoura.  

A hora de cortar o cabelo pode ser motivo de tensão e ou de felicidade. Há mulheres que ficam com medo de pedirem ao profissional de salão para eliminar apenas as pontinhas, e ele acabar diminuindo o tamanho drasticamente. Por outro lado, quem tem  um cabelo curtinho, com curto ou curtíssimo, com um chanel clássico ou pixie cut costuma se animar com o dia de manutenção. Depois dela, o corte ganha nova vida e os fios voltam a ter o caimento perfeito.

Também pode ser um motivo de dúvida, a hora de cortar o cabelo. Afinal, quem almeja um comprimento bem longo precisa aparar as pontas? E mulheres com fios curtos ou médios? A periodicidade muda para cada uma delas? Como saber quando chegou o momento de marcar o encontro com a tesoura?

São, de fato, muitos questionamentos. Todos eles com respostas apropriadas, que resumimos logo abaixo. Vale a pena ler a respeito e saber se, para você, está na hora de cortar o cabelo. Para evitar aquele medo de perder centímetros além do desejado, vale se precaver de duas formas: a primeira e mais importante, é ter um cabeleireiro de sua confiança. Converse com ele, até que entenda o seu desejo. E também é boa ideia levar fotos de cortes parecidos com aquele que você deseja.

Mulher asiática com franja ilustra matéria sobre a hora de cotar o cabelo
Para a franja reta, a hora de cortar cabelo é quando os fios incomodam os olhos. | Foto: Indiigtal.com

Sinais de que está na hora de cortar o cabelo

Cabelos curtos

Os fios já “perderam o corte”. Ou seja, o que era um pixie hair elegante, passa a ter um formato indefinido, com mechas sobrando em cima, na frente ou dos lados. O crescimento do cabelo não é uniforme numa mesma pessoa e varia de um para outro indivíduo. Mas quem opta por um corte curtinho precisa se preparar para a manutenção, que costuma ser feita a cada três semanas ou uma vez por mês, para manter o visual perfeito.

Franjas

Como acontece com os cortes de cabelo, ocorre também com franjas. Quanto mais definido o formato, mais assídua é a manutenção, para que o look permaneça o mesmo. Assim, as franjas bem curtinhas, precisam ser aparadas mensalmente. Caso contrário, viram uma franja reta comum (não que isso seja ruim, mas apenas umas descaracterização do corte original). A hora de cortar o cabelo para as franjas clássicas, aquelas bem acima da sobrancelha é ainda mais evidente: quando começa a tapar (e a incomodar) os olhos!

Cabelos médios

Para fios médios ou longos, em geral, a hora de cortar o cabelo é a cada três meses, para se manterem saudáveis. Extrapolando esse prazo, o cabelo tende a se tornar danificado. Pontas duplas, ressecamento e opacidade são sintomas disso. No caso de cortes geométricos, com o long bob com ponta, a hora de cortar o cabelo é quando a definição da ponta deixa de ser visível. 

Hora de cortar o cabelo: para deixar o cabelo crescer

Se você está deixando o cabelo crescer até que fique longo, precisa redobrar os cuidados com a hidratação e nutrição. Assim, o prazo de três meses não precisará ser estreitado, por causa de fios danificados. Saiba que, em geral, os fios crescem entre 1cm e 1,5cm por mês. Por isso, não tenha medo de cortar um pouquinho, em prol da saúde dos fios. Você vai ver que vai falar a pena.

Quer saber como cortar o cabelo sozinha? Mostramos aqui!

Sugestão de produtos

Shampoo TRESemmé Expert Detox Capilar e Condicionador TRESemmé Expert Detox Capilar, que limpa o cabelo suavemente. E Dove Pure Care Dry Oil, que ajuda a nutrir os fios.