Cabelo de stylist: cortes, cores e acessórios preferidos de Nilo Caprioli

Dono de cabelos rosa que se tornaram marca registrada, o stylist do programa Adotada, da MTV, tem truques para ensinar para o visual masculino.  

Nilo Caprioli é conhecido pelo cabelo cor-de-rosa shock, que virou sua marca registrada. E também por sua atuação (atrás e à frente das câmaras) no programa Adotada, da MTV. Aos 31 anos, o stylist paulistano tem experiência em  produzir looks para editoriais de moda ou tapetes vermelhos. Nilinho domina a arte de expressar a personalidade por meio do visual e, para All Things Hair, deu dicas sobre como você pode fazer isso também.

Homem tira selfie no elevador, vestindo roupa toda preta.
A cor rosa virou marca registrada.

ATH entrevista: Nilo Caprioli

All Things Hair: Você já usou o cabelo natural num undercut, com dreads e, mais recentemente, colorido de rosa. O que motivou essas mudanças de visual?

Nilo Caprioli: Na verdade vou incorporando tendências o tempo inteiro.

No seu Instagram (@nilinho_), vemos várias fotos suas com acessórios de cabelo, de apliques a bonés. Quais são seus favoritos?

Nilo Caprioli: Vario muito, bonés, chapéus. Mas nem estou usando muitos, por causa da cor mesmo. Dá um trabalhão manter a cor, então é legal que ela apareça.

No visual masculino, é sempre legal misturar. Se você estiver com um estilo muito despojado e colocar o cabelo arrumadinho, fica “cool”. Se estiver todo arrumado, deixar o cabelo meio bagunçado.

Em alta, as boinas foram vistas no street styling das últimas temporadas internacionais. Você acha que vai dar uma chance ao acessório?

Nilo Caprioli: Eu incorporo tendências o tempo todo. Tenho visto boinas lindas, divertidas, cheias de broches. Não sei se vou suar, mas acho uma boa para dar uma renovada na história do boné.

Homem com cabelo castanho e as pontas rosas usa jaqueta preta e branca
Tem versão mais polida com slicked side também.

Quais dicas de styling você dá para os homens? Como eles podem melhorar o visual, usando acessórios de cabelo?

Nilo Caprioli: A dica para os meninos é respeitar o seu próprio estilo. Se o cara for super do street e colocar algo que não seja um boné, pode se sentir desconfortável. Mas se o cara for mais arrumadinho e quiser variar com uma viseira ou um chapéu panamá com a aba maior, fica legal — e ainda protege do sol para não queimar os fios. Também pode estilizar com uma pomada, deixando os fios bagunçados. Ou deixar superimpecável, estilo “mamãe me arrumou”.

No visual masculino, é sempre legal misturar. Se você estiver com um estilo muito despojado e colocar o cabelo arrumadinho, fica “cool”. Se estiver todo arrumado, deixar o cabelo meio bagunçado. É a esperteza do look. Abusa do que o cabelo aceitar: pomada, mousse, spray. Coloca pomada com os fios desalinhados num dia. No outro, coloca gel com o cabelo todo para trás, depois faz uma franja. E assim vai. Varie.

Homem usa cabelo rosa comprido e moletom preto.
Está pouco rosa, coloca mais rosa.

Seu cabelo rosa virou uma espécie de marca registrada. Por ser stylist, é  importante ter um estilo fácil de ser lembrado?

Nilo Caprioli: Achei que o cabelo rosa fosse só um detalhe. Por causa da minha profissão e das aparições no programa, é uma maneira mais fácil de as pessoas me reconhecerem na rua. Se reconhecem você na rua ou se você tem um pouco mais de repercussão no Instagram — que é uma rede social onde as pessoas e marcas mais monetizam hoje — é bom. Ter o cabelo rosa durante a gravação do programa e depois continuar foi importante para saberem que eu sou aquele stylist de cabelo rosa. E isso vai gerando movimento na profissão. É mais fácil de lembrar, de categorizar. Sabe aquele de cabelo rosa? Não foi intencional, quando decidi por essa cor, mas foi um efeito colateral.

O stylist Nilo Caprioli posa com cabelo rosa e regata preta
Trança masculina? Sim.

Como alguém também pode conseguir um cabelo-marca-registrada? Passa o segredo?

Nilo Caprioli: Eu não sei se existe um segredo para isso [risos]. Para mim, o que fez diferença foi o fato de eu me sentir muito natural com ele. Não é´uma coisa “ai, faço isso porque quero chamar mais atenção. O cabelo marca registrada para a vida, colorido ou não, é aquele em que você se sente mais poderoso, sente que mais combina com você. No momento é o rosa, estou com ele ha´dois anos, mas não quero mudar. Faça um cabelo que seja só seu, que mostre a sua personalidade. O importante é se sentir único — não é nem ser único, a verdade é que existem outros meninos de cabelo cor-de-rosa, eu não sou o único. Mas eu me sinto único. O meu cabelo, no meu tom, dentro do meu corte é uma coisa muito minha, me faz sentir representado.

homem branco usa dreads longos e roupa azul marinho.
Bate-cabelo.

Sugestão de produtos

Shampoo Clear Men Limpeza Diária 2 em 1, Dove Men+Care Shampoo 2 em 1 Força Resistente e  Creme para Pentear Dove Men+Care Força e Controle, formulados especialmente para os cabelos masculinos.

Salvar