Shampoo sem sal: o mito por trás do sucesso

All Things Hair
mulher de costas com cabelo cacheado

Você por acaso já ouviu falar que shampoo com sal faz mal para cabelos com escova progressiva? Um especialista desvenda o mito.

Dizem por aí que, para fazer bem para o cabelo, só vale a pena investir no shampoo sem sal – se o fio tiver progressiva então, melhor passar a quilômetros de distância do produto com sal! Mas será que isso é mesmo verdade ou é lenda urbana?

Bem, a resposta é simples: “Não há diferença alguma entre a limpeza feita pelo shampoo sem sal e o shampoo com sal”, diz o tricologista Valcinir Bedin, presidente da Sociedade Brasileira do Cabelo. E por que será então que o shampoo sem sal faz tanto sucesso? Esclarecemos esse e outros mistérios sobre o produto tão amado pelas brasileiras.

Qual a função do sal no shampoo?

É importante saber: a maioria dos shampoos possuem sal, o cloreto de sódio, em suas fórmulas e isso não é por acaso. “O sal no shampoo serve para espessar o produto”, explica o tricologista Valcinir Bedin. Isso significa que o tão mal falado sal possui como função básica dar consistência ao shampoo e fazer espuma. “É um composto que não interfere na saúde dos cabelos”, finaliza. Então, sem drama! Nesse caso, o sal é sim inofensivo para os seus fios.

Shampoo sem sal: o que muda?

Um dos tipos de sal mais conhecidos presentes nos shampoos é o lauril sulfato de sódio. E é aí que a história muda um pouco de figura. Isso porque o lauril é um tipo de detergente e, obviamente, sua função é limpar. Então nada mais normal do que, durante a limpeza, ele leve a gordura embora, certo?

O problema é que o sebo produzido pelo couro cabeludo também protege o fio e o lauril remove essa camada protetora. Por isso, foram criados os “shampoos sem sulfato”. Isso basicamente significa que o shampoo limpa, mas de maneira menos agressiva. É o tipo de shampoo ideal para quem tem fios danificados ou cacheados, que costumam sofrer com o ressecamento.

E, bem, há diversos tipos de sulfato e provavelmente os shampoos que se intitulam “sulfate free” ou “sem sulfato” possuem, sim, outro tipo de detergente – só que menos agressivo. Se os seus fios forem oleosos, então talvez seja melhor você continuar usando produtos com sulfato. Caso contrário, o excesso de oleosidade continuará no seu cabelo.

Shampoo para cabelos com progressiva

Diz a lenda: escova progressiva e shampoo com sal não combinam. E essa história, será verdade? “Uma estratégia de marketing foi dizer que o shampoo sem sal seria melhor para quem fez escova progressiva porque o sal tiraria ainda mais água dos fios, mas isso não procede do ponto de vista científico”, rebate Valcinir. Ou seja: pode continuar investindo nos seus shampoos queridinhos sem culpa.

Outro ponto importante a ser lembrado é que é inevitável que a química do cabelo, seja ela progressiva ou coloração, seja retirada dos fios pouco a pouco de acordo com as lavagens. E isso envolve muita coisa: até a temperatura da água! É que quanto mais quente for a ducha, mais as cutículas (camadas externas do fio) se abrem. O resultado? A química vai embora pelo ralo – e isso pode acontecer independentemente do shampoo que você está usando.

Sugestões de produtos

Indicamos o Seda Shampoo Ceramidas, que foi criado para potencializar o brilho dos fios. Com Microceramida Complexna fórmula, ele promete limpar e hidratar a fibra capilar, deixando os cabelos brilhosos e sedosos.

Você pode optar também pelo Shampoo TRESemmé Reconstrução e Força, que ajuda a proporcionar uma limpeza aos cabelos que previne a quebra dos fios capilares, revitalizando-os e reestruturando-os, oferecendo cabelos saudáveis e fortes.

Experimente também o Shampoo Dove Advanced Hair Series Regenerate Nutrition, que ajuda a eliminar os resíduos que prejudicam a saúde dos fios, pensado especialmente para os cabelos quimicamente tratados por precisam de um cuidado especial todos os dias.