Tendências

Ju Goes: “Passei a entender a beleza como uma forma de expressão da minha essência”

Criado Por
Juliana Tozzi

Em uma entrevista reveladora, a vlogger conta como o processo de autoconhecimento ajudou a encontrar sua real beleza.

Que Ju Goes é uma das vloggers mais encantadoras que existem nesse país você provavelmente já sabia. Além de dominar muitos segredinhos e truques de makes e penteados, ela tem outros tantos talentos admiráveis: é uma das embaixadoras de All Things Hair, jornalista, praticante de yoga, viajante ultra experiente e life coach–sendo esse último, talvez, um de seus maiores predicados.

Tudo teve início quando ela mergulhou em um profundo processo de autoconhecimento para encontrar mais liberdade e leveza nas escolhas e nos caminhos da própria vida. Agora, ela faz com que suas vivências sirvam de inspiração para instigar o despertar de outras pessoas. Conversamos com ela sobre como o autoconhecimento pode ajudar a trazer à tona nossa real beleza. Confira o papo inspirado!

ATH entrevista Ju Goes

All Things Hair: Quem é você no mundo? O que te levou a percorrer um caminho de autoconhecimento?

Ju Goes: Sou uma buscadora e mensageira. Acredito que minha busca, seja sobre beleza, autoconhecimento, estilo de vida, possa ser compartilhada para que exista um ciclo. Aquilo que me faz bem, que me faz feliz, acaba sendo assunto do meu conteúdo para que boas dicas e vivências possam servir de inspiração. O autoconhecimento veio pela necessidade de me entender melhor comigo mesma, desarmando alguns padrões que já não me serviam mais. Tive tantas respostas e passei a me amar mais. Dessa forma venho mergulhando cada vez mais nesses assuntos, fazendo com que as pessoas que também se sintam buscadoras possam parar e refletir sobre as questões da vida, identificando quem são elas, suas missões, entendendo o que existe por trás de emoções destrutivas, a fim de se libertar daquilo que nos paralisa por uma vida mais leve e cheia de satisfação.

ATH: Além das descobertas internas, como passou a encarar a sua própria beleza depois dele?

Ju Goes: Passei a encarar a beleza com mais carinho, mais respeito à minha identidade. Passei a entender a beleza como uma forma de expressão da minha essência, que vai muito além de tendências e modismos. Claro que é sempre bom estar atualizada com o que acontece, mas dentro de uma enxurrada de informação diária, hoje entendo mais facilmente quem sou eu diante dela e aquilo que funciona dentro da minha realidade. Passei a ver a beleza como um ritual de conexão comigo mesma, uma oportunidade de me apreciar ao invés de me esconder atras das minhas produções.

ATH: Quais foram as principais modificações no corpo e nos cabelos?

Ju Goes: Menos quantidade, mais qualidade. Menos produtos, melhores ativos. Também gosto muito de conciliar algumas receitinhas da vovó, de beleza natural aos meus rituais do dia a dia e a minha rotina com produtos que já me ajudam.

Ju Goes

ATH: Desapegar da progressiva na franja foi uma delas?

Ju Goes: Sim! Já não me preocupo mais se a franja vai acordar feliz ou rebelde. Meu cabelo melhorou bastante também com os produtos ideias e cuidados mais focados em saúde a longo prazo do que resultados imediatos.

ATH: Você viaja bastante e recentemente esteve na Índia. Quais foram as descobertas capilares que você fez por lá?

Ju Goes: Percebo que as indianas valorizam muito a naturalidade do cabelo, sua cor natural, sua forma. Elas usam muito tranças e em geral os fios são bem longos. Produtos lá utilizam muitos dos princípios terapêuticos da Ayurveda, medicina indiana milenar e além disso também é muito comum ver óleos capilares para todos os fins. Percebo que existe uma diversidade também para cuidado do couro cabeludo, geralmente a base de óleos essenciais.

ATH: Qual é o kit básico de produtos e ferramentas para cabelo que não podem faltar em qualquer viagem que você fizer?

Ju Goes: Eu sou bem básica mesmo, tá?! Sempre levo um kit de shampoo e condicionador. Por muitas vezes lavo apenas com shampoo no banho, sou adepta dos shampoos mais nutritivos. E acabo levando um óleo numa embalagem pequena de viagem que faz com que meu cabelo seque mais bonito e também ajuda na prevenção de ressecamento. Não costumo levar nenhum aparelho, porque percebo que quanto mais cuido do cabelo, menos preciso modelar ou estilizar ele. Quando o cabelo fica mais sofrido, misturo umas gotinhas de óleo com o condicionador e isso acaba sendo meu creme de tratamento! Versatilidade para mim é tudo!

Ju Goes na Índia

ATH: Quais são os penteados que fazem uma canceriana como você se sentir a mulher mais bonita do mundo? 

Ju Goes: Gosto da simplicidade, então muitas vezes só jogo o cabelo de lado e coloco alguns grampinhos ou acessório. Nos dias mais empolgantes me jogo nas tranças que tanto gosto, mesmo com cabelo curto elas ficam lindas! Para os dias de poder, um coque messy alto é meu melhor amigo!

ATH: E quais são os penteados que você acha que não combinam com a sua personalidade?

Ju Goes: Não gosto muito de formalidades, prefiro seguir com algo mais despojado e moderno. Então penteados muito clássicos ficam fora das minhas preferências.

Sugestões de produtos

Os cuidados com os cabelos começam no banho. Experimente o Shampoo Seda Recarga Natural Pureza Detox e o Condicionador Seda Recarga Natural Pureza Detox. Para desembaraçar e ajudar a modelar os fios, experimente o Creme para Pentear Tresemmé Perfeitamente (Des)arrumado.

Juliana Tozzi
Juliana Tozzi
13 março 2017

Próximos
Artigos