Cabelo verde-água: digno de uma sereia

Uma das cores mais associadas ao verão, o verde-água também fica lindo nos cabelos. Descubra tudo sobre como ter e manter o tom.  

Cabelo verde-água passa uma sensação de frescor imediata. Já reparou? Esse tom, entre azul e verde, tem tudo a ver com o verão. E colorir os fios com ele já não é vantagem entre as amantes das cores fantasia. Você também quer aderir ao estilo? Então, veja as informações que reunimos, para ajudar sua transformação capilar. Antes, durante e depois de pintar o cabelo.

Cabelo verde-água: a hora é agora

Se você sempre quis ter o cabelo verde-água, a hora é agora. Com o boom das cores fantasia nos últimos anos, o mercado nacional está bem abastecido com opções de tinas nacionais e importadas. Outra vantagem é que, em diferentes cidades do país, há coloristas que se tornaram especialistas em aplicar e retocar esse tipo de tinta. Ao mesmo tempo, ver alguém com cabelo pintado de azul ou rosa deixou de ser razão de susto (ao menos nas grandes cidades). E, por isso, o estilo passou a ser mais tolerado ou até bem-vindo em muitos ambientes profissionais.

Cabelo verde-água: em casa ou no salão?

A escolha entre conquistar o cabelo verde-água em casa ou no salão é só sua. Em geral, sugerimos pintar os fios no salão de beleza, especialmente na primeira vez. Nossa dica se justifica pois não basta descolorir o cabelo e aplicar a tinta (o que já dá bastante trabalho, com risco de dar errado, caso feito por um amador). Mas saber exatamente a mistura de descolorante e de tinta fantasia para chegar ao verde-água esperado também faz parte do processo. Sem contar o tempo exato de deixar cada produto no cabelo, dependendo da cor natural dos fios de cada pessoa.

Essa coloração representa um desafio, porque os fios descoloridos comumente se tornam amarelos. Mesmo bem claros, dificilmente um cabelo castanho escuro ou preto se torna branco. Então, na hora de receber pigmentos azuis, corre-se o risco de, em vez de um cabelo verde-água, você ter um cabelo apenas verde (já que azul e amarelo juntos resultam em verde). Conhecedor de colorimentria, o profissional de salão saberá equilibrar as cores, para conseguir a cor desejada. Em geral, é adicionado um pouco de roxo, para neutralizar o amarelo. Mas, em casa, pode ser difícil controlar todas as variantes.

Cabelo verde-água: quais produtos?

O ideal é usar tinta fantasia, porque ela é fabricada, testada e aprovada para ser usada em cabelos humanos. Assim, é mais segura para a saúde dos seus fios e couro cabeludo (e com saúde não se brinca!). Essas tintas, infelizmente, têm menor poder de fixação (em média, 15 lavagens). Assim, se quiser passar meses com o cabelo verde-água, prepare-se para fazer manutenção. Na internet, há dicas sobre produtos como anilina para colorir móveis, dizendo que eles servem para colorir o cabelo. Mas usar fórmulas que não foram pensadas para o cabelo é desaconselhável.

Cabelo verde-água e sereísmo

A tendência do sereísmo, com cabelos longos e ondulados, acessórios feitos de conchas e outros materiais que remetem ao mar, continua em alta. E o cabelo verde-água combina perfeitamente com essa estética. Uam vantagem é que, quanto mais clarinha a cor vai ficando, mais ela tem a ver com o verão.

Sugestão de produtos

Dove Shampoo Advanced Hair Series Regenerate Nutrition Condicionador Dove Advanced Hair Series Regenerate Nutrition, pensados para fios quimicamente tratados. E  Óleo Nexxus Oil Infinite, que ajuda a manter os cabelos saudáveis.