Alice Salazar: “Se o cabelo não estiver do jeito que eu gosto, eu não me sinto bem”

Amanda Miquelino | 28 fevereiro 2018
×

Leia a entrevista com essa blogueira e maquiadora profissional superdivertida.

A bem-humorada Alice Salazar, uma das primeiras youtuber de beleza, falou com All Things Hair sobre maquiagem, carreira, autoestima, cabelo e muito mais. Leia a entrevista com essa maquiadora gaúcha que já conquistou mais de 2 milhões de inscritos no Youtube, mais de 1 milhão de seguidores no Instagram e ainda possui um blog pessoal. Sem contar a legião de admiradoras do seu trabalho espalhada pelo Brasil inteiro. O bate-papo está superdivertido e informativo. Confira!

All Things Hair entrevista Alice Salazar 

Reprodução/Instagram: @alicesalazaroficial

All Things Hair: Como surgiu a ideia de se tornar youtuber?

Alice Salazar: Foi uma sugestão de um amigo meu, chamado Yuri Ruppenthal. Na época estavam começando a surgir os blogs e ele me disse: “porque tu não faz um blog de maquiagem?”. E eu segui a ideia dele. Logo em seguida, comecei a ver que não se sustentava só com fotos um blog de maquiagem e então eu passei a fazer vídeos no Youtube. Umas três ou quatro pessoas no Brasil já faziam isso. Como tinha pouca gente, os vídeos começaram a estourar e a dar certo. E estou fazendo isso até hoje.

ATH: Você está sempre bem-humorada nos seus vídeos? Da onde vem esse humor?

Alice Salazar: Na verdade eu sou muito bem-humorada mesmo. Eu acho que isso é uma característica minha e é importante. Óbvio que eu tenho vários defeitos. Sou desorganizada e tenho um monte de coisa que eu não gosto em mim, mas realmente eu acho que humor é um negócio que eu acho muito bom e importante porque sempre fui feliz, independente da fase que eu estivesse vivendo. Quando eu trabalhava como telefonista e ganhava um salário superbaixo, mesmo assim eu era bem-humorada. Então é uma coisa que vem de mim mesmo e eu sou muito feliz por ter essa característica. 

Alice Salazar
Reprodução/Instagram: @alicesalazaroficial

ATH: Você oferece conteúdo de beleza para muitas mulheres. Você sente que a responsabilidade é grande em lidar com a autoestima dessas mulheres?

Alice Salazar: Muito grande! É uma responsabilidade muito louca. As vezes eu não dimensiono o quanto isso é importante. Só uma pessoa contar que saiu da depressão por causa dos vídeos, que começou a se arrumar, que os vídeos passaram a ser uma terapia para ela, então que eu consigo ver o quanto os vídeos atingem as pessoas. Nós como youtubers somos as mesmas de sempre, mas quando alguém vem dar esse depoimento e diz o quanto os vídeos mudaram as vidas delas, nós ficamos muito felizes e muito gratas em ter contribuído para que isso acontecesse.

ATH: Como é seu cabelo natural?

Alice Salazar: Meu cabelo natural é um loiro escuro e é bem ondulado, não é liso e nem cacheado. 

ATH: Quais mudanças você já fez no cabelo? De cortes a colorações.

Alice Salazar: Eu não sou aquela pessoa que muda muito o cabelo. Na verdade, quando eu tinha 15 anos eu comecei a fazer luzes, mechas e reflexo e sigo fazendo até hoje. E por isso eu sou mais loira do que antes porque quando fazemos luzes o loiro toma conta do cabelo. Eu não me gosto com o cabelo muito curto, então eu sempre prefiro mais comprido. Eu só fiz um repicado na frente e fui loira sempre, mas não significa que eu vou ser para sempre loira, mas por enquanto é o que me sinto bem. (risos)

Reprodução/Instagram: @alicesalazaroficial

ATH: Quais cuidados você tem com o cabelo? Na lavagem, hidratação, finalização e secagem.

Alice Salazar: Eu cuido bastante do meu cabelo. Procuro usar sempre produtos bons e de qualidade. Uso um shampoo para raiz oleosa porque minha raiz é oleosa. Depois uso sempre máscara e raramente uso condicionador. Como eu tenho reflexos e luzes o cabelo acaba ficando bem poroso, então faço sempre hidratação. Uso máscara de boa qualidade. Sempre que seco uso protetor térmico. Acho que isso foi uma das coisas mais importantes e que mais mudaram o meu cabelo de uns tempos para cá. Eu percebi isso a longo prazo. E sempre que estou em casa e tenho tempo eu uso bastante máscara e procuro não secar com secador para que os fios absorvam melhor naquele dia.

ATH: Você já teve problemas nos fios? Como resolveu?

Alice Salazar: Sim, eu já tive. Uma vez eu comecei a usar um medicamento que é indicado para colocar direto no couro cabeludo e serve para fazer crescer mais cabelo porque nós nunca não estamos satisfeitas, né? (risos). Meu cabelo ficou amarelado e com as cutículas fechadas. Quando eu fui fazer luzes, o cabeleireiro botou três vezes descolorante porque o fio estava muito fechado e então quebrou bastante a frente do cabelo. Não quebrou na hora, mas foi quebrando ao longo do tempo e então eu fiquei com aquela franja totalmente arrepiada. Isso foi muito sofrido para mim. Não ficou aquela coisa de outro mundo, mas eu não tive outra alternativa do que fazer muita hidratação e deixar o cabelo crescer. Mas me incomodou muito na época. 

Alice Salazar
Reprodução/Instagram: @alicesalazaroficial

ATH: Você ensina muitos tutoriais de maquiagens. É possível combinar com o cabelo ou penteado?

Alice Salazar: Super! Eu posso fazer a maquiagem que for, mas se o cabelo não estiver do jeito que eu gosto eu não me sinto bem. Então a maquiagem sozinha eu considero que ela não eleva o visual. O visual é composto por um look bem bonito, de uma maquiagem bem feita e de um cabelo arrumado. Óbvio que não precisa ser um arrumado certinho e que pode ser um arrumado despojado, mas ele tem que estar em dia. 

ATH: Quais dicas de beleza com os fios você dá para os seus seguidores?

Alice Salazar: Como eu falei antes: muita e muita máscara, principalmente se o cabelo estiver danificado e ressecado. Protetor térmico também é muito importante. E outra dica que vai fazer bastante diferença a longo prazo é usar o secador na temperatura média para não fazer tanto estrago, ainda mais se for uma pessoa que usa muito
secador. 

Sugestões de produtos por All Things Hair: Shampoo Desamarelador Bed Head Dumb BlondeCondicionador Bed Head Dumb BlondeMáscara De Tratamento Nexxus Emergencée.

 

Continuar lendo