Lu Assis: “Recebo mensagens de meninas quase desistindo da transição porque o namorado ameaçou terminar”

Amanda Miquelino
×

A vlogger falou sobre relacionamento amoroso e transição capilar. Confira a entrevista na íntegra. 

A transição capilar é um grande desafio para quem passa por ela. Afinal, enfrentar uma transformação estética pode mexer com os sentimentos de quem está assumindo o cabelo natural e, até mesmo, interferir nas relações pessoais. All Things Hair aproveitou que a data mais romântica do ano está chegando e conversou com Lu Assis, vlogger e embaixadora de All Things Hair, sobre a ligação entre relacionamento amoroso e transição capilar.

Na entrevista, ela conta como o apoio do namorado Daniel Victor, 21 anos, foi crucial para ajudá-la nesse processo. Aliás, o próprio Daniel falou sobre a importância da participação dele.  A Lu também deu dicas de penteados para as mulheres de cabelo crespo usarem no Dia dos Namorados.

Se identificou ou lembrou de alguém que tem uma história de relacionamento amoroso e transição capilar? Leia abaixo a conversa na íntegra e compartilhe a experiência com quem você quiser.

ATH entrevista Lu Assis

Saiba tudo o que já saiu sobre Lu Assis em All Things Hair.

All Things Hair: Lu, aproveitando que dia 12 de junho é Dia dos Namorados, a gente quer saber: você teve apoio do seu quando decidiu assumir o cabelo natural?

Lu Assis: Totalmente! Na verdade eu acabei começando a transição por causa dele, que tinha muita curiosidade para ver meu cabelo natural. A ideia de deixar ele assim foi por causa da praticidade de não ter que alisá-lo toda semana. Só não imaginávamos que aconteceria tanta coisa incrível depois disso.

ATH: Conta para gente também como vocês se conheceram e como o seu cabelo estava na época?

Lu Assis: Nos conhecemos por causa de uma amiga em comum que sempre dizia que éramos irmãos. Depois que ela nos apresentou, não paramos mais de nos falar e isso já faz mais de 4 anos. Construímos uma relação de parceria muito grande e sempre vou ser grata a essa nossa amiga. Na época meu cabelo era superliso, repicado, na nuca e tinha um franja longa que usava para esconder minha testa porque tinha vergonha não só dela, mas do meu rosto todo.

foto ilustrando a matéria sobre relacionamento amoroso e transição capilar
Casal apaixonante: Daniel Victor e Lu Assis.

ATH: Você acha importante o apoio e a compreensão do namorado (a) de quem está nesse processo de transição capilar?

Lu Assis: É extremamente importante, talvez mais que o apoio da família. Algumas meninas ficam com a autoestima baixa nesse momento e, portanto, se ouvirem incentivos e elogios de quem a gente ama ajudará bastante.

ATH: Para as pessoas que não recebem apoio do parceiro, quais dicas você pode dar para que isso não afete a autoestima?

Lu Assis: Eu recebo mensagens de meninas quase desistindo da transição porque o namorado ameaçou terminar. Nesse caso, eu sempre digo que elas precisam trocar de namorado. Parece meio rude, mas se a gente parar para analisar, não vale a pena estar com alguém que quer mandar em você, no seu cabelo, nas suas roupas… Se a pessoa está ameaçando terminar por causa de um corte de cabelo é sinal de que ela não conhece a pessoa maravilhosa que ele tem ao lado.

foto ilustrando a matéria sobre relacionamento amoroso e transição capilar

ATH: Já que estamos falando da data mais apaixonante do ano, como você vai arrumar o cabelo para comemorar esse dia especial?

Lu Assis: Sempre gosto de fazer o máximo para valorizar o volume do meu cabelo e então, quase nunca meus penteados prendem ele demais. Pretendo fazer um penteado lateral que é muito charmoso e que pode ser complementado com assessórios para ficar ainda mais lindo.

ATH: Quais dicas de penteado para usar no Dia dos Namorados você dá para as meninas com cabelo crespo?

Lu Assis: Acredito que vale apostar em tudo. Nosso cabelo é maravilhoso, então podemos explorá-lo de várias formas que variam entre um turbante bem alto ou um black power solto bem cheiroso e para o alto. Eu sou apaixonada pelos penteados laterais porque sinto que eles dão um ar mais romântico e ao mesmo tempo mais moderno. Mas quer saber a verdade? O fundamental é estar segura porque dessa forma não tem como errar o look.

foto ilustrando a matéria sobre relacionamento amoroso e transição capilar

Daniel Victor, namorado da Lu Assis

All Things Hair: Como você apoiou a Lu durante a transição capilar dela? Como era vê-la sofrendo por causa do cabelo?

Daniel Victor: Participar ativamente da vida da Luciellen era uma forma de apoio. O cuidado que já existia desde o momento em que eu fiz o big chop (grande corte) dela, os elogios diários, os diálogos sobre a importância dessa transformação e as descobertas que fizemos juntos sobre o que significa voltar às nossas raízes foram algumas maneiras de apoiar a Lu.

Tudo que coubesse a mim para a construção de uma autoestima que não visasse simplesmente o critério estético para se firmar, mas aquilo que estava além disso. Afinal, o critério estético é manipulado culminando fatalmente na exclusão de diversos tipos de beleza em favor da coroação de uma meta quase que inatingível para a maioria das mulheres.

É fato que o cabelo tem um significado para a mulher, já que existe uma construção cultural acerca da feminilidade que encontra o cabelo como um dos maiores símbolos. Abdicar esse símbolo gera duros golpes que muitas vezes vem de dentro de casa. Mas quando entende-se que a transição capilar e toda essa mudança são mais do que beleza ou moda, mas são também uma revolução, a situação começa a tomar outra forma.

ATH: O que os para os namorados(as) das pessoas que estão em transição capilar nunca devem fazer ou falar?

Daniel Victor: Comentários depreciativos devem ser evitados sempre, mas em especial para as pessoas que estão passando pela transição. Só pelo fato de que aquele momento, muitas vezes, é de fragilidade para pessoa que não só está passando só pela mudança estética mas também na forma de se ver e de enxergar a si mesmo(a) no mundo.

Sendo assim, nada de dizer que a pessoa estava melhor antes. Se a pessoa não puder ser empática e compreender a delicadeza da situação que seu amor está passando, pelo menos será preciso ficar quieta, observar e aprender que a coragem do outro em mudar já é digna de nossos aplausos e carinhos.

Sugestões de produtos

O Shampoo Seda Keraforce Original foi desenvolvido especificamente para cabelos crespos sem química. Enriquecida com queratina e óleo de argan, a sua fórmula exclusiva sem sal hidrata e fortalece os fios, removendo os resíduos e preparando o cabelo para a correta absorção do condicionador ou do creme de tratamento.

A dica é usar a dupla da mesma linha, o Condicionador Seda Keraforce Original, que hidrata o cabelo crespo, ajudando a restaurar a flexibilidade e a força dos fios, além de protegê-los contra os danos diários.

Creme para pentear Dove Ultra Cachos foi criado especialmente para cabelos secos, ondulados e cacheados. Ele ajuda a deixar os cachos mais definidos, deixando-os visivelmente suaves e macios. Composto por nutrientes, proteína e óleo de buriti, esse creme para pentear é rico em ômega-9 e nutre os fios para ajudar a prevenir o frizz e deixar os cachos definidos.