História dos cabelos crespos

All Things Hair | 28 março 2016

As tendências para os cabelos crespos ao longo da história dos cabelos crespos.

Desde as perucas usadas no Egito até à liberdade de estilo atual: os fios crespos já passaram por muitas mudanças ao longo do tempo. Separamos alguns dos pontos mais significativos para relembrar essas transformações da história dos cabelos crespos. Olha só!

Conheça a história dos cabelos crespos em alguns lugares do mundo

Perucas egípcias

A civilização egípcia, por volta do ano 1500 antes de Cristo, já tinha uma grande atenção com os cabelos, ou melhor, com as perucas. Homens e mulheres com cabelos longos sofriam, muitas vezes, com a infestação de piolhos. Por isso, era comum raspar os fios e usar perucas, feitas com cabelos humanos ou com fibras vegetais e lã. Algumas delas eram trançadas nos mais diferentes estilos ou enfeitadas com adornos e joias. Eles tinham orgulho das perucas e não fingiam que era cabelo de verdade.

Grécia antiga: cacheados e longos

Na Grécia antiga, homens e mulheres usavam cabelos bem compridos. A maioria, tinha cabelo cacheado ou ondulado. Quanto maior os cabelos, mais bonitos eram considerados seus donos. Era símbolo de força e temeridade para os homens. Os cabelos curtos eram usados apenas por escravos. A civilização grega foi dominante de 1.100 a.C até 150 a.C, quando “passou o bastão” para Roma.

Roma antiga

Os cabelos das mulheres ficavam presos e escondidos sob lenços e toucas. Apenas os maridos podiam ver os cabelos de suas esposas soltos. Em geral, os fios eram compridos e enrolados.

Monarquias europeias

Pulando alguns anos de história, lembramos os cabelos dos grandes monarcas europeus. As perucas também eram muito usadas. Quanto mais volumosos, enrolados e cheios os cabelos, melhor. Até os homens entravam na onda. Basta olhar as pinturas que retratam reis e rainhas, principalmente ingleses e franceses, para comprovar.

Modernidade e o século

Em 1910, veio a moda dos cabelos curtinhos e com ondas bem marcadas. O corte ficou conhecido como castle bob, por conta da dançarina Irene Castle, uma das primeiras a fazer isso.

Décadas 1920 e 1930

A belle époque, expoente na França, continuou com os fios curtos e ondas bem marcadas. Os acessórios de cabelo também faziam sucesso. Penas e faixas marcavam o visual das mulheres, principalmente em ocasiões especiais.

Nos anos 1930, o alisamento ganhou força nos Estados Unidos. Garrett Morgan, um afro-americano extremamente inteligente, inventou vários sistemas de máquina utilizados na indústria, na época. Depois, inventou um creme que alisava os cabelos para enganar seus clientes racistas.

De 1940 a 1950

As ondas voltaram a ganhar força e as mulheres começaram a enrolar os cabelos. Cabelos crespos eram usados em coques volumosos e cheios de formas.

Década de 1960

Os cabelos crespos eram alisados e usados em coques, com a franja de lado.

Década de 1970

Foi um dos períodos mais marcantes para a história dos cabelos crespos. Foi quando o movimento black power ganhou força. Nessa época, vários artistas negros se destacaram na cena musical e cinematográfica e começaram a usar o cabelo afro. O black power era um movimento cultural e de libertação.

Nos anos 1980

Os cabelos enrolados fizeram sucesso. Tanto que os permanentes viraram febre. Bobes e bigudinhos eram os acessórios mais usados para dar cachos aos mais variados tipos de mulher nos salões de beleza.

Década de 1990

Apesar de já existir faz tempo, o movimento rastafári ganhou força na década de 1990. Todo mundo começou a usar os cabelos trançados. Homens e mulheres entraram na onda.

De 2000 em diante

A liberdade de escolha e o livre estilo começaram a ganhar corpo. Nos dias atuais muitas tendências se misturam. O estilo black power voltou, os cabelos são usados trançados, coloridos, soltos, presos, há quem opte pelos alisamentos… A regra é não ter regra!

Dicas de produtos

Independente da época, uma coisa que sempre foi importante, era deixar os cabelos saudáveis. Por isso, procure manter uma rotina de cuidados com seus fios. Para quem não tem muito tempo no dia a dia, a Ampola De Tratamento Dove Recuperação Extrema é enriquecida com agentes que devolvem ao cabelo as vitaminas essenciais para um brilho natural e maciez. O Creme De Tratamento TRESemmé Cachos Perfeitos ajuda a manter o movimento dos cachos sem deixá-los pesados. E para quem faz uso de procedimentos térmicos, como chapinha, modeladores de cachos e secador, o Creme Leave-in Nexxus Emergencée é uma boa opção. Fica a dica!

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)