Escova de carbocisteína: conheça seus efeitos no cabelo crespo

All Things Hair | 06 abril 2016

Entenda como funciona a escova de carbocisteína e saiba quais cuidados você deve ter antes de optar por esse tipo de alisamento.

Você sabe o que é carbocisteína? O nome, aparentemente complicado e que lembra aquelas aulas de química na escola, é usado para classificar um tipo de aminoácido. Os aminoácidos são substâncias naturais que, inclusive, já estão presentes na fibra capilar. Depois da proibição do uso do formol em produtos de alisamento, surgiram diversas outras novidades para substitui-la. A escova de carbocisteína é uma delas.

Como funciona a escova de carbocisteína?

A escova de carbocisteína promete alisar os cabelos com a aplicação de um produto formulado à base desse ingrediente que já compõem o cabelo. De acordo com os profissionais adeptos desse tipo de tratamento, ela alisa, sem prejudicar a saúde capilar, já que não contém formol.

A “mágica” acontece da seguinte maneira: os aminoácidos quebram as ligações de enxofre que são responsáveis pelo formato do cabelo e deixa o fio maleável, pronto para se moldar a qualquer outro design. O profissional, então, passa a chapinha em temperatura alta, de mecha em mecha. Isso faz com que os fios adquiram a nova estrutura: lisa. O formato em que os cabelos forem deixados depois da aplicação da escova de carbocisteína, com a ajuda do calor, ficarão registrados pelo cabelo.

Onde mora o perigo

No entanto, a carbocisteína não alisa os cabelos sozinha. Para que o efeito liso permaneça, mesmo depois da lavagem dos cabelo, é preciso usar algum outro tipo de química, para religar as pontes de enxofre, responsáveis pela fixação da estrutura do fio. E aí que mora o perigo.

Apesar de muitos fabricantes alegarem que seus produtos não usam formol, muitas vezes, ele é substituído por produtos tão perigosos quanto ele, como o glutaraldeído ou tiglicolate de amônia. Os componentes trazem riscos tanto aos cabelos, que podem ficar danificados, quanto à saúde. Por isso, se optar pela escova de carbocisteína, peça para o seu cabeleireiro mostrar a embalagem do produto. Consulto o rótulo e, na dúvida, cheque se o produto é aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Escova de carbocisteína: tem efeito nos cabelos crespos?

Se a escova não for feita com formol ou similares, ela pode, sim, ser usada em qualquer tipo de cabelo. Porém, é importante saber que os fios não ficarão necessariamente lisos. A ação da carbocisteína será a de reduzir o volume, dar mais brilho e maciez e soltar os cachos. O efeito deve durar cerca de dois ou três meses.

Como a ação da carbocisteína é apenas a de quebrar a ligação das moléculas do cabelo e deixá-las maleáveis para o molde de um novo formato, que será feito com a ajuda da chapinha em alta temperatura, os cabelos muito crespos podem precisar passar por um relaxamento, feito com um shampoo específico, antes. Assim, os fios ficarão com um efeito liso, na hora de finalizar o tratamento com a chapinha. É essa a forma que eles vão adquirir depois da escova.

Mas, atenção: relaxamento é química e a escova de carbocisteína age em conjunto com outra química, que vai religar a molécula do cabelo, depois que ele estiver no formato desejado. E a mistura entre os dois tratamentos, nem sempre dá certo. Se tiver fios relaxados, avise o cabeleireiro. Ele deve fazer um teste em uma pequena mecha antes da aplicação, para checar qual será a reação.

Cabelos coloridos, atenção redobrada

Quem tem fios tingidos precisa redobrar a atenção com a escova de carbocisteína. O tratamento quebra a ligação de enxofre com os aminoácidos, que penetram na fibra capilar. Esses aminoácidos, em contato com os aminoácidos já presentes no cabelo, podem gerar certas reações e alterar a cor do cabelo, principalmente em quem tem cabelos loiros (que podem ficar amarelo-ovo) ou ruivos (que podem puxar para o alaranjado). O teste de mecha é muito importante. Reforce com seu cabeleireiro.

Sugestões de produtos: Quem tem química nos fios, tem que procurar usar produtos específicos para eles. O Shampoo TRESemmé Selagem Capilar Crespo Química e o Condicionador TRESemmé Selagem Capilar Crespo Química são desenvolvidos para mulheres que fazem tratamentos químicos na fibra capilar, como relaxamento ou alisamento. E o Creme de tratamento Dove Recuperação Extrema possui em sua fórmula nutrientes que proporcionam uma hidratação intensa nos fios, devolvendo ao cabelo as vitaminas essenciais para um brilho natural e maciez.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.