O que não fazer no cabelo? 7 práticas que nunca devem ser feitas nos fios

Amanda Miquelino | 16 setembro 2016

Você sabe o que não fazer no cabelo de maneira alguma? Existem algumas práticas que não devem ser feitas nos fios. Descubra aqui!

Algumas vezes acreditamos no que as pessoas dizem sobre o que é ideal para o cabelo. Ou então achamos que se fizermos do nosso jeito, o resultado poderá ser melhor. Só não imaginamos, que essas práticas mal executadas podem danificar severamente os nossos fios. Por isso, selecionamos o que não fazer no cabelo para ter fios lindos e saudáveis. Confira!

O que não fazer no cabelo?

1. Cortar o cabelo por conta própria

Surgem várias desculpas, como a falta de tempo para ir ao salão, pouco dinheiro para um bom corte ou que o profissional não vai saber fazer o que você está querendo. O melhor é não arriscar porque nem sempre pode sair como você imaginou. Se estiver na dúvida do cabeleireiro, peça referências e conheça melhor o trabalho dele. Ele sem dúvidas, conhece mais sobre cortes do que você.

2. Deixar a máscara ou condicionador nos fios

Qualquer produto tem um tempo limite para agir nos fios, indicado na embalagem. Por isso, não adianta deixar resíduos durante a lavagem ou colocar um pouco do produto nos fios antes de sair do banho. Isso não adiantará em nada. Enxágue bem os fios porque o acumulo de resíduos no couro cabeludo pode ocasionar caspa e até mesmo a queda capilar.

3. Máscara hidratante no sol

Nunca passe uma máscara nos fios e saia no sol. Isso não prolonga ou potencializa o efeito do cosmético e nem protege o cabelo dos raios solares. Se essa for sua intenção, o ideal é passar um protetor solar capilar, já que ele é indicado para proteger os fios dos raios UV. Ou então um creme de pentear sem enxágue como o Creme Para Pentear Seda Liso Extremo, que protege os fios contra os raios solares.

4. Passar química em casa

Apesar da economia tentadora, o resultado não pode ser como você espera. As chances de dar algo errado são grandes. O melhor é procurar um profissional que saiba lidar com químicas capilares, como alisamentos, relaxamentos ou permanentes. E a economia pode nem ser grande assim, porque se der algo errado, você acabará indo até um profissional para tentar concertar os danos.

5. Técnicas de coloração específicas

A mesma coisa do item anterior. A economia fala mais alto às vezes, mas como diz o ditado “o barato sai caro”. É muito difícil fazer técnicas de coloração específicas, como matização, luzes, descoloração ou decapagem. Somente os profissionais da área sabem como fazer. Melhor não arriscar e procurar um bom cabeleireiro, que ele saberá como executar essas técnicas.

6. Shampoo para cavalos

A lenda “shampoo para cavalos faz o cabelo crescer” é antiga, mas há ainda quem pense que seja verdade. Algumas pessoas associam a crina longa do cavalo com cabelos fortes e bem tratados. Estão enganados! O shampoo para esse animal não faz nenhum efeito no cabelo dos humanos. Não existe nenhuma sustância que faça o cabelo crescer. Não se engane!

7. Deixar os fios queimarem no sol de propósito

Algumas mulheres acham que deixar o cabelo exposto ao sol, sem proteção, pode deixar ele parecido com fios das surfistas, com mechas claras e bem naturais. Afinal, fica lindo e você nem precisa ir no salão, certo? Errado! Cabelos queimados pelos raios solares, ficam ressecados e danificados. E ainda, a melanina dos fios saem junto com importantes substâncias presentes na fibra capilar. O ideal mesmo é sempre usar protetor solar capilar. E se quiser mudar a coloração dos fios, procure um profissional da área.

Sugestões de produtos: Experimente o Shampoo Suave Mel E Amêndoa e o Condicionador Suave Mel E Amêndoa, que são possuem o ph balanceado que não causa o ressecamento do couro cabeludo e não atrapalham no crescimento saudável das fibras capilares.

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.