Será mesmo que estresse causa cabelo branco?

Saiba se essa relação faz mesmo sentido e se você precisa relaxar mais para não ter fios grisalhos precocemente.

Você já deve ter escutado falar que estresse causa cabelo branco, certo? A ideia é a de que os hormônios liberados durante o período causariam uma diminuição da melanina, que é o pigmento que dá a cor ao folículo piloso, resultando na perda da cor dos fios deixando-os brancos. Mas será mesmo que isso é verdade ou não passa de lenda urbana? O All Things Hair foi atrás para saber até que ponto o estresse é vilão.

Estresse causa cabelo branco: pressão extrema

O estresse é uma reação do organismo com componentes psicológicos, físicos, mentais e hormonais que ocorre quando estamos sobre pressão extrema e há a necessidade de uma grande adaptação a um evento ou situação de importância, que pode ser algo negativo ou positivo.

Estresse causa cabelo branco: verdade ou lenda?

Os cientistas estão começando a reunir pistas de que o estresse pode acelerar o processo de branqueamento dos fios, mas ainda não há evidências científicas suficientes que demonstrem uma relação de causa e efeito. Mas, segundo a dermatologista e coordenadora científica da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Denise Steiner, é possível sim que haja uma influência do estresse excessivo com os cabelos ficarem brancos precocemente.

“No entanto, a medida e o grau que o estresse afeta e quem vai ser mais suscetível a isso, ainda é desconhecido. Até existe a frase ‘você me deixa de cabelo branco’, para quando uma pessoa nos estressa. Realmente, o cortisol interfere em várias vias metabólicas e há um aumento dele durante o período de estresse. O melanócito, que é a célula responsável por fazer o pigmento do fio é advinda do sistema nervoso central e é muito suscetível e tem muitos receptores para esse hormônio. Ela também tem vias metabólicas que pode neutralizar ou acionar em menor ou maior volume por causa do estresse”, explica a especialista.

O processo natural de branqueamento dos fios

A perda de pigmento dos cabelos, denominada cientificamente de canície, ocorre porque o nosso organismo perde a capacidade de formar a melanina, proteína responsável pela cor dos melanócitos, que são as células formadoras da matriz dos cabelos. Assim, o branqueamento natural que aparece com a idade estaria relacionado com a exaustão irreversível da tirosinase, que é a enzima formadora da melanina.

Os primeiros fios grisalhos aparecem lá pelos 30 anos de idade nos homens e aos 35 anos nas mulheres, mas para algumas pessoas, os cabelos podem começar a perder a cor bem cedo, aos 17. Essa produção varia de pessoa para pessoa, mas no geral é determinada pela herança genética. Os melanócitos, estrutura interna que dá cor aos cabelos, tem uma “morte com hora marcada”. A medicina chama esse processo de apoptose e isso tem margem variável.

Sugestões de produtos

Mesmo ainda não tendo uma resposta precisa sobre que o estresse causa cabelo branco ou não, é real o fato de que, com a idade, o cabelo vá perdendo nutrientes como proteínas e lipídeos. Ele pode perder elasticidade ficando mais opaco, seco e fraco.  Logo, você precisa escolher produtos específico para isso. Recomendamos o Shampoo Dove Advanced Hair Series Vitality Rejuvenated, que promete nutrir e fortalecer o cabelo para dar um aspecto rejuvenescido. Para um melhor resultado, use em conjunto com Condicionador Dove Advanced Hair Series Vitality Rejuvenated.

Para desembaraçar e modelar os cabelos, Creme Para Pentear Seda Crescimento Saudável, ajuda a reduzir a quebra da fibra capilar no momento de pentear e dá continuidade ao tratamento da linha, pois cuida do cabelo o dia todo. A sua fórmula é enriquecida com Biotina, que limpa e hidrata fios, fortalecendo-os para um melhor crescimento.