Cinco erros comuns de quem tem cabelo colorido

Conversamos com duas especialistas para descobrir quais são os principais erros de quem tem cabelo colorido. 

Colorir o cabelo pode mudar todo o nosso visual, é verdade. Mas é claro que queremos que essa mudança seja para melhor e não para pior! Por isso, é uma boa ideia saber de antemão quais são os principais erros de quem tem cabelo colorido. E, claro, saber como evitá-los! Conversamos com duas especialistas para descobrir quais são eles, a beauty artist Neiva Paiva e Penélope Beolchi, hair stylist do salão Opa! Hair, em São Paulo.

TOP 5 erros de quem tem cabelo colorido

1. Não escolher os produtos certos

Escolher produtos que não são específicos para cabelos coloridos é uma furada certa. Isso porque podem desbotar a tinta mais rapidamente, ressecar, entre outros problemas que podem ser facilmente evitados comprando os cosméticos ideais.

Neiva Paiva lista os produtos necessários para quem vai colorir o cabelo: “produtos com filtro solar para evitar o desbotamento, com proteção térmica para evitar ressecamento e desbotamento causados por secador, chapinha ou modelador de cachos. Cosméticos de reconstrução para repor a massa capilar perdida durante o processo de coloração. Máscara e shampoo com pigmentos violetas ou prata em tons loiros são importantes para evitar que os fios desbotam ou fiquem amarelos.”

Sugestão de produtos: O Shampoo Dove Advanced Hair Series Regenerate Nutrition e o Condicionador TRESemmé Expert Detox Capilar, que são perfeitos para cabelos tingidos.

2. Inventar moda sozinha

Muitos dos erros de quem tem cabelo colorido são cometidos na tentativa de economizar. Não caia nessa! Muitas vezes, o barato pode sair muito caroEm vez de decidir inventar moda sozinha e tingir os fios em casa, procure um profissional. 

Penélope Beolchi explica que, se não for executada da maneira correta, a tintura pode prejudicar bastante os fios. “Depende muito de como é feita a escolha da coloração e de todo o procedimento mensal desde a escolha da tonalidade ideal, modo de preparo do produto, aplicação, respeito ao tempo de pausas, maneira de proceder a retirada e a manutenção em casa”, ela completa.

Além disso, muitas mulheres que se arriscam a fazer o processo sozinhas podem acabar com os fios manchados, com “excesso de pigmentos nas pontas do cabelo resultando em uma tonalidade bem mais escura do que a raiz”.

3. Não mudar a rotina de beleza

Não adianta tomar todos os cuidados antes da coloração e, depois dela, esquecer que os fios vão ficar mais frágeis ainda por um bom tempo. A beauty stylist Neiva resume os sete principais erros de quem tem cabelo colorido em questão de manutenção da cor e da saúde do cabelo tingido: “secador, prancha, modelador de cachos, alisamento, progressiva, shampoo anti-resíduos, shampoo de limpeza profunda podem provocar o desbotamento.”

4. Brincar de sereia

O cloro da piscina e o sal da água marinha prejudicam qualquer tipo de fio, mas seus efeitos são ainda maiores nos cabelos quimicamente tratados, como os coloridos. Isso não quer dizer que estão proibidos! Quer dizer apenas que será necessário tomar cuidados extras, como tomar uma ducha de água doce antes do mergulho, passar protetor solar capilar e hidratar o cabelo depois.

Sugestão de produto: Máscara De Tratamento Nexxus Emergencée.

5. Colorir um cabelo sujo

A hair stylist Penélope conclui: “antigamente, a maioria das colorações indicava que o cabelo estivesse pelo menos 3 dias sem lavar. Atualmente é o contrário, pois a quantidade de amônia presente nas colorações é muito mais baixa e a orientação do fabricante passa a ser lavar os cabelo antes da aplicação. Siga sempre a orientação do fabricante.”