Finalizadores para cabelos que são proibidos para quem tem cachos

Para saber quais desses cosméticos você precisa evitar é importante, em primeiro lugar, ler o rótulo antes de comprar

Os finalizadores para cabelos são grandes aliados, principalmente para quem tem fios enrolados ou crespos. Eles ajudam a dar aquele aspecto de hidratação, a definir os cachos e até a dar aquele retoque no look no meio do dia. No entanto, nem todos os tipos de produtos oferecem o mesmo resultado. Alguns, em vez de levantar seu visual, acabam fazendo o efeito contrário, deixando os fios pesados, emplastrados e sem vida. Por isso, saber escolher é fundamental.

Os finalizadores para cabelos que você deve riscar da sua lista

Todas as versões de produtos finalizadores costumam ir bem nos fios crespos. Óleo, mousse, gel, leave-in. creme para pentear, ativador de cachos, reparador de pontas, pomadas… Para saber quais desses cosméticos você precisa evitar é importante, em primeiro lugar, ler o rótulo antes de comprar.

Um dos pontos mais importantes é evitar produtos com álcool, componente que pode estar na fórmula do gel, por exemplo. Essa substância é prejudicial e tira a umidade do cabelo, deixando-o mais seco. Como os crespos e cacheados já sofrem com a tendência natural ao ressecamento, o uso de gel com álcool só piora o aspecto, deixando os fios com aparência de maus tratos. O lado bom é que hoje o mercado já dispõe de versões modernas, sem esse componente e algumas são até formuladas especificamente para quem tem cabelos enrolados.

Outra dica é verificar se o finalizador tem óleos mineiras, como parafina líquida ou petrolato. Derivados do petróleo, esses componentes são extremamente pesados e criam uma barreira na fibra capilar bloqueando completamente os poros, impedindo o fluxo natural da umidade e dos nutrientes, além de deixar os fios rígidos e sem vida. Prefira sempre os óleos vegetais, como os de argan, de macadâmia e a manteiga de karité, entre outros.

Teste quais finalizadores para cabelos fazem bem para você

Depois de eliminar produtos com esses componentes tóxicos ou prejudiciais para os cabelos da lista, o próximo passo é verificar se o finalizador é formulado para o seu tipo de fio. De nada adianta comprar um leave-in indicado para lisos, se você tem cachos, ou uma versão para controlar a oleosidade se sua tendência é apresentar ressecamento. Os produtos especificamente fabricados para cabelos crespos ou cacheados costumam conter substâncias que ajudam a equilibrar suas necessidades, oferecendo hidratação, maleabilidade, definição de cachos e controle de volume, por exemplo.

Além disso, vale testar e ver o que funciona melhor no seu caso. É só com a experiência que se aprende a selecionar o que combina mais com cada pessoa. Por isso, não adianta comprar aquele creme para pentear que ficou ótimo na sua amiga. Isso não é garantira de que o cosmético também vai cair perfeitamente em você, porque cada fio tem características únicas. Conheça bem o seu cabelo para tratá-lo cada vez melhor. Esse é o maior segredo.

O modo de usar também faz a diferença. Aplique os finalizadores para cabelos apenas nas pontas dos fios, para não deixar a raiz oleosa. Seguir as recomendações de uso especificadas na embalagem também é um ponto importante. Alguns produtos devem ser aplicados nos fios secos, outros, quando eles ainda estão úmidos, por exemplo. O exagero na quantidade também costuma ser um erro repetido. Comece aos poucos e aumente conforme for sentindo necessidade. Menos é mais, sempre.

Sugestão de produtos:

Para dar um ar propositalmente desalinhado ao penteado ou ao cabelo solto, use TRESemmé Spray Texturizador Expert. Dove Óleo Pure Care Dry Oil ajuda a manter as pontas do cabelo saudáveis e o Seda Creme Para Pentear Ceramidas, trata o cabelo, ao mesmo tempo em que serve para modelá-lo, fazendo fitagem ou dedoliss.