Semipreso com trança espinha de peixe: para fazer já

All Things Hair | 17 agosto 2016

Parece complexo, mas não é! Inspire-se nesse penteado e use a criatividade para fazer sua própria versão do semipreso com trança espinha de peixe. 

Por que esperar por uma ocasião especial para fazer um penteado no cabelo, se você pode tentar algo novo todos os dias? Não precisa estilizar os fios de um modo complicado e demorado. Basta um pouco de prática e o visual do dia a dia vai ficar bem mais variado (e divertido). O semipreso com trança espinha de peixe é uma dessas opções para tentar já.

O modelo com parte do cabelo solta é bem democrático. Serve para comprimentos longos, médios e curtos (embora não para os curtíssimos). Como todo penteado, ele será tão  mais bonito quanto mais saudáveis forem os fios. Por isso, não dispense os cuidados essenciais, como shampoo e creme indicados para o seu tipo de cabelo. e hidratação intensa uma vez por semana (para saber a melhor periodicidade para você, converse com seu cabeleireiro!)

Sugestão de produtos: Shampoo Clear Crescimento & Força é indicado para cabelos frágeis e enfraquecidos.  O Condicionador Dove Pure Care Dry Oil especialmente formulado pensando em cabelos secos e sem brilho. E o Creme De Tratamento TRESemmé Controle Frizz Keratin Smooth, que ajuda a atender as necessidades dos cabelos ressecados e com frizz. 

Semipreso com trança espinha de peixe: por onde começar?

Tão importante quanto usar bons produtos é adotar boas práticas. Na hora do banho, não repita a aplicação do shampoo (uma vez basta!), mantenha o condicionador longe da raiz do cabelo e enxágue os fios abundantemente. Se conseguir, use água fria para lavar os fios. Caso seja difícil lidar com a baixa temperatura, use água morna.

Mas mantenha seu cabelo longe da água quente, que pode estragar os fios e machucar o couro cabeludo. O resultado da trança é visto com mais facilidade nos fios lisos, portanto, pode ser uma boa alisar o cabelo com uma escova, antes de começar.

modelo de cabelo longo e ondulado usa Tranças escama de peixe
Inspire-se no penteado para fazer sua própria versão dele.

Deixar os cabelos secarem ao natural ou com a ajuda do secador de cabelos é sua decisão. Só não vale esquecer de aplicar o protetor térmico para evitar que os fios sejam danificados pela alta temperatura. Para terminar de secar com o aparelho, regule para a temperatura baixa e dirija jatos de ar frio por todo o fio. Isso ajudará a fechar as cutículas capilares, o que é um auxílio para conseguir brilho e evitar o frizz.

Use do seu jeito: semipreso com trança espinha de peixe

Para fazer a trança espinha de peixe com o cabelo meio preso e meio solto, você irá usar a mesma técnica da espinha de peixe que prende todos os fios de cabelo (este tutorial mostra como!). Ao contrário da trança tradicional, aquela de três mechas entrelaçadas, a trança espinha de peixe é feita a partir de duas partes iguais de cabelo.

Separe duas mechas de cabelo, uma do lado direito e outra do lado esquerdo. Comece por uma delas, dividindo-a ao meio. Vamos pensar numa subdivisão como lado A e na outra como lado B. Retire uma mecha fininha do lado A e passe por baixo, juntando-a a parte B. Depois faça o mesmo movimento, intercalando ambos os lados.

Sempre separe a mecha que vai para o lado B, tirando-a da parte de fora da mecha A e vice-versa. Num cabelo longo (como o da foto), faça a trança até a metade da mecha da parte direita do cabelo e prenda-a com um elástico de silicone. Depois, passe para a parte esquerda do cabelo, repita todo o procedimento, até que você fique com duas tranças, uma de cada lado da cabeça, e o restante do cabelo solto.

Então, uma ideia de acabamento despojado é pegar uma mecha solta da parte de trás do cabelo e enrolar, unindo as pontas das duas tranças. Para terminar, prenda o torcidinho com grampos e esconda-os na parte interna do penteado.  

Essa é só uma das formas de terminar o penteado, que também pode ser finalizado com flores, presilhas e passadores, asssim como as tranças podem seguir até a pontinha do cabelo ou serem presas, em vez de numa mecha enrolada, dando um nó nas duas. A melhor parte desse penteado é o fato de não ter jeito de errar. Use a criatividade para fazer do  seu jeito.

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.