Como usar casquete e fascinator? É hora de aprender!

Acessórios adicionam perfume retrô ao visual e deixam o cabelo pronto para a mais chique das festas.

Usar casquete e fascinator é um hábito ainda pouco difundido entre as brasileiras, mas que tem ganhado mais adeptas, ano após ano, graças à realeza britânica. Se você é do tipo que suspira pelo estilo vintage e sofisticado desses acessórios, mas, por algum motivo, ainda não começou a usá-los, estamos aqui para incentivá-la. Depois dos nossos esclarecimentos e dicas, vai ficar mais fácil usar casquete e fascinator no dia a dia.

Duas mulheres se cumprimentam. Uma delas usa casquete.
Casquete e fascinator levantam qualquer produção.

Antes de mais nada, vale a pena um recado. Na moda, a liberdade individual é quase ilimitada. Correntes crescentes fazem cair delimitações de gênero e idade, no que tange o uso das roupas. E não somos nós que vamos estipular limites para seu estilo! Mas, como boas amigas que somos, compartilhamos uma dica. Em geral, casquete e fascinator são usados em eventos formais, nos quais a etiqueta costuma ser mais rígida. Caso deseje respeitar regras, restrinja o uso da casquete ao dia. Ela é uma variação do chapéu e, por isso, não fica bem à noite. Já o fascinator está liberado em qualquer horário.

Mulher usa casquete preta e ilustra
A casquete é uma espécie de chapéu sem abas. Use durante o dia.

Por causa do pouco uso da dupla casquete e fascinator no cotidiano da maioria das brasileiras, vale parar um pouquinho e explicar o que é cada um. Com o conceito bem claro em mente, fica mais fácil fazer suas escolhas.

Casquete

Espécie de chapéu pequeno e sem abas, a casquete costuma ser usada rente à linha da franja, levemente posicionada para a esquerda ou a direita. Ela pode vir com aplicações de penas, laços, pedrarias e outros materiais.

Mulher usa fascinator e ilustram matéria sobre casquete e fascinator
Fascinator é uma espécie de prendedor e é usado numa das laterais da cabeça.

Fascinator

É uma espécie de prendedor de cabelo. Os mais conhecidos têm penas e aplicações como pedras e laços. Ele é preso numa das laterais da cabeça, com a ajuda de presilhas fixadas na parte de baixo.

Como casquete e fascinator são estrelas do look, prefira usá-las em conjunto com cabelos soltos ou penteados de modo discreto. Riscas centrais e laterais marcadas combinam com esses acessórios. No caso do cabelo preso, boa ideia são coques e rabos polidos.

Modelo desfila usando jaqueta vermelha e usa casquete
Na passarela: casquete e fascinator são tendência. | Foto: Indigital.com

Além da dupla casquete e fascinator 

Todo mundo conhece, mas o nome nem sempre vem facilmente à cabeça. Voilette é como se chama aquele véu que cobre parte da face. Espécie de uma rede usada como acessório de noivas ou em outros looks festivos. Também com perfume retrô, ele surge em conjunto com outros acessórios de cabeça e pode estar acoplado ao: chapéu, fascinator e casquete. Outra opção é unir o voilette um acessório de cabelo como flores ou laços.

O Voilette também pode dispensar o acessório e ser preso diretamente no penteado. Nesses casos, por meio de uma presilha, ele é fixado no cabelo. O importante é sempre mantê-lo próximo ao rosto, porque seu uso exige que os olhos sejam cobertos. Está nesse detalhe o ar vintage (e misterioso!) do véu.

Sugestão de produtos

Shampoo Seda Óleo Hidratação Condicionador Seda Óleo Hidratação, que ajudam a hidratar e a restaurar os fios.  E Creme de pentear TRESemmé Hidratação profunda, que pode ser usado para preparar o cabelo para o penteado.

Salvar