Conheça as gêmeas Tasha e Tracie Okereke: “O nosso cabelo crespo é resistência”

Elas soltaram o verbo.

Representatividade importa, sim! Essa frase pode traduzir o que as gêmeas Tasha e Tracie Okereke querem mostrar para as meninas do lugar onde elas vieram. Elas são conhecidas como “it-favela”, termo designado à pessoas relativamente jovens e que ditam tendência. É exatamente isso que as irmãs estão fazendo, com apenas 21 anos, elas estão representando as garotas das comunidades brasileiras. Conversamos com as gêmeas sobre a importância do orgulho do cabelo crespo na sociedade. Confira!

Tasha e Tracie Okereke: o preconceito com o cabelo crespo

Com roupas customizadas e um cabelo crespo impecável, as irmãs ganharam destaque em um documentário britânico, que abordava a beleza natural do nosso país. Elas revelaram o preconceito que sofreram em relação ao cabelo que as compõe e, como puderam recuperar a confiança através da aceitação do próprio cabelo.

“O cabelo crespo representa a nossa autoestima retomada e o nosso resgate a diáspora africana, o que nos leva a ter orgulho. Ele também simboliza a nossa resistência como mulheres negras. Todos os dias temos que ter força e lidar com os olhares e preconceitos por andarmos como nascemos. Isso é péssimo, mas nos torna mais fortes e imbatíveis”, explica Tasha.

Uma das gêmeas falou sobre o preconceito que as irmãs sofreram em relação ao cabelo natural, e como isso também está ligado ao racismo: “Nós sempre escutamos comentários de mulheres, com outros tipos de cabelo, dando a entender que temos inveja do cabelo delas. Quando mexemos ou ajeitamos o nosso cabelo, elas pensam que estamos tentando nos exibir ou algo do tipo. Como teríamos inveja do cabelo delas, se sentimos orgulho do nosso? Mas não levamos para o pessoal, acreditamos que existe uma forte ligação com o racismo no Brasil”, alerta Tracie.

Tracie também lembrou que o cabelo crespo é um dos tipo de cabelo mais comuns no nosso país, mas que ainda as pessoas enxergam-o como se fosse uma novidade. Além disso, ela acredita que o cabelo crespo possui uma história: “É importante lembrar da nossa ancestralidade que exalta o nosso cabelo. Nos convenceram por muito tempo que o nosso cabelo não era bom, a ponto de criarem gerações que não sabem como é seu cabelo naturalmente. Mas agora, nós estamos descobrindo como o nosso cabelo é lindo. E mesmo que recebermos olhares de incomodo, nós iremos resistir. O nosso cabelo crespo é resistência!”, finaliza.

Sugestões de produtos

Para ter um cabelo crespo saudável e forte é preciso usar produtos específicos para ele. O Shampoo Seda Keraforce Original sem sal foi desenvolvido especificamente para cabelos crespos sem química. Enriquecida com Queratina e Óleo de Argan, a sua fórmula exclusiva sem sal hidrata e fortalece os fios, removendo os resíduos e preparando o cabelo para a correta absorção do condicionador ou do creme de tratamento.

Para ter resultados positivos, a dica é usar a dupla da mesma linha, o Condicionador Seda Keraforce Original.

Formulado para tratar o cabelo naturalmente cacheado, o Creme de Tratamento Dove Ultra Cachos penetra nos fios de cabelo e nutre os cachos de dentro pra fora, ajudando a combater o ressecamento e dando aos cachos mais definição. Vale experimentar!