Relaxamento e tintura: essa dupla combina nos cabelos crespos?

All Things Hair | 15 julho 2016

Quer colorir os cabelos alisados? Saiba como combinar relaxamento e tintura sem danificar os fios.

Você sempre relaxou seus cachos e agora decidiu mudar de cor ou vice-versa: gosta de colorir os cabelos, mas agora quer relaxá-los. Quanto menos química, mais fácil fica para manter os cabelos bonitos e saudáveis, mas isso não quer dizer que é impossível cuidar para que eles fiquem impecáveis, mesmo combinando dois procedimentos como relaxamento e tintura. Sua rotina diária de cuidados vai precisar de mais atenção, é claro. No entanto, o que as donas de cabelos crespos não fazem pela beleza e pela saúde deles? Confira as nossas dicas:

Relaxamento e tintura: como agem

O relaxamento é um procedimento feito com a ajuda de um produto químico que penetra na estrutura dos cachos para suavizá-los. O resultado depende do estado dos fios e da textura dos crespos. Se eles forem naturalmente ondulados, ganharão um aspecto quase liso. Já os fios que puxam mais para o afro, com o fio em formato de ziguezague, ficarão com cachos mais abertos. Isso acontece porque a química penetra no cabelo e altera sua estrutura.

A tintura também é uma química. Um produto é aplicado para abrir as cutículas, que são as células revestidoras do cabelo, e liberam, então, o caminho das moléculas responsáveis pelo novo pigmento até o córtex, a parte interna do fio. Ali, elas reagem com os outros elementos que formam a estrutura capilar e transformam a tonalidade.

Como garantir o sucesso da combinação?

O principal “truque” é ter uma conversa sincera com seu cabeleireiro de confiança. Se ele não souber, explique a ele com todos os detalhes os procedimentos anteriores que você já realizou no cabelo. Se já tiver feito um relaxamento e quiser colorir, diga exatamente qual foi o tipo de produto usado – se possível, especifique até a marca. Com o maior número de detalhes possível, fica mais fácil para ele indicar um outro produto ou técnica que não danificarão seus fios.

Químicas compatíveis

Esse bate-papo detalhado é muito importante porque, sem ele, seu cabelo pode sofrer com a junção de químicas incompatíveis. Nem todas as colorações podem ser usadas em conjunto com certos tipos de relaxamento. Tudo depende dos princípios ativos. A mistura de químicas incompatíveis pode gerar uma série de problemas desagradáveis, que vão desde cabelos opacos, fracos e quebradiços, até quedas severas.

Se o fio já tem coloração permanente e você quer fazer um relaxamento, ao opção nesse primeiro momento pode ser aplicar um produto mais suave. O resultado será mais discreto, mas seus cabelos não sofrerão tanto com a agressão química. Se já tiver um relaxamento e tintura no seu cabelo, o profissional pode optar por produtos com efeito temporário, como os tonalizantes. Nesse caso, os retoques serão mais frequentes. Tudo pela saúde dos seus fios.

Em casa

Depois de escolher e aplicar, com a ajuda de seu cabeleireiro, as duas químicas desejadas, é hora de fazer a sua parte em casa. Comece escolhendo uma linha de produtos especificamente formulados para cabelos quimicamente tratados. Shampoos, condicionadores e cremes de tratamento feitos para este fim, contém ingredientes que prolongam os efeitos do relaxamento e da coloração e ajudam os fios a se recuperarem das agressões, deixando-os mais fortes, bonitos e saudáveis.

Não se esqueça de usar um filtro solar capilar todos os dias e não abra mão do protetor termoativado, quando for usar secador, chapinha ou modelador de cachos.

Turbine também a hidratação. Invista em uma boa máscara e use em casa, pelo menos uma vez por semana, sem preguiça. Se quiser resultados ainda melhores, faça um esforço e agende uma hidratação profissional uma vez por mês no salão.

Com esses cuidados, seus cabelos com relaxamento e tintura vão brilhar como os fios naturais. Pode apostar!

Sugestão de produtos

Aposte em produtos para cabelos com química, de forma a garantir a saúde dos fios, como o shampoo e condicionador TRESemmé Selagem Capilar Crespo Química.  O Shampoo Dove Pós Progressiva também possui pH baixo e não tem a adição de sal, limpando os cabelos sem interferir no tratamento químico.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.