Orgulho crespo: Gabi Oliveira fala da importância da data na luta contra o preconceito

Carolina Maggi | 26 julho 2018

Porque representatividade importa muito!

Depois de três edições da Marcha do Orgulho Crespo (2015, 2016 e 2017), em 2018 o estado de São Paulo oficializou o dia 26 de julho como o Dia do Orgulho Crespo. Esse é o tema do vídeo da nossa embaixadora de All Things Hair, Gabi Oliveira, que conta a importância da data e da representatividade das crespas através de eventos como esses.

Orgulho crespo: representatividade importa

Se durante muito tempo o cabelo crespo foi sinônimo de desleixo e motivo para alterar a textura dos fios, agora o movimento é outro, de aceitação e valorização dos fios como eles são. “A gente sabe que por muito tempo a estética do cabelo crespo foi excluída e até mesmo ridicularizada em outras mídias. Então, eventos como esse funcionam bem como uma reparação e como apoio para essas pessoas que ainda são excluídas por causa do seu cabelo”, explica Gabi.

Exaltação e luta contra o preconceito

Além de dar apoio a quem está passando, por exemplo, por um processo de transição capilar, o Dia do Orgulho Crespo também é importante para exaltar a beleza desse tipo de fio. “Esse momento é de exaltação onde todas as pessoas estão ali reunidas falando sobre as suas dificuldades, mas falando também sobre como o apoio mútuo pode sim transformar uma imagem sobre a estética negra ou a estética crespa”, acredita a vlogger.

Aliás, o Dia do Orgulho Crespo não é só sobre cabelo. A data também é uma forma de lutar contra o preconceito e contra padrões estabelecidos. “Uma reunião como essa passa a ter muito significado para essas pessoas porque aí elas podem se encontrar, conseguir apoio umas das outras para que elas possam enfrentar os preconceitos que sim, elas continuam enfrentando comente por usarem o cabelo que é delas”, enfatiza.

Respeito à diversidade

É encontrando pessoas parecidas e que lutam as mesmas lutas que o movimento fica cada vez mais fortalecido. Além disso, comemorar a data também é uma forma de reforçar o respeito à diversidade em todos os âmbitos. “Iniciativas como essa tem um objetivo: reforçar o respeito à diversidade e fortalecer a autoestima de uma estética que ainda é pouco aceita”, reforça.

Inclusive, o movimento é importante inclusive para as crianças, que têm dificuldade em achar personagens nas mídias com os quais podem se identificar. “Para crianças crespas, isso é algo muito significativo. Estar em um espaço onde elas conseguem ver outras pessoas como elas, com cabelo igual ao delas é muito importante, é a tal da representatividade que a gente fala”, finaliza.

Sugestão de produtos

Cabelos crespos são naturalmente mais frágeis, por isso é importante usar produtos que sejam específicos para esse tipo de fio. Sugerimos a dupla Shampoo Seda Boom Liberado e Condicionador Seda Boom Liberado, que ajudam a limpar delicadamente enquanto hidratam os cabelos.

Se quiser uma hidratação mais potente, nossa dica é a dupla Shampoo Seda By Rayza Babosa + Óleos e Condicionador Seda By Rayza Babosa + Óleos. Com fórmula com uma mistura de óleo de coco, amêndoas e argan, além do poder babosa, os produtos ajudam a dar hidratação extra aos fios.

Para finalizar, indicamos o Creme de Pentear TRESemmé Crespos, que tem fórmula com Manteiga de Karité, Hibisco e Filtro UV, que colabora na hidratação, no fortalecimento e na proteção dos cabelos.