Alisar cabelo crespo pede hidratação e nutrição

All Things Hair | 15 maio 2016

Quer aprender dicas do que se deve fazer após alisar cabelo? Então leia abaixo os mehores truques.

Quem já alisou o cabelo sabe o quanto precisa cuidar dos fios depois do procedimento. Quem nunca deu adeus aos cachos vai aprender conosco o quanto é importante tratar com ainda mais carinho os fios crespos. Pois é, alisar cabelo não é tarefa simples.

As químicas de alisamento são reconhecidamente uma forma de agressão aos fios, já que a fibra capilar fica extremamente sensibilizada para permitir a penetração dos ativos responsáveis por mudar a estrutura do fio. Isso acontece seja após alisar o cabelo com uma substância mais potente (hidróxido de sódio) ou mesmo com a mais suave (tioglicolato de amônia). Por isso a importância das químicas serem feitas sempre com muito critério apenas por profissionais treinados.

Alisar cabelo crespo pede cuidados extras

Depois de sair do salão de beleza com os desejados crespos alisados, é preciso começar uma rotina intensificada de tratamentos para restabelecer a saúde dos fios, mantendo-os maleáveis e macios.

Os procedimentos químicos mais agressivos desnutrem e ressecam os fios para alcançar os resultados esperados. Sendo assim, o cronograma capilar é um dos grandes trunfos que podemos dispor para a restauração da integridade desse fio, asseguram os cabeleireiros, especialistas nos fios crespos.

Truque de expert: na hora da lavagem sempre inclua uma máscara ou creme de tratamento de cuidado intensivo entre as etapas. Intercale hidratação (reposição de água), nutrição (reposição de gorduras e nutrientes) e reconstrução (reposição de proteína) desde a primeira semana após o alisamento. Nas semanas seguintes, faça tratamentos hidratantes e nutritivos com produtos de selagem capilar, e inclua uma reconstrução com máscaras de reposição de queratina a cada quinze dias.

Além das máscaras de ação profunda, tenha sempre à mão cremes de pentear e finalizadores que ajudam a hidratar e a devolver a elasticidade aos fios danificados. Produtos com proteção solar também são indicados, uma vez que barram a agressão do sol aos fios alisados. Também é recomendado evitar o uso de secadores e chapinhas, que deixam o fio ainda mais fragilizado com o excesso de calor e atrito gerado pela escova e pelo vai e vem da prancha.

Tratamentos de salão após alisar o cabelo

Com o alisamento, os fios perdem água através das cutículas (a parte mais externa da fibra capilar) que foram abertas para a entrada do ativo alisante. Como efeito colateral, o processo pode ocasionar uma a aparência áspera e frizz. Nessa hora devem entrar em cena hidratações poderosas feitas em salão a cada quinze dias, como o “botox capilar”, que nada mais é que uma hidratação potente feita com máscara rica em aminoácidos e emolientes que preenche as “rugas” dos fios.

Para alisar, o procedimento químico causa perda de proteína, o que deixa os fios opacos e quebradiços. Por isso, é essencial fazer tratamentos que reponham essa proteína (queratina) e ajudam a selar a cutícula novamente, evitando a quebra. Esses tratamentos são as chamadas queratinizações, também conhecidas como cauterização, plástica capilar, reposição de massa ou reconstrução.

Mas fique atenta. Assim como sua falta, o excesso de queratina não é bem-vindo, pois deixa os fios pesados e enrijecidos. Faça a reposição em salão com intervalos de um mês ou mais, sempre com seguindo as recomendações do seu cabeleireiro de confiança.

Dicas de produtos

Procure usar shampoos e condicionadores para cabelo com químicas, como o Shampoo TRESemmé Selagem Capilar Crespo Química e o Condicionador TRESemmé Selagem Capilar Crespo Química. Já o Óleo Nexxus Oil Infinite facilita na reposição da camada lipídica para reduzir o frizz, dá maciez e garante um cabelo maleável.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.