Escova de turmalina: como funciona?

All Things Hair | 29 abril 2016
modelo com escova de turmailna no cabelo

O que é e como funciona a escova de turmalina. Veja o que diz o especialista sobre essa escova, com age nos cabelos crespos. Alisa realmente?

Ao ler o nome escova de turmalina muita gente fica com dúvidas: se a turmalina é uma pedra preciosa, o que tem a ver com tratamento capilar para alisar os fios? A resposta é: tudo!

A turmalina é, na verdade, uma pedra semi-preciosa. O mineral é extraído de rochas que têm, como uma das principais características, a neutralização da eletricidade quando aquecida. E é daí que vem seu efeito alisante como cosmético.

A escova de turmalina alisa e sela os fios sem precisar de componentes químicos como o formol, considerado um vilão da beleza e da saúde. “A vantagem é que essa escova é orgânica e tem mais de 36 extratos vegetais”, explica o personal beauty Pietro Trindade, de São Paulo (SP).

Como é feita a escova de turmalina?

O procedimento deve ser feito no salão com profissional especializado e experiente em alisamentos. A aplicação é parecida com a de uma escova progressiva. Primeiro, lava-se os cabelos com shampoo antirresíduos para retirar possíveis substâncias acumuladas nos fios.

Em seguida, o cabeleireiro seca os cabelos e divide em mechas antes de aplicar o produto em toda a extensão, da raiz às pontas. Depois de um breve tempo de ação, o especialista começa a pranchar os cabelos para que o produto penetre na estrutura e sele as cutículas (parte externa dos fios).

De acordo com Pietro Trindade, você pode (e deve!) lavar os cabelos no mesmo dia. “Nunca se deve ir para casa com substâncias químicas no cabelo. Elas podem irritar a pele e o rosto”, alerta.

Benefícios da turmalina

Como a escova é natural, não contém químicas pesadas e apresenta uma das características mais vantajosas para os crespos: o controle do frizz, que são aqueles fios que insistem em ficar arrepiados.

“A escova de turmalina tem formas em nível um, dois ou três, que podem deixar os fios crespos, respectivamente, soltos, ondulados ou levemente soltos”, conta o especialista.

Cuidados com a turmalina

Decidiu fazer uma escova de turmalina? O primeiro passo é encontrar um profissional especializado, de confiança e que entenda de processos de alisamentos.

Para chegar ao salão preparada, pesquise também sobre os produtos existentes no mercado e confira sempre as embalagens, para verificar se a composição contém elementos prejudiciais como o formol. Se tiver, recuse. Vale também conversar com o profissional de confiança sobre o assunto — motivo mais do que suficiente para você confiar na pessoa, como sempre recomendamos!

Outra dica é pedir para o profissional realizar o teste da mecha em uma pequena parte do cabelo, próxima da nuca. Assim, dá para sentir o efeito do produto antes de aplicá-lo no cabelo inteiro. Se não gostar, dá tempo de desistir ou mudar de estratégia.

Converse também com seu cabeleireiro sobre a temperatura da prancha e do secador. A turmalina é sensível e o excesso de calor pode danificar os fios.

Frequência de aplicação

A duração do efeito liso de uma escova de turmalina é parecida com a de uma escova progressiva tradicional. Os fios ficam mais lisos e soltos por dois ou três meses.

Depois disso, começam a voltar ao formato original. Mas tudo bem porque, depois desse intervalo, já dá para repetir o procedimento, sem prejudicar os cabelos.

Dicas de produtos

Inclua na rotina diária shampoos e condicionadores especiais para os cabelos com química, como o Shampoo TRESemmé Selagem Capilar Crespo Química e o Condicionador TRESemmé Selagem Capilar Crespo Química. Aposte também em hidratações periodicamente para ajudar os fios a se recuperarem dos danos da química, com o Creme De Tratamento Seda Recarga Natural Força Antiquebra.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)

Continuar lendo