Luzes, reflexos, balayage nos fios crespos? Escolha o método ideal para você

All Things Hair | 26 março 2016

Sabe a diferença entre luzes, reflexos, balayage, mechas, californianas, ombré e sombré? Vamos tirar suas dúvidas para você chegar ao visual que deseja!

Seja para disfarçar os cabelos brancos, seja para mudar o visual, realçar a tonalidade natural ou iluminar a face. Muitos são os motivos que levam as mulheres a colorir os fios, o fato é que essa química é quase uma unanimidade entre elas e ganha cada vez mais versões. Das cores sólidas às nuances mais sutis, podemos destacar algumas tendências que têm feito a cabeça da mulherada, como luzes, reflexos, balayage, mechas, californianas, ombré e sombré. Mas você sabe a diferença entre elas, qual mais combina com o seu visual e qual pode te ajudar a chegar ao visual que você tanto sonha?

Saiba a diferença entre luzes, reflexos, balayage, mechas, californiana, ombrè e sombrè

Luzes

Como o próprio nome sugere, o efeito dessa técnica é clarear os fios de maneira suave, criando uma impressão de cabelos apenas um pouco mais iluminados. Por isso, costumam ser bem finas, espalhadas pela cabeça de maneira uniforme em pequena quantidade.

Reflexos

Muito parecido com as luzes, tanto que os dois métodos costumam até ser confundidos. O que diferencia um do outro é a quantidade, os reflexos são em quantidade maior, geralmente superando 50% das madeixas descoloridas. Mas, pesar de ficar mais claro, o aspecto continua sendo sutil.

Balayage

Diferente das anteriores, essa técnica não é uma simples descoloração ou um efeito para clarear a cabeleira. O objetivo aqui é criar um efeito diferente com mais de um tom aparente. Calma, o objetivo não é criar uma mistureba aleatória de cores. A diferença deve ser de um ou dois tons um do outro e da cor original das suas madeixas, ou seja, é mais uma diferença de nuances.

Mechas tradicionais

Essa é a técnica de coloração que deixa os fios mais marcados, com diferentes tons. Nesse caso, as cores escolhidas podem variar bastante, de acordo com o desejo da mulher. As mechas podem ser feitas apenas no topo da cabeça ou em toda a sua extensão. Geralmente são um pouco mais grossas e bem delimitadas.

Californiana

Tendência forte no início dos anos 2000, as mechas estilo californianas foram inspiradas no efeito que o sol cria no cabelo dos surfistas, de pontas “queimadas”, mais claras. Para isso, a descoloração se concentra mais nas extremidades inferiores, com a raiz geralmente no tom original das madeixas e um efeito dégradé no restante do comprimento.

Ombré

Versão um pouco mais sutil da californiana. Nesse caso, a transição entre a cor natural dos fios e as pontas é feita de forma mais suave. Apesar de mais discreto, o efeito é parecido com o da tintura-irmã.

Sombré

Uma espécie de desdobramento das mechas californianas e do ombré, o sombré cria uma transição entre a cor natural dos fios e as mechas. Assim como nas luzes, a ideia é criar um visual mais iluminado, com efeito de luz e sombra, porém seguindo a tendência mais recente de concentração maior de fios claros nas pontas do cabelo.

Cuidados nos cabelos encaracolados

Os cabelos crespos e cacheados costumam ficar muito bons com mechas. Mas, para decidir a técnica ideal para você, analise o tipo do seu fio, o desgaste que o método pode causar e o efeito desejado. A mecha tradicional e a balayage costumam ficar muito marcadas nos cabelos crespos, portanto, se não quiser que o visual fique artificial, prefira luzes, ombré ou o sombré para garantir uma aparência mais harmônica e uma diferença sutil. Nos ondulados e cacheados com ondas mais largas, o efeito costuma ser menos artificial e a balayage geralmente garante uma aparência bem estilosa.

Sejam crespos ou cacheados, os fios cheios de cachinhos precisam de cuidado redobrado na hora de apostar na química. Como tendem a ser mais secos e a ficarem danificados mais facilmente, é fundamental investir em tratamentos que garantam a saúde das madeixas. Portanto, hidrate, faça nutrições e reposições de massa sempre! De preferência, peça ao seus hairstylist que faça um cronograma capilar específico para os seus fios e agende os tratamentos.

Sugestão de produtos: aposte sem medo em shampoos e condicionadores, assim como cremes de tratamento, especiais para os fios, que os ajudem a se recuperar após os danos da química, como os da linha TRESemmé Selagem Capilar Crespo QuímicaDove Reconstrução Completa ou Seda Restauração Instantậnea.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.