As luzes em cabelos crespos do tipo 4A, 4B e 4C

All Things Hair | 29 março 2016

Conheça quais são os prós e os contras das luzes em cabelos crespos tipo 4A, 4B e 4C. Os fios têm necessidades diferentes, é importante ficar por dentro!

Se você acha que cabelo crespo é tudo igual, está enganada. Os especialistas costumam subdividir e classificar em várias categorias diferentes. Os crespos e cacheados podem ser encontrados em três tipos: 2, 3 e 4, que, por sua vez, possuem três subdivisões cada (A, B e C). Quanto maior o número e mais para frente a letra do alfabeto, mais crespo é o cabelo. Cada categoria requer atenção na hora de colorir os fios, principalmente quando se trata de luzes em cabelos.

Nessa classificação, os mais crespos são os cabelos do tipo 4 que, em geral, são mais finos e possuem alto percentual de encolhimento. Isso quer dizer que, quando estão secos, eles parecem 70% mais curtos.

Entre os cabelos tipo 4, as principais diferenças estão no formato dos cachos e no volume dos fios. O cabelo afro do tipo 4A, por exemplo, tem cachos pequenos, em camadas e bastante volume no comprimento dos fios.

Já o cabelo afro do tipo 4B é caracterizado por ter cachos muito pequenos e volume desde a raiz. Por fim, os fios crespos do tipo 4C possuem cachos minúsculos, quase que imperceptíveis, e volume em todo o cabelo.

Por terem características tão distintas, os cabelos do tipo 4 requerem cuidados especiais, inclusive na hora de colorir ou descolorir os fios. Veja abaixo quais são eles!

Luzes em cabelos do tipo 4

De acordo com a hairstylist Eliane Pavini, do Shampoo Intercoiffure Eliane Pavini, em Ribeirão Preto (SP), antes de submeter um cabelo do tipo 4 a um procedimento de coloração ou descoloração é preciso observar o grau de porosidade do fio. É isso o que definirá que tipo de produto poderá ser utilizado no cabelo.

Além disso, segundo a hairstylist Penélope Beolchi, do salão Opa! Hair, em São Paulo (SP), como se trata de um tipo de fio mais frágil, é imprescindível fazer um teste de mecha para ver quanto tempo ele aguenta ficar exposto ao descolorante e avaliar melhor a cor para matização. No teste de mecha, o produto é aplicado em uma pequena mecha, perto da nuca, para ver como os fios vão reagir. Se algo der errado, é mais fácil corrigir só nesse ponto do que no cabelo todo.

Outra dica de Penélope é desembaraçar bem os fios e passar uma máscara protetora onde os cabelos estão mais sensíveis. Isso vai isolar as áreas mais frágeis, protegendo-as.

Prós e contras fazer luzes em cabelos crespos

Assim como em outros tipos de fios, o poder de iluminar o visual e disfarçar os cabelos brancos estão entre os principais benefícios das luzes nos fios do tipo 4.

Por outro lado, ao abrir as cutículas (a parte externa dos fios) e depositar pigmentos artificiais na escama, a química deixa o cabelo mais fraco, ressecado e quebradiço.

Outro inconveniente é o trabalho redobrado que a junção de fios do tipo 4 com luzes pode dar, se você quiser manter os cabelos bonitos e saudáveis.

As visitas ao salão de beleza para retocar a cor e reconstruir os fios tendem a se tornar muito mais frequentes. Em alguns casos, em vez de ir ao salão uma vez por mês, é preciso retornar a cada 15 dias.

Além disso, para evitar o ressecamento é necessário aumentar a frequência de hidratação dos fios. Há quem use creme de tratamento todos os dias no banho. A aplicação de máscara nutritiva em casa também se torna mais frequente. Ela pode ser usada uma vez por semana.

Sugestão de produto: A Máscara De Tratamento Nexxus Emergencée ajuda a restaurar a barreira protetora do seu cabelo e reconstruir a força enquanto mantém seu movimento natural. Já o Creme de Tratamento TRESemmé Selagem Capilar Crespo Química contém aminoácidos que penetram nos fios entregando força para os cabelos danificados pela química, sem deixá-los oleosos ou pesados. Ou o Creme de tratamento Dove Recuperação Extrema, que é indicado para cabelos extremamente danificados, possui em sua formula nutrientes que proporcionam uma hidratação intensa nos fios. Fica a dica!

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.