Alisante de cabelo: entenda como ele age e aprenda a proteger seu fio dos efeitos colaterais

All Things Hair | 26 abril 2016

Aprenda a manter a saúde dos fios crespos depois do tratamento químico com alisante de cabelo.

Algumas mulheres gostam de mudar o visual de vez em quando. E se aventurar no mundo dos cabelos alisados pode ser uma opção. Mas se engana quem pensa que o fio alisado dá menos trabalho. É que o processo químico do alisante de cabelo altera a estrutura dos fios e pode acabar enfraquecendo-os. Nesse caso, o resultado será um liso ressecado, quebradiço e sem brilho. Para não chegar a esse ponto é preciso fazer um trabalho de hidratação e reconstrução da fibra capilar. Veja a seguir as recomendações da dermatologista Inaê Cavalcanti, de São Paulo, para proteger seus fios dos efeitos nocivos da química alisante.

Como age o alisante de cabelo?

Nosso cabelo é formado por várias estruturas. Uma delas é ponte de dissulfeto. É a quantidade dessas pontes que define se o fio será enrolado ou lisinho. Quanto mais pontes, mais cacheado o cabelo fica.

Os tratamentos com alisantes (seja a escova progressiva, o alisamento com hidróxido, os produtos à base de guanidina) alteram a estrutura natural dessas pontes. Sua atuação obriga que elas relaxem, deixando o fio esticado.

Alisante de cabelo pode danificar os fios?

A resposta é sim. Como se trata de uma ação química e não natural, a estrutura da ponte de dissulfeto, formadora dos cachos, fica sobrecarregada e acaba perdendo a capacidade de manter a beleza e a força dos fios.

Quais são os possíveis efeitos colaterais do uso de alisantes de cabelo?

Quando aplicada em um cabelo sem cuidados e tratamentos, a química provoca a perda de nutrientes, desidratação e aumento da porosidade. Na prática, os fios ficam com aparência ressecada, sem brilho, com pontas duplas, frizz e até com crescimento desacelerado.

Como evitar os efeitos colaterais da química de alisantes de cabelo?

Para se proteger dos danos provocados pelas técnicas de alisamento, é preciso preparar os fios antes de receber a química, e tratá-los bem depois do procedimento.

Pelo menos um mês antes de alisar seus cachos, redobre os cuidados com a hidratação. Quem tem cabelo enrolado sabe que ele tende a ressecar com mais facilidade. É preciso manter em mente que o quadro irá piorar depois de fazer qualquer procedimento químico. Para não ter que correr atrás do prejuízo depois, se antecipe e deixa as fibras capilares saudáveis o suficiente para não ressecarem mesmo que percam um pouco das moléculas de água.

Em casa, use máscaras reconstrutoras uma vez por semana, condicionadores hidratantes em toda a lavagem, leave-in e protetor solar capilar diariamente. Se possível, faça também um tratamento com um profissional em uma salão de beleza. Além da hidratação, ele pode fazer a selagem dos fios. O procedimento fecha as cutículas (parte externa da fibra capilar) para garantir que as moléculas de água e outros nutrientes não se percam no processo de alisamento.

Nesse período, incluir mais proteína na alimentação (carne magra, ovo, queijo etc.) também irá melhorar a aparência dos cachos. Isso porque essa proteína irá se transformar em queratina, um dos principais componentes da estrutura capilar.

Depois de escolher, com a ajuda de um profissional, o produto alisante mais indicado para o seu cabelo, é hora de restaurar o fio. Ainda que os cuidados pré-química ajudem a preservar de danos mais severos, retoques para manter o brilho e maciez do fio serão bem-vindos.

Dentre os cuidados básicos diários, troque seu shampoo por um específico para cabelos alisados. Certifique-se que ele tenha PH menor do que sete. Isso porque os processos químicos aumentam o PH do cabelo, e esse número deve ser reequilibrado para manter a saúde e beleza do fio.

As hidratações precisam continuar sendo feitas uma vez por semana. E, no lugar do tratamento de selagem, faça uma reconstrução. O ideal é investir no procedimento uma vez por mês, enquanto sentir necessidade. O secador de cabelo só deve ser usado em caso de extrema necessidade e somente depois de aplicar um protetor térmico nos fios.

Seguindo essas dicas, seu cabelo alisado deve ficar macio, com brilho e hidratado até a próxima mudança no visual.

Dicas de produtos

Cabelos com químicas precisam de produtos específicos para eles. Nossa dica é o Shampoo TRESemmé Expert Detox Capilar e o Condicionador TRESemmé Expert Detox Capilar que ajuda a purificar suavemente o cabelo dos resíduos diários. Para complementar, experimente a Máscara De Tratamento Nexxus Emergencée que repõe a camada lipídica que as químicas retiram.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)