Cabelo colorido: 3 shampoos aliados para testar já

O cabelo colorido precisa de cuidados que vão além da manutenção da cor. Por isso, selecionamos produtos que ajudam a mantê-lo sempre hidratado e livre daquele aspecto ressecado. Lupa neles!

Quem tem cabelo colorido sabe: um simples descuido no dia a dia pode ser uma brecha e tanto para os fios ficarem ásperos, porosos e ressecados. Pudera, né? Procedimentos químicos como a coloração são bastante agressivos e, justamente por isso, sensibilizam as madeixas. Para isso não acontecer, é importante investir em produtos potentes que convertam os danos em hidratação, brilho, força e nutrição.

Pensando nisso, selecionamos algumas sugestões que vale a pena ter dentro do box e vão deixar seu cabelo colorido muito mais saudável e bonito.

Mulher com cabelos verdes e azuis longos e lisos
.

1. Shampoo Bed Head Urban Anti+Dotes Resurrection

O produto é ideal para fios danificados por procedimentos químicos e a chave para um cabelo colorido extremamente hidratado, com a cor vibrante e livre de quebra, queda e do aspecto áspero. O brilho é garantido!

2. Shampoo Nexxus Nutritive

A fórmula enriquecida com elastina e complexo de caviar (e livre de silicone!) nutre os fios ao mesmo tempo em mantém seu movimento natural. É a aposta certeira para quem deseja banir o ressecamento do vocabulário capilar e conquistar um cabelo colorido forte e macio.

3. Shampoo Love Beauty and Planet Hope & Repair

Com 93% de ingredientes derivados naturais, o shampoo conta com óleo de coco virgem e orgânico e flor de ylang-ylang para limpar gentilmente, hidratar e nutrir os fios. Isso também significa menos pontas duplas, mais maciez e brilho todos os dias. Eba!

Foto com três produtos aliados do cabelo colorido
Qual é o seu favorito?

Ah, e quando for lavar o cabelo, não se esqueça de regular a temperatura da água para morna ou fria. A quente é grande inimiga dos cabelos coloridos, uma vez que abre as cutículas e leva embora os pigmentos da cor, além de ressecá-los. Parece simples, mas essa dica faz toda a diferença, viu?