#AmoMeuCabelo: assumir os cabelos brancos ajudaram a me libertar de padrões

Abandonar a tintura de cabelo ainda é uma grande tabu entre as mulheres, mas para a empresária Valéria Rossatti, 44 anos, o processo de deixar os cabelos grisalhos foi uma decisão natural e libertadora. Hoje ela se diverte com as madeixas brancas e até mudou as cores do guarda-roupa. 

“Muita gente ainda fica curiosa com os meus cabelos brancos. Na verdade esse movimento, essa atitude de quem decide assumir os fios como são, quase sempre surgem da necessidade de se sentir livre das tintas e percebo muito isso conversando com outras mulheres  – ainda são poucas – que essa é a principal razão. Na minha família tanto homens quanto mulheres ficam com os cabelos grisalhos precocemente e esse também é um dos motivos para que eu assumisse as mechas branquinhas.

E não é fácil. Vivemos num país machista onde o cabelo branco é símbolo de “fase final da vida” ou de mulheres que estão desiludidas, que passaram por momentos difíceis, que ficaram viúvas… enfim, sempre é algo ligado à tristeza ou infelicidade. Confesso que eu mesma tive que desconstruir esses pensamentos antes de tomar a decisão.

“Tenho muitos fios brancos, estou cada vez mais grisalha e amando cada fiozinho”

Sempre escuto comentários negativos e acho uma pena que a maioria deles seja para criticar ou questionar os meus motivos que me levaram a assumir os brancos.

Foto: Reprodução/Instagram @valeriarossatti

Na verdade, as críticas aconteceram durante o processo de transição. No começo, a aparência fica estranha mesmo. Já fiquei chateada, mas agora juro que nem ligo. Agora tudo mudou e ganho elogios de homens e mulheres.

Antes dos cabelos grisalhos

Antes dos cabelos brancos, toda a minha vida explorei bastante cortes e cores no cabelo. Já tive os fios bem curtinhos, chanel assimétrico, fiz progressiva, fui ruiva, tive mechas coloridas e também usei franja por muitos anos. Eu mesma cortava. Posso dizer que já me diverti bastante com meus cabelos.

Pode parecer que eu sempre me dei bem com meu cabelo, mas a relação foi bastante conturbada durante um longo período. Ele sempre foi cheio, grosso e com muito frizz. Então, durante a adolescência, isso era um tormento pra mim. Afinal naquela época quase não existia  referência com esse tipo de cabelo, levou bastante tempo para eu aceitar a minha cabeleireira.

Referências: no hay

Quando tomei essa decisão não sabia no que ia dar, mesmo porque eu não tinha referências. Não existia nenhuma mulher próxima de mim, jovem, com a vida agitada, trabalhando, sexualmente ativa, feliz e de bem com a vida – que é o meu caso – assumindo os fios brancos.

Então eu comecei a procurar no Pinterest algumas referências. Criei uma pasta que durou pouco tempo, porque quase todas as imagens de mulheres que encontrei eram mais velhas e, por isso, também não me identifiquei com elas. Depois disso fui me virando sozinha e pensando “vamos ver no que vai dar”.

Mulher jovem de cabelos longos e grisalhos olha para a câmera com algumas mechas no rosto
<span style="float: none;background-color: #ffffff;color: #333333;cursor: text;font-family: Georgia,'Times New Roman','Bitstream Charter',Times,serif;font-size: 16px;font-style: normal;font-variant: normal;font-weight: 400;letter-spacing: normal;text-align: left;text-decoration: none;text-indent: 0px;text-transform: none"> A mudança no visual teve impacto no guarda-roupa</span>

O processo para assumir os cabelos brancos 

O mais incrível é que, no meio desse processo, percebi que não tem uma fórmula perfeita.  Eu nem sabia como ficariam meus cabelos brancos na cabeça, se tinha mais na frente, se tinha pela cabeça inteira, se eram mechas, mas eles vão acontecendo conforme os meses passam. É como mágica! A partir daí fui entendendo e me divertindo bastante com tudo.

Antes eu ficava muito preocupada em ter os cabelos brancos, em “chegar lá”, e descobri que não existe isso. No começo eu me olhava no espelho todos os dias para ver como estavam os fios brancos, até que consegui tirar de frente essa obsessão. Foi aí que eu me diverti e fiquei mais leve.

 

“Assumir os cabelos naturais mudou totalmente a minha vida. Passei a não me importar com a aprovação dos outros, me sinto mais bonita e livre”

 

Com o tempo os fios brancos vão se misturando com os escuros, tendo mais caimento. Fica muito incrível, fácil de lidar. Mas ainda estou me descobrindo grisalha.

Tenho muitos fios brancos, mas quis embarcar nessa caminhada solitária sem informação nenhuma e com muita coragem. Tenho ficado cada vez mais grisalha e amando cada fiozinho.

Quanto aos cuidados com os fios, confesso que são poucos: faço hidratação 1 vez por mês, porque os fios brancos são porosos, e aplico um shampoo roxo matizador a cada 15 dias. Não tem segredo!

A transformação total do visual 

Para passar por esse processo de forma mais natural troquei a cartela de cores do meu guarda-roupa. Hoje uso cores que combinam com os fios brancos, como cinza, lavanda, azul clarinho. Estou tentando deixar o preto de lado. Também estou brincando e explorando essa nova fase e mudei os tons de maquiagem.

Assumir os cabelos naturais mudou totalmente a minha vida. Passei a não depender da aprovação dos outros, ou seja, fiquei mais confiante, me sinto mais bonita e livre. É libertador!  Resumindo: eu me reconheço, me aceito e me divirto com os fios prateados!

Hoje meus cabelos têm muito mais a ver comigo do que quando eram tingidos para esconder os brancos. Quero mudar esse pré-conceito das pessoas e, quem sabe, não acabo sendo inspiração para outras mulheres?”

View this post on Instagram

um #tbt de hoje de manhã .sobre encontros 🌪

A post shared by Valéria Rossatti (@valeriarossatti) on

Cabelos grisalhos precisam de hidratação

A falta de melanina pode fazer com que suas madeixas fiquem com aspecto ressecado e ainda podem causar afinamento dos fios. Para nutrir, dar força e maciez aos cabelos brancos é preciso fazer hidratação constante.

Para tratar dos fios grisalhos, lave os cabelos com o Shampoo Dove Recuperação Extrema, que promove uma limpeza suave ao mesmo tempo que hidrata profundamente. Deixe os cabelos macios e brilhantes com o Condicionador Dove Recuperação Extrema, que protege seus cabelos contra as agressões do dia a dia e dá resistência à fibra capilar.

Para manter os fios com o tom natural, sem deixá-los amarelados, invista no Shampoo Desamarelador Bed Head Dumb Blonde. O condicionador da mesma linha matizante Condicionador Bed Head Dumb Blonde regenera os fios a partir do interior e devolve o brilho.

 

 

Ainda no banho, finalize os cuidados com o Creme de Tratamento Seda Óleo Hidratação, que traz na fórmula os óleos de argan e amêndoas, dois ingredientes que criam uma película protetora nos fios e deixam seu cabelo mais sedoso e saudável.