Aprenda como repor as proteínas do cabelo

Amanda Miquelino | 02 setembro 2016

Veja abaixo como repor as proteínas do cabelo durante a hidratação, nutrição e reconstrução.

No dia a dia, as agressões externas como a poluição, poeira, raios solares, cloro da água e o vento danificam o nosso cabelo. As químicas que passamos nele e a alta temperatura dos aparelhos (chapinha, secador e modelador de cachos) também estragam nossos fios — se usados em excesso e sem proteção térmica. Essas agressões diárias tiram os nutrientes naturais da fibra capilar e o resultado é um fio mais frágil. Para resolver isso, o indicado é repor as proteínas do cabelo que foram perdidas com o tempo. Confira!

Como repor as proteínas do cabelo?

Para fazer a reposição da proteína é aconselhado fazer tratamentos que devolvam a massa capilar. Essa massa é o nome dado à matéria que forma o cabelo e que contém as proteínas — principalmente a queratina e os aminoácidos. Para repor esses nutrientes (que com o tempo são perdidos) é preciso usar produtos que contenham essas proteínas nas suas fórmulas.

O uso desses produtos ajuda a selar as cutículas (parte externa dos fios), que protegem o córtex (parte interna do fio). Se o seu cabelo está sem essa camada protetora com os nutrientes, os seus fios ficarão porosos e com problemas profundos.

Os componentes mais indicados para a reposição de proteínas na fibra capilar, são os aminoácidos, que repõem a massa capilar, e a manteiga de karité que promove hidratação profunda nos fios. Verifique se os produtos que você usa para hidratação contêm esses nutrientes. Nossa dica de produto é o Creme de Tratamento TRESemmé Selagem Capilar Crespo Original, que além de ter manteiga de karité na sua fórmula, ajuda no fortalecimento dos fios.

Muitas vezes, o espaço de tempo de uma coloração e um alisamento é insuficiente (por exemplo, alisar e logo em seguida pintar — ou vice e versa). Atitudes como essa faz que as fibras capilares fiquem mais abertas, ressecadas e sem nutrientes. A solução é esperar algumas semanas entre um procedimento e outro.

Quando repor as proteínas?

● Após passar química nos fios, como tinturas, descolorantes e alisamentos.
● Se a fibra capilar estiver muito porosa, ressecada, elástica, com frizz e quebradiça.
● Cabelos que recebem altas temperaturas dos aparelhos capilares (chapinha, secador e modeladores de cachos) em excesso e sem proteção térmica.

Tudo em excesso faz mal. Se exagerar na dose e na quantidade de aplicações pode deixar a fibra capilar rígida e sujeita a quebras. Por isso, o indicado é fazer em cada quinze dias, se o seu cabelo não estiver muito danificado. Mas se ele estiver extremamente maltratado, comece a passar duas vezes por semana e sinta como está a evolução do seu cabelo, para depois diminuir a quantidade de aplicações. Se você está com muita dúvida sobre o estado do cabelo, vale fazer uma consulta com um profissional da área.

Se sentir que o cabelo está quebrando, teste o Creme de Tratamento Dove Controle de Queda que auxilia a nutrir e a fortalecer os cabelos desde a raiz até as pontas.

Produtos aliados

Para evitar ao máximo que seu cabelo chegue no estado que precisa de reposição de proteínas, tente usar os produtos certos para o seu tipo de fio — principalmente shampoo e condicionador. Um produto que contém filtro UV e protege os fios dos danos causados pelos raios solares é o Creme Para Pentear Seda Óleo Hidratação. Fica a dica!

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.