Gel: por que é tão popular para fixação de penteados?

Amanda Miquelino | 13 junho 2016

O gel é um dos produtos mais usados para fixação de penteados. E isso tem explicação. Saiba mais e veja como tirar máximo proveito do finalizador.

Quando você pensa em produtos que servem para fazer seu penteado durar mais, qual é a primeira coisa que vem à sua cabeça? O gel, não é? E é isso mesmo. O finalizador é um dos mais eficientes nessa função e isso não vem de hoje. O gel já tem um século e história – e de popularidade, quando o assunto é fixação. Por que será que, mesmo depois de tanto tempo e com tantos novos tipos de produtos no mercado de cosméticos, ele continua em alta?

A evolução do gel

O gel que continua sendo usado atualmente não é o mesmo inventado lá na década de 1920. Com o passar dos anos e conforme foram surgindo novos conhecimentos, a formulação foi evoluindo. Componentes que faziam mal aos cabelos ou comprometiam a eficácia da fixação passaram a ser substituídos por outros, até chegarmos ao formato que temos hoje nas prateleiras de farmácias e perfumarias.

O gel é um dos únicos produtos que consegue deixar os fios no lugar por muito tempo, até a próxima lavagem. Por isso, é muito usado na hora de fazer penteados. Para quem não gosta daquele efeito de brilho molhado, que a maioria dos produtos deixa nos fios depois da aplicação, hoje, há até versões com efeito mate, sem brilho.

Gel: quem pode usar?

O gel é um produto democrático: todo mundo pode usar e não há restrições. O produto funciona tanto para cabelos lisos, como para cacheados, curtos e longos, homens e mulheres. O truque está na escolha do tipo de produto, que não deve conter substâncias prejudiciais e deve ser adequado para o seu tipo de fio.

Como escolher o seu gel

O principal cuidado na hora de comprar o gel é olhar a lista de ingredientes. Se encontrar a palavra “álcool” descarte o produto na hora e procure por outro. A substância, abolida da maior parte dos cosméticos, prejudica os fios, deixando-os secos. O efeito é prejudicial principalmente para os crespos e cacheados, que já sofrem como uma tendência natural ao ressecamento. Evite.

Em seguida, é preciso prestar atenção no grau de fixação, de acordo com o que você deseja. Há versões mais potentes e outras mais leves. O acabamento também faz diferença. Veja se prefere o aspecto com brilho ou um visual mais fosco. Por último, veja se o produto é formulado para o seu tipo de cabelo. Há géis específicos para cabelos lisos, para cabelos cacheados, para cabelos crespos…

Como tirar o máximo proveito do gel

Na hora de usar gel para fazer um penteado, o ideal é que os cabelos estejam secos na hora da aplicação, para que o produto ganhe melhor aderência. Depois, faça o penteado enquanto os fios ainda estão maleáveis. Alguns minutos mais tarde, eles ficarão mais rígidos, justamente para manter tudo no lugar. Ao terminar de prender os fios ou de colocá-los na posição desejada, se necessário, espalhe mais um pouco de gel na palma das mãos e ajeite possíveis fios que continuam em pé ou fora do lugar. E pronto!

Sugestões de produtos:

Antes de usar o gel, faça uma boa lavagem nos fios. Recomendamos o Shampoo Reconstrução e Força, de TRESemmé e o Condicionador Restauração Instantânea, de Seda. Após secar o cabelo, dê acabamento hidratante com o Sérum-in-oil Advanced Hair Series Regenerate Nutrition, de Dove.

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.