Por que um montão de gente está pintando o cabelo em tons pastel?

Conversamos com especialistas para entender o que está por trás desse fenômeno. E fica o spoiler: essa escolha pode ter tudo a ver com o momento delicado que vivemos desde o ano passado. Saiba mais

Já faz alguns anos que as cores fantasia se tornaram queridinhas de muitas mulheres. Mas será que, como a gente, você também percebeu que, do ano passado pra cá, o cabelo colorido pastel – seja rosa, azul, lavanda, verde… – vêm aparecendo cada vez mais em nossos feeds e até na televisão (alô, Ana Maria Braga)?

Ficamos curiosas para descobrir se esse fenômeno tem alguma explicação e, claro, fomos atrás de especialistas no assunto para entender por que essa tendência ganhou tanta força nos últimos tempos. E o que descobrimos é muito, muuuito esclarecedor…

Foto de destaque: Reprodução | Instagram @ddlovato

É claro que mudanças de visual sempre têm elementos pessoais envolvidos e isso muda para cada pessoa, mas não dá pra negar que o cabelo sempre foi um bom termômetro para refletir o momento social em que vivemos.

“É só olharmos para as décadas anteriores para relembrar os cortes de cabelo que marcaram épocas. Eles são a expressão de uma geração, de um movimento. É através do cabelo que a gente se posiciona no mundo”, confirma Fabíola Luciano, psicóloga de São Paulo.

Lady Gaga com cabelo colorido pastel no tom lavanda
Foto: Reprodução | Instagram @ladygaga

Clélia Midori, estrategista de imagem pessoal e fundadora do Estilo MID, de São Paulo, compartilha o mesmo ponto de vista e complementa: “As necessidades das pessoas vão além de comer e falar. Elas também precisam se expressar de maneira não-verbal para se sentirem bem. A escolha do tom do cabelo é uma forma muito interessante de expressão – há pouco tempo, inclusive, essa força estava muito em alta na maquiagem, mas com a pausa de um hábito muito forte, de se arrumar para sair e trabalhar, não fez mais sentido para as pessoas criarem um superdelineado para ficar em casa, por exemplo”, observa.

E ao migrar essa força de expressão para a cor do cabelo, é possível unir beleza e conforto, dois fatores que todos buscam cada vez mais.

Ana Maria Braga com cabelo colorido pastel em tom azul
Foto: Reprodução | Instagram @anamaria16

O fator pandemia

Dito isso, é praticamente impossível não associarmos essas transformações ao momento de pandemia e isolamento social em que estamos vivendo desde o ano passado.

“As pessoas começaram a estar mais em contato consigo mesmas do dia para a noite, e esse não foi um processo fácil. Aquela autoimagem que existia há tanto tempo é, na verdade, um terreno desconhecido para a maioria das pessoas, e ter que se acostumar com esse novo lugar é um desafio”, fala Clélia Midori.

E a escolha dos tons pastel não é puro acaso: “Essas nuances claras aparecem em um momento em que precisamos de muito amparo, conforto emocional, amor, harmonia e energia positiva – tudo o que essa cartela de cores representa. Com esse período de reavaliações, as pessoas querem olhar para si e buscar uma esperança, olhar pra frente com um desejo de mudança”, completa Fabíola Luciano.

Madonna com cabelo colorido pastel no tom rosa
Foto: Reprodução | Instagram @madonna

E cá entre nós: quando tantos fatores de nossas vidas estão incertos e fora do nosso controle, faz total sentido que a gente crie um escape para sentir ao menos alguma sensação de estabilidade em meio à essa montanha russa de emoções. E pintar o cabelo, ou seja, cuidar da própria aparência, certamente é um dos caminhos encontrados nessa pandemia para atingir esse objetivo.

Próximo

O lado prático da coisa

Além do viés psicológico de que os tons pastel representam o conforto que precisamos neste momento, também existe o fator praticidade que a escolha de usar essa cartela de cores no cabelo pode proporcionar.

“Acredito que, assim como a franja foi eleita como queridinha nesses tempos, porque era uma maneira da pessoa modificar o visual rápido, as cores fantasia também são. Os tons pastel facilitam porque não precisam de muito retoque. O ar desbotado está na moda, acredito que também por consequência da pandemia”, completa Olivier Costa, cabeleireiro do Reiki Instituto de Beleza, no Rio de Janeiro.

Também é interessante observar que muitas pessoas que estão trabalhando em casa, longe das formalidades do escritório, aproveitaram esse momento para ousar e experimentar colorações mais ousadas, já que sua exposição ao mundo externo acaba sendo menor. Interessante, né?

Hilary Duff com cabelos longos e tom pastel na cor azul
Foto: Reprodução | Instagram @hilaryduff

Cabelos em tons pastel e saudáveis: como chegar lá?

Antes de qualquer coisa, leve em consideração que o seu cabelo precisa estar saudável para ser descolorido (se tiver fios escuros) e depois receber a coloração. Sim, os cuidados e o uso de máscaras potentes deve começar antes mesmo do procedimento em si.

Outra dica essencial é buscar um cabeleireiro de confiança para pintar seus cabelos em tons pastel. É importante que ele faça um teste de mecha antes de aplicar a química para avaliar se os seus fios estão preparados mesmo para recebê-la.

Julianne Hough com cabelos em tom pastel rosa
Foto: Reprodução | Instagram @juleshough

“O próximo passo é usar produtos de qualidade, tanto para pintar quanto para o pós”, destaca Olivier Costa. O cabeleireiro também lembra que fazer o cronograma capilar é essencial para nutrir e fortalecer esse cabelo que sofreu com os efeitos da química.

Ah, e atente-se também à manutenção da cor: use produtos específicos para cabelos coloridos e evite lavá-los todos os dias para a cor não ir embora mais rápido. Por esse mesmo motivo, opte pela lavagem com água morna, já que a quente inevitavelmente acaba desbotando o tom.

Sugestão de produtos

Indicamos o Shampoo e Condicionador Bed Head Urban Anti+Dotes Resurrection, que reconstroem as portes porosas dos fios, proporcionando uma terapia hidratante e nutritiva, além de serem seguros para cabelos coloridos e até dar uma mãozinha para prolongar a cor.

Como já dissemos, vale também montar um cronograma capilar para suprir todas as necessidades dos cabelos: hidratação, nutrição e reconstrução. Para isso, recomendamos as Máscaras de Tratamento Seda Boom Hidrata, Nutre e Restaura.