Shampoo alisante: será que funciona?

All Things Hair | 27 junho 2016

Um shampoo alisante sem formol. Será que dá certo? A gente explica aqui. 

A gente sabe: é difícil controlar o uso de químicas, não é? Principalmente na hora de alisar. É que misturar coloração e alisamento pode resultar em fios opacos e quebradiços. E mesmo se os cabelos estiverem saudáveis, todo cuidado é pouco! Isso porque os fios podem não aguentar a química agressiva, mesmo hidratados e, aparentemente, bem cuidados. Mas há algumas maneiras de prevenir o temido corte químico, quando o cabelo não suporta a química recebida nos fios. Um shampoo alisante, no entanto, promete facilitar a vida de quem é adepta da descoloração e outros tipos de químicas e ainda deseja deixar os fios lisos. Descubra porque usar o produto pode ser uma boa ideia!

Sugestões de produtos:

Raio X do shampoo alisante

O fabricante do shampoo alisante alega que o produto não possui formol. Então como ele alisa? Bem, o shampoo alisante possui um mix de cinco ácidos (acetil salicílico, alfa lipóico, glicólico, lático e hialurônico). E, por isso, ele é compatível com todos os tipos de química. O produto ainda é livre de parabenos. Em tese, o produto alisa porque os ácidos se unem às proteínas do cabelo e, quando em contato com o calor, promove a desnaturação da queratina, uma das proteínas que formam o cabelo. Mas, diferentemente de outros alisamentos, esse processo não quebra as pontas dissulfeto e, portanto, não é definitivo.

Como usar o shampoo alisante?

O procedimento de alisamento é simples. O primeiro passo é lavar os cabelos com um shampoo de limpeza profunda. Depois, o profissional tira o excesso de umidade com a ajuda de uma toalha e aplica o shampoo alisante nos fios, massageando o couro cabeludo em círculos, até aparecer espuma. Então, aguarda uma pausa de vinte minutos e enxágua completamente os cabelos. Depois, é só secar totalmente o cabelo e passar a chapinha. Nessa etapa, os cabelos são divididos em mechas finas e a chapinha é passada da raiz às pontas, de cinco a sete vezes em cada mecha, em uma temperatura que vai de 180ºC a 230ºC. O resultado? Os fios ficarão lisos, com volume controlado e sem frizz.

Manutenção do shampoo alisante

Para manter os fios sempre lisos, é necessário refazer o tratamento a cada três meses, uma vez que não se trata de um alisamento permanente. Em geral, o cabelo volta completamente ao normal em um prazo de seis a nove meses. Ah, e é bom saber: o tratamento por enquanto é feito exclusivamente nos salões de beleza.

A importância do teste de mecha

Nunca é cuidado demais fazer o teste de mecha antes de aplicar qualquer produto químico nos fios – até mesmo os alisamentos que alegam não possuírem formol. Isso porque ele irá garantir que os seus fios resistirão à nova química. Para fazê-lo é muito simples: o primeiro passo é escolher uma mecha escondida, de preferência na região da nuca. Aplique um pouco de produto na região e aguarde cerca de 40 minutos. Enxágue em seguida. Também aplique um pouco de produto no pulso e enxágue após 30 minutos. Se em um prazo de 48 horas não surgir irritação na pele e o aspecto dos fios continuar o mesmo, o produto está liberado! Caso contrário, melhor tentar outra alternativa.

Cuidados pós-química

Alisou os cabelos? Então inclua na sua rotina de cuidados produtos específicos para cabelos com química, como shampoos e condicionadores. Eles ajudarão a recuperar os fios e a manter a química por mais tempo no cabelo. Hidratações nos cabelos com química também devem ser frequentes, ok?

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.