Manual do shampoo antirresíduos: tudo que você precisa saber

Ana | 26 agosto 2016

Esclareça suas principais dúvidas sobre esse produto que também atende pelo nome de shampoo de limpeza profunda.

Você adora criar novos penteados no cabelo? Acaba usando muitos produtos de uma só vez? Ou então costuma ter fios oleosos? Sente que agressões externas, como sol, poluição, cloro, vento e umidade deixam seu cabelo mais rebelde e sem brilho? Se respondeu sim para alguma dessa situações, fique atenta: você pode estar precisando de um shampoo antirresíduos, também conhecido pelo nome shampoo de limpeza profunda.

“Por ser muito mais alcalino que os outros shampoos, ele força a abertura das cutículas da fibra capilar, retirando todos os resíduos de outros produtos, oleosidade e poluição”, explica a dermatologista Tatiana di Perrelli, de São Paulo.

Como e quando usar o shampoo antirresíduos?

Segundo a especialista, a aplicação do shampoo antirresíduos não difere dos shampoos comuns: deve ser aplicado primeiro no couro cabeludo com uma massagem capilar suave e depois partir para a limpeza completa do cabelo, o que inclui comprimento e pontas. O processo se altera levemente depois da aplicação do produto. “O cuidado com a hidratação pós-shampoo antirresíduos deve ser maior, porque ele também retira toda a hidratação natural dos fios, deixando-os ressecados”, afirma Tatiana.

Aqui, a hidratação caseira semanal, feita com máscaras e ampolas de tratamento, torna-se ainda mais fundamental. Hidratações profissionais mensais, feitas nos salões, também são mais do que bem-vindas.

Sugestão de produtos: Em casa, boas opções de produtos para todos os tipos de cabelo são a Ampola De Tratamento Dove Recuperação Extrema, enriquecida com agentes que devolvem ao cabelo as vitaminas essenciais para um brilho natural e maciez, e a Máscara De Tratamento Nexxus Emergencée, que também ajuda na reconstrução do cabelo fraco e danificado. Ambos os produtos devem ser aplicados entre shampoo e condicionador, para que esse último consiga selar o efeito hidratante da máscara ou ampola dentro da fibra capilar.

Mas com que frequência utilizar o shampoo antirresíduos para que seu efeito abrasivo não acabe ressecando demais o cabelo? Isso vai depender muito do tipo de cabelo. Em cabelos oleosos, podem ser utilizados uma vez por semana, enquanto em cabelos secos uma vez a cada 15 dias ou uma vez por mês, apenas. “Depende também se possui tintura, já que contribui para que a cor desbote mais rápido, ou se tem escovas temporárias, já que pode remover toda a química e tirar seu efeito. Nesses casos, o shampoo antirresíduos deve ser usado uma vez  ao mês no máximo”, completa a dermatologista.

Tatiana ressalta ainda que o shampoo antirresíduos não possui restrições quanto ao tipo de cabelo, mas que cabelos oleosos são os que mais precisam dessa mãozinha extra na hora de combater a oleosidade, inclusive para que certos tratamentos profissionais tenham mais efeito.

“Ele pode ser utilizado em cabelos oleosos que são sujeitos a vários processos de hidratação, mas que estão ficando pesados sem responder ao tratamento ou mesmo antes de hidratações, para que essa seja potencializada”, acrescenta. Nos cabelos secos ou ressecados, entretanto, deve ser usado com parcimônia. “Nesse, caso, aposte em uma megahidratação após seu uso”, recomenda.

Sugestão de produto: O shampoo antirresíduos é muito forte para seu tipo de cabelo? Prefira outros produtos com ativos refrescantes na fórmula, mas menos abrasivos para fios e couro cabeludo, por exemplo, Shampoo TRESemmé Expert Detox Capilar.

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.