Óleo de rícino: conheça os benefícios e os modo de usá-lo

Amanda Miquelino
modelo com óleo de ricino no cabelo liso e comprido

Confira os prós e contras de usar o óleo de ricino no cabelo. Um dos pontos positivos é que ele ajuda o cabelo a crescer rápido e saudável.

O sonho de algumas mulheres é exibir cabelos compridos e sedosos. Isso não é impossível de realizar se seguir uma rotina de cuidados e usar os produtos certos para o seu tipo de fios. Uma solução que circula pelas redes é usar o óleo de rícino para o cabelo crescer rápido e saudável. Fomos atrás para saber mais sobre os efeitos positivos e negativos de usar esse tipo de óleo no cabelo. Confira!

O que é o óleo de rícino?

O óleo de rícino é extraído das sementes da planta “Ricinus communis”, conhecida popularmente como mamona. Com ele também pode ser feito o azeite de rícino, que é usado na fabricação de plásticos, pinturas e cosméticos (na produção de cílios postiços).

Não é só nesses produtos que o óleo de rícino pode ser utilizado. Ele também é famoso por ajudar no crescimento das fibras capilares.

Ele é rico em propriedades antioxidantes, ômega 6 e vitamina E, que fortalecem e ajudam os fios a crescerem saudáveis e fortes. O crescimento das sobrancelhas e dos cílios também podem ser beneficiados por esse óleo.

Produto aliado

O óleo de rícino pode ser um ótimo aliado na missão em conquistar cabelos longos e brilhosos. Mas se usar apenas ele, não conseguirá o efeito desejado. Por isso, procure usar shampoo, condicionador e máscaras de tratamento específicos que limpam e hidratam os fios.

O óleo de rícino pode ajudar nas hidratações. A umectação capilar, por exemplo, pode ser feita com esse tipo de óleo. Ele ajuda a repor a gordura que ajuda a selar as cutículas (parte externa dos fios) e a manter a umidade dos fios.

Todos os tipos de textura podem receber esse produto, mas os cabelos cacheados e crespos costumam se beneficiar mais. Isso porque essas texturas tendem a ser mais ressecadas, pelo fato de terem o formato espiralado — que dificulta o trajeto da oleosidade chegar até as pontas.

Pontos negativos

Tudo em excesso faz mal. Se você não saber controlar a quantidade de óleo nos fios, pode acabar deixando-os oleosos. O indicado é usar uma colher de sobremesa de óleo.

A mistura de diferentes tipos de óleos pode acabar tornando os fios muito finos e suscetíveis à quebra. Não recomendamos fazer receitas caseiras que ensinam a misturar vários produtos com esse óleo nos fios. A incompatibilidade deles pode trazer resultados negativos.

Dicas de produtos

Se você não quiser usar o óleo de rícino nos fios, temos outras sugestões de óleos que vão deixar seus fios hidratados, sedosos e com brilho.

O Óleo Nexxus Oil Infinite tem um complexo de seis óleos naturais, incluindo babaçu e marula, ambos conhecidos por suas propriedades condicionantes. O Óleo Dove Pure Care Dry Oil possui uma infusão de óleo de macadâmia africana que proporciona excepcional flexibilidade aos cabelos.

O Creme Para Pentear Seda Óleo Hidratação tem uma fórmula enriquecida com óleos de argan e amêndoas, que restaura o cabelo seco e cria uma película nos fios, nutrindo-os sem deixar aquele aspecto pesado.

Continuar lendo