Aprenda como escolher o melhor tipo de escova para seu cabelo

A enorme variedade de tipos de escova de cabelo pode confundir fácil, fácil! Nesta matéria, o ATH indica os melhores modelos para cada tipo de fio e objetivo

Existem inúmeros tipos de escova de cabelo, que podem variar no formato e no material, do cabo às cerdas. Cada uma possui particularidades que atendem diferentes objetivos e texturas de cabelo. As lisas, por exemplo, podem apostar na escova raquete, enquanto as crespas e cacheadas se dão bem com modelos de madeira. Escovas redondas pequenas ajudam a fazer uma escova bem modelada em fios curtos e médios; as maiores, por sua vez, servem para escovar madeixas longas, crespas e cacheadas. Saiba mais!

O que você quer fazer no seu cabelo hoje? Uma escova modelada? Apenas desembaraçá-lo sem quebrar os fios? A seguir, conheça os principais tipos de escova e entenda, de uma vez por todas, para que serve cada uma delas.

Infográfico mostra tipos de escova de cabelo

Escova redonda de haste oca: se a ideia é fazer aquela escova caprichada nas madeixas longas, pode apostar nesse tipo de escova sem medo.

Escova redonda pequena: além de auxiliar no alisamento dos fios e da franja, também são indicadas para dar volume aos cabelos finos. A dica é escovar com o jato do secador posicionado de baixo para cima.

Escova redonda grande: as versões com mais de 10 cm de diâmetro são ideais para escovar fios crespos e cacheados, além de cabelos longos, já que seu tamanho acelera o processo da escovação.

Escova de penteado: é parecida com a escova raquete, mas seu formato é ovalado. É ótima para dar aquele toque final na escova e deixar os fios brilhantes e macios.

Escova para cabelos com extensão: se você tem aplique no cabelo, é essencial escolher uma versão com cerdas arredondadas, eliminando, assim, o risco de quebrar as extensões.

Escova para finalização: sabe o famoso baby hair – aqueles fios novos que nascem na região da testa e da nuca? Ele pode ser muito bem estilizado com esta escova de madeira feita de cerdas naturais. Além disso, ela é perfeita para deixar o penteado bem polido.

Escova para desembaraçar: é o tipo de escova de cabelo que cabe na palma da mão e pode ser carregada na bolsa sem ocupar muito espaço. Prática, não? O melhor é que suas cerdas permitem que os fios sejam desembaraçados ainda molhados, sem provocar a quebra.

Escova raquete: possui cerdas flexíveis capazes de desembaraçar diferentes tipos de cabelo, desatando os terríveis nós que podem se formar nas mechas.

Mulher com cabelos longos e lisos escova as madeixas

Ainda não acabou! Veja, também, as escovas mais indicadas para o dia a dia de acordo com cada tipo de cabelo:

Tipos de escovas para cabelos lisos

As lisas podem optar pela escova raquete, que possui a base achatada e almofadada e costuma ter cerdas com bolinhas nas pontas, que protegem e massageiam o couro cabeludo. Essa, inclusive, é uma ótima opção para desembaraçar madeixas longas e deixá-las bem sedosas.

Tipos de escovas para cabelos ondulados

Neste caso, é importante escolher um modelo que não desfaça as ondas naturais do cabelo. Escovas retangulares e com cerdas mistas são uma boa pedida, uma vez que ajudam a manter a definição desse tipo de fio. Por terem um bom espaçamento entre as cerdas, também previne a quebra dos fios.

Tipos de escovas para cabelos cacheados

Cabelos cacheados precisam de escovas ou pentes de madeira com cerdas mais largas e espaçadas. Isso porque o material elimina a estática, evitando o frizz, que é bastante comum nesse tipo de cabelo.

Tipos de escovas para cabelos crespos

Se você está se perguntando qual é a melhor escova ou pente para pentear os cabelos crespos, saiba que esse tipo de fio, assim como o cacheado, também precisa de cuidados extras na hora de desembaraçar. Por isso, o ideal também é apostar em acessórios com base de madeira e que tenham dentes bem espaçados. Se for escolher um pente, opte pelo estilo “jacaré”, que é mais largo.

Atenção também às cerdas

Na hora de escolher qual a melhor escova para seu cabelo, as cerdas também têm um papel bastante importante no resultado final, como você já deve ter notado nas dicas anteriores. Conheça os três tipos principais:

Naturais

Cerdas de pelos de javali, bambu ou madeira eliminam a eletricidade estática do fio e previnem o efeito arrepiado nos fios, o temido frizz! Elas também têm a vantagem de serem mais duradouras.

Mistas

Misturam cerdas naturais e sintéticas e, por isso, aliam a flexibilidade das cerdas de náilon ao benefício de combate ao frizz das cerdas naturais.

Náilon

As cerdas de náilon são flexíveis e resistentes ao calor e são as mais indicadas para desembaraçar os fios.

Próximo

Sugestão de produtos

Depois de conhecer os diferentes tipos de escova de cabelo, é importante escolher produtos que ajudem a desembaraçá-lo sem correr o risco de danificá-lo. Indicamos o shampoo e condicionador Seda Hidratação Antinós, que têm raiz de amoreira e fusão de óleos naturais para absorver a umidade, hidratar, alinhar as cutículas e eliminar os temidos nós, deixando os cabelos sedosos.

Se for fazer uma escova, não esqueça de usar um produto que proteja os fios contra o calor do secador e da chapinha. Nossa recomendação é o Spray Revitalizador TRESemmé Tudo em 1, ideal para quem deseja um acabamento profissional em casa.