Fim do mistério: saiba porque o cabelo escurece quando a gente cresce!

Eis o motivo de tantos adultos de cabelos escuros terem sido crianças loirinhas.  

Vendo fotos de infância, é fácil perceber que muitos adultos de cabelos pretos ou castanhos já foram crianças loiras. Mas já parou para pensar por que o cabelo escurece quando a gente cresce? Existe, sim, uma resposta. E, de alguma forma, ela está ligada a um outro fenômeno da mudança de coloração dos fios, aquele que os torna grisalhos, na fase adulta.

A melanina é a responsável por tornar o cabelo mais ou menos escuro, de acordo com sua quantidade. Pigmento produzido por células que se chamam melanócitos, seu número é menor nos bebês. Por isso, nos primeiros anos de vida, o cabelo costuma ser mais claro. Enquanto o tempo passa e eles se desenvolvem, o número de melanócitos (e de pigmento) aumenta. E é assim que os cabelos loirinhos começam a se transformar em castanhos claros, médios, escuros ou em fios pretos.

Dá para evitar?

Muita gente se pergunta é possível evitar a mudança da coloração do cabelo das crianças. E a resposta é não. Esse é um processo natural do corpo humano e está ligado a diferentes fatores, a começar pela genética.

Na verdade, o cabelo que escurece é aquele que está “programado” pelo DNA para ser castanho, por exemplo. Pessoas que chegam à fase adulta com os fios loiros  também tinham menos melanina durante a infância e, mesmo assim, quando os pigmentos aumentaram não se tornaram morenas. Porém, esse é um processo involuntário do organismo.

Próximo

 

E se tomar menos sol?

A produção de melanina está ligada à exposição ao sol. Entretanto, muita gente se confunde achando que, se um bebê tem seu cabelo escurecido, morando no Brasil, não experimentaria a mesma mudança, se vivesse no Norte gelado do Canadá.

Embora o clima tenha alguma influência, ainda é a genética que determina a cor dos cabelos (e de todos os pelos do corpo!). Os cílios, em geral, são mais escuros, por serem menos pigmentados.

Sobre a relação da mudança da cor do cabelo na infância e na maturidade, a causa é bem parecida. Se no começo da vida os pigmentos ainda estão em formação e a cor dos fios pode escurecer, na maturidade o processo é inverso.

Os melanócitos diminuem e, assim, menos pigmentos são produzidos. É nesse momento que os fios escuros se tornam mais claros. Ou brancos.

O cabelo escurece quando a gente cresce e a textura também muda

E não é só a cor do cabelo que muda enquanto a gente cresce. A mudança da textura também é muito comum e se deve ao fato de o cabelo do bebê ainda não ser maduro.

Há até um nome para os primeiros fios, geralmente fininhos: laguno. Neles, falta a parte interna do folículo capilar, que é a medula. Os lagunos caem e dão origem a fios menos finos, mas que também não são maduros.

Mulher com cabelo castanho escuro longo ondulado
Quem nunca foi loira na infância e de repente os cabelos estavam escuros?

Só após a puberdade é que os fios chegam à forma madura, quanto à cor e à textura. Entre os 30 e 50 anos,  na maioria das pessoas, os fios experimentam nova mudança, ficando mais claros e finos outra vez.

Sugestão de produtos

Para manter qualquer tipo de cabelo hidratado e bem cuidado, a gente sugere lavar o cabelo com a dupla Shampoo Dove Hidratação Micelar e Condicionador Dove Hidratação Micelar.

 

Finalize com o Creme de Pentear TRESemmé Antifrizz, que além de deixar os fios alinhados, ainda ajuda a controlar o excesso de frizz.