Franja curtinha fica bem para quem?

Ela pode alongar alguns tipos de rosto e até rejuvenescer o visual.  

A franja cortada acima da sobrancelha nunca sai de moda. E tem fama de rejuvenescer o visual, logo, causa desejo. Mas a franja curtinha fica bem para quem? Como se trata de uma mudança impactante no visual, é comum a pergunta surgir, antes de alguém se decidir por passar a tesoura.

Antes de tudo, como sempre repetimos: o que fica bem em você não é algo que pode ser imposto. Tem a ver com suas referências, seu estilo e seu desejo — especialmente, o desejo! Aqui, ajudamos você a se informar sobre os prós e contras da franja. É um bom passo antes de optar ou não pelo corte e pode até ajudar na decisão, mas o poder de escolha (como o cabelo!) é só seu, portanto, não há regras.

Franja curtinha fica bem?

Por formatos de rosto

Vamos começar pelo formato do rosto, que costuma ser um dos principais fatores a se levar em consideração. A franja curtinha tem o poder de alongar o rosto, pois ela deixa parte da testa à mostra, criando o efeito de duas “listras”: uma formada pela pele e a outra, pelo cabelo. Assim, rostos longos, como o retangular, em geral, ficam com a aparência ainda mais estendida, depois  de ganhar uma franja acima da sobrancelha.

Já rostos redondos e quadrados se beneficiam da franja curtinha mesmo efeito, já que a parte da testa à mostra dá a impressão de que o rosto é mais alongado. Porém, mesmo nesses formatos há uma controvérsia: quem tem bochechas bem avantajadas pode ficar com o visual muito infantilizado, por causa da franja. 

Os formatos que mais combinam com esse corte são o oval e o de coração. No caso do oval, considerado a mais harmônica entre as formas de rosto, qualquer franja cai bem. Em relação ao  triângulo invertido (também conhecido como formato de coração) a franja suaviza a testa, que é o traço que difere esse rosto do ovalado. Graças ao corte, ele também fica mais harmônico.

Mulher usa cabelo com franja curtinha, posando para uma foto ao ar livre.
O corte favorece rostos em formato de coração. | Foto: Suzanne Cohen Photography

Por tipo de cabelo

A franja acima da sobrancelha é perfeita para os fios lisos. Todo tipo de cabelo tem uma franja que lhe cai melhor (por exemplo, o ondulado deixa o caimento da franja partida ao meio incrível). Mas é importante saber: nem todo liso combina com a franjinha.

Cabelos muito finos e em pouca quantidade não conseguem o efeito desejado. Se a franja for bem rala, ela deixa o visual com aspecto desleixado e com o efeito contrário à tal característica rejuvenescedora.

Por nível de disciplina

Tem o cabelo liso, franja farta e decidiu cortar. Ótimo. Mas é importante saber que, mesmo assim, pode ser necessário usar o secador para deixar o cabelo no lugar. Se o seu cabelo costuma ficar descontrolado pela manhã, seja honesta consigo mesma: você estaria disposta a usar o secador de cabelo (e, ocasionalmente, algum leave-in) para deixar a  franja curtinha perfeita? Se a resposta for não, melhor repensar o corte. 

Por tipo de pele

Em certas pessoas, dependendo do tipo de pele, a franja costuma deixar a região da testa mais oleosa, sim. Isso pode fazer com que a área se torne propícia para o aparecimento de cravos e espinhas. Se você já tem tendência à acne, pode ser uma boa procurar um dermatologista para prevenir o problema.

Sugestão de produtos: Shampoo Suave Lavanda E Bambu e Condicionador Suave Lavanda E Bambu, indicados para todos os tipos de cabelo. E Serum-in-oil Dove Advanced Hair Series Regenerate Nutrition, com fórmula pensada especialmente para ajudar a restaurar fios danificados. 

Salvar