Tendências

Dicas do stylist Nilinho e truques dos editoriais para seu cabelo

Confira a entrevista que All Things Hair fez com o profissional.

Nilo Caprioli é stylist acostumado a produzir belas mulheres para aparições no tapete vermelho, editoriais de moda e programas de TV. Aliás, foi por trabalhar vestindo a musa Maria Eugênia Suconic, no Adotada, da MTV, que ele mesmo passou à frente das câmeras e tornou seu nome (e o cabelo cor-de-rosa) mais conhecido. Nilinho, que também faz o styling dos editoriais do All  Things Hair, dividiu dicas para você testar em casa.

All Things Hair entrevista Nilinho 

As mulheres que você veste já foram clicadas usando boinas, chapéus, bonés, bandanas, viseiras, turbantes e outros acessórios. Algum desses é seu preferido?

Nilinho: Gosto de turbante. Apesar de trazer uma discussão social de empoderamento, que é um pouco complicada, acho que na maioria das mulheres o turbante deixa um visual  bonito, interessante, inteligente. Mas acho que é mais a história como os meus stylings são quase um personagenzinho. Depende se é a menina é mais a street ou a fofa. E depende da roupa,  se vou colocar uma pena, se um laço, uma boina. Tudo vai depender do mood do restante da produção. Gosto bastante de boné também, por mais que as meninas nem sempre estejam acostumadas a usar.

Mulher negra usa tranças e turbante, ela veste roupa preta
“na maioria das mulheres o turbante deixa um visual bonito, interessante, inteligente.”

As brasileiras ainda usam pouco chapéus e outros acessórios de cabelo, quando comparadas com mulheres da gringa. O que você acha disso?

Nilinho: Acho que, no Brasil, as meninas usam menos chapéus porque elas se importam mais com o cabelo, se está bem tratado, bem bem hidratado, bem escovado.  E querem mostrar o cabelo, sem nada mais, ou com algo pequeno que talvez não estrague a escova e o superpenteado. Se for liso, esse cabelo tem que estar muito liso, se for cacheado, tem que estar com um cacheado bonito. A brasileira se importa mais com isso do que com o adereço. Além disso, aqui é mais difícil encontrar acessórios e eles são mais caros. Nem sempre as meninas querem investir. Diferente de quanto era tendência a tiara e os laços, que eram mais baratos. E elas acabavam comprando.

Levo a cor do cabelo da menina em consideração, na hora que estou fazendo a produção. O acessório tem que se destacar.

No styling, qual é a função dos acessórios de cabelo?

Nilinho: Eu uso os acessórios no styling feminino para complementar o look. É legal ter um elo dos pés à cabeça. Mas é o que eu digo: aqui, no Brasil, as pessoas não estão muito acostumadas a usar. Nos editoriais ou numa festa, para uma aparição, em geral, as meninas preferem estar só com o cabelo muito bem penteado do que usar um fascinator — apesar de esse acessório já ser mais popular hoje do que era há 5 anos.

Mulher usa boné verde e roupa preta, enquanto anda na rua, calçada com tênis branco
“Gosto de boné, por mais que as meninas nem sempre estejam acostumadas a usar.”

Discas de styling: foco nos acessórios 

Você leva em consideração a cor do cabelo na hora de escolher os acessórios, ou isso é bobagem?

Nilinho:  Eu levo a cor do cabelo da menina em consideração, sim, na hora que estou fazendo a produção. O acessório tem que se destacar. Se a menina tiver um cabelo preto e o acessório for preto, ele tem que ter algum tipo de brilho, por exemplo. Você pode usar um acessório de uma cor completamente diferente do seu cabelo para ele ter destaque. Ou você pode usar um que tenha uma tonalidade parecida, mas com um brilho e algo que chama atenção, é importante perceber se ele não está sumindo no cabelo.

Se formos começar a usar acessórios, quais você indica para comprarmos?

Nilinho: Acho que o segredo para começar a comprar acessórios, caso você não use ainda, é começar tomando cuidado com os tamanhos, a princípio, para você não ficar se sentindo uma alegoria. Vou comprar algo que as pessoas já estejam mais acostumadas a ver na rua, para você não se sentir um “ponto”, não se sentir mal. Não tenho muito costume, vou comprar um boné ou uma casquete um pouco menor. Mas se joga. O acessório que você achar bonito e sentir que vai segurar o look, sem ficar se sentindo mal. Um beijo e foi.

Ao pensar no estilo de uma cliente, para um shooting ou premiação, você combina o uso de acessórios de cabeça com o cabeleireiro? Como é a relação entre esses dois profissionais?

Nilinho: Na verdade, não combino com o cabeleireiro, se eu acho que vou usar e tenho intimidade com o cabeleireiro eu falo só que vai rolar. Mas é bom só ele saber que vai ter aquilo. Porque não e legal ele fazer um superpenteado e depois eu colocar uma cabeça que estrague. Eu falo e peço para eles pensarem como usar a cabeça. Surgem soluções maravilhosas, que eu nem tinha pensado, e  as meninas ficam maravilhosas.

Que segredo das suas clientes tão estilosas você pode dividir com a gente (em relação aos acessórios para o cabelo e truques que tenham a ver com eles)?

O que posso dividir sobre acessórios, cabelos e minhas clientes é que eu nunca coloco uma coisa que faça a menina se sentir desconfortável. O acessório de cabelo tem que, primeiro, estar firme na cabeça, sem apertar e machucar. Se for numa festa, não pode ficar dura. Tem que ficar livre para se movimentar, dançar, beber. Se for fazer fotos, a mesma coisa. No caso da Adotada, que ela grava e fica o dia inteiro produzida,é isso: conforto e beleza, tudo isso somado à pergunta: a minha cliente vai segurar esse look se ela for segurar, maravilhoso.

Sugestão de produto

Shampoo Dove Advanced Hair Series Regenerate Nutrition e Condicionador Dove Advanced Hair Series Regenerate Nutrition, elaborados especialmente para ajudar a tratar cabelos com química ou muito danificados. E Creme Para Pentear Seda Recarga Natural Força Antiquebra, que ajuda a desembaraçar e modelar os fios.

  

All Things Hair
All Things Hair
25 fevereiro 2017

Próximos
Artigos