Tendências

Paula Rita Saady: tudo sobre os cabelos da influencer radicada em Paris

×
Criado Por
Juliana Tozzi

All Things Hair conversou com a jornalista e blogueira Paula Rita Saady sobre a rotina de cuidados capilares e novidades de beleza parisienses.

Se você ama Paris e o apelo poético e fashion da cidade, é bem provável que também vá amar (e muito) conhecer a jornalista e blogueira Paula Rita Saady, dona o blog Paris Me Chama, um espaço criado para compartilhar todos os achados, dicas e tendências mais cool do momento.

Morando em Paris desde 2008, Paula já trabalhou como modelo e em várias vertentes de criação e publicações do mundo da moda. Também foi uma das fundadoras do site Gema.TV, a primeira web TV de moda do Brasil. Foi lá também que ela deu vida a maravilhosa personagem “Entrevistadora de Maiô”.

All Things Hair conversou com a jornalista sobre sua rotina de cuidados capilares, os truques para reproduzir o famoso cabelo das francesas, produtinhos que ela anda amando e dicas de salões de beleza em Paris. Então, se você não quer ficar por fora dessas e de outras novidades, precisa conferir a conversa abaixo.

All Things Hair: O que anda fazendo no momento?

Paula Rita Saady: Estou me preparando para a Semana de Moda de Paris. É uma época muito importante para o meu trabalho, vejo as tendências, vou nos showrooms das marcas. Realizo o Fashion Day Tour, que é um serviço customizado de imersão na moda parisiense, no qual recebo muitas bloggers brasileiras as quais faço o RP aqui em Paris. É uma turma grande, a gente se diverte, mas é muito trabalho. Por exemplo, na última temporada, o  nosso coletivo ParisMania fez a noite de autógrafos do livro da Lilian Pacce, no La Reserve. Nesse projetos de alto luxo trabalhamos em grupo.

Como surgiu o Paris me Chama?

Paula Rita Saady: Fui morar em Paris, tive minha primeira filha e estava trabalhando na revista L’Officiel Paris. Depois, comecei a escrever como colaboradora da Vogue Brasil. Quando surgiu a revista Glamour no Brasil, me perguntaram se eu gostaria de ter um blog-coluna no site deles. Achei ótimo e topei na hora! Com o passar do tempo, o blog foi crescendo, conseguindo muita visibilidade e espaço na mídia. Achei que era o momento de voar sozinha e torná-lo independente. Hoje o Paris me Chama é traduzido em francês, inglês e português e tenho trabalhado em um conteúdo também para os parisienses e está dando super certo.

Como é sua relação com a sua própria beleza? 

Paula Rita Saady: Sou leonina e sou vaidosíssima! Sempre estou tentando me cuidar ao máximo, apesar de ter dois filhos e uma vida super corrida, estou sempre passando aquele creminho e um esmalte rapidinho. Aliás, muita gente que me conhece sabe que adoro passar o esmalte nas unhas dentro do táxi. No engarrafamento, é certeza! Mas não chego no lugar com minhas unhas sem estarem pintadas, estou profissional da unha de táxi!

Quais são as principais diferenças que você sentiu no seu cabelo com a mudança de país?

Paula Rita Saady: No Brasil, eu tinha um cabelo muito oleoso e usava produtos diferentes do que uso agora. A água da França é muito calcária, o que deixa os cabelos muito secos, duros e complicados de lidar. Eu que tenho cabelo comprido e gosto de fazer mechas, preciso dormir de trança porque se não o cabelo fica muito em pé.

Qual é a sua atual rotina de cuidados?

Paula Rita Saady: Aqui na França você precisa investir demais em produtos de cuidados. Para equilibrar essa história do calcário da água, faço meu último enxágue com água mineral fria, porque é pura e ajuda a dar uma melhorada no aspecto dos fios. Evito usar água quente também. Outra coisa que uso muito no cabelo são máscaras de óleo, que deixo nos fios por meia hora. Uso muito óleo de argan, que é um óleo natural. Por causa do tipo de água daqui, não dá para lavar o cabelo todo dia. Porém, também aplico esse óleo nas pontas. Caso contrário, o cabelo vira uma vassoura!

Qual é o estilo da francesa quando o assunto é cabelo? 

Paula Rita Saady: O cabelo da francesa é aquele tipo bagunçado, mas não é um cabelo feio. Elas têm um corte legal, geralmente os cabelos não são compridos e enormes como o das brasileiras. Elas gostam mais de um long bob, do que do cabelão na cintura. Os cortes são mais repicados e têm aquela coisa de mais um bagunçado natural. Aqui o povo usa muito mousse, pomada, mas tudo para dar o efeito “acordei assim e saí de casa”. É um efeito fabricado.

Quais são os penteados preferidos das parisienses?

Paula Rita Saady: O principal penteado das parisienses é aquele coque bagunçado, meio preso, meio solto. Elas adoram! Em festa, vejo muito aquele cabelo partido para o lado e com os fios bem esticados com gel, fios soltos ou com um rabo baixo. Um cabelo bem clássico que elas finalizam com um lindo brinco grande e brilhante. Em noites mais chiques é o que mais vejo elas usarem por aqui.

Quais são seus penteados favoritos?

Paula Rita Saady: Amo trança boxeadora, porque é aquele penteado que não se desfaz se você tiver feito bem feitinho. É uma pena que eu não sei fazer sozinha, sempre tenho que encontrar uma amiga. É o tipo de penteado que resolve bem a vida, porque você fica arrumada o dia inteiro e dá esse toque moderno, esportivo. Está super na moda agora, mas já estou usando há mais de 3, 4 anos. Outro penteado que gosto é aquele que você joga o cabelo todo para um dos lados e prende com grampinhos. Daí, você dá aquela ondulada volumosa nos fios. Sei que é um cabelo meio anos 80, com uma referência Jerry Hall, uma coisa meio felina, mas combina totalmente comigo.

Quanto você quer impressionar ou dar um up no look, qual o penteado que você faz?

Paula Rita Saady: O penteado que mais gosto e sempre uso quando quero dar um up é aquele rabo de cavalo alto, bem no topo da cabeça com os lisos lisos de chapinha. Esse penteado é quase uma plástica! Daí, você coloca cílios postiços, um olho com delineado gatinho… É aquele look infalível de mulher fatal. É o que mais amo!

O que você já fez nos fios que não faria nunca mais?

Paula Rita Saady:  O que achei que não deu muito certo no meu cabelo foi pintar ele de ruivo. Eu estava fazendo uma fotos para o site do Celso Kamura, há muitos anos atrás, e ele deixou meu cabelo ruivo. Ficou lindo, mas é uma cor que desbota muito, porque o ruivo depois de duas semanas fica laranja. É uma manutenção muito grande, pesada e que requer muito tempo e não sou uma pessoa que gosta de passar o dia inteiro no salão de beleza. Então, até por isso, faço mechas californianas, porque não dá raiz e você vai no salão no dia que pode, não tem aquela obrigação.

Qual salão você indica para fazer um bom corte de cabelo em Paris?

Paula Rita Saady: Indico dois salões: um caro e bom é o John Nollet e um barato e bom é o Cizors.

Você vai a muitos eventos e toma conhecimento dos produtos em primeira mão. Quais foram os lançamentos para cabelo que você mais amou nos últimos tempos?

Paula Rita Saady: Lançamentos de cabelo que para mim foram imbatíveis é escova alisadora de cerâmica, que alisa o cabelo em 5 minutos. Estou enlouquecida com ela! Ela estica o cabelo em 5 minutos. Aposentei minha chapinha. Outra coisa muito interessante são cremes de limpeza para cabelo sem enxágue. Ele promete limpar o cabelo e tirar as impurezas  e dar um up. É impressionante porque dá um efeito muito bom. Uma coisa que não sai da minha bolsa são aquelas escovinhas de cabelo com pelos bem curtos, que parecem escova de pelo de cachorro. Elas são especiais para desembaraçar. Elas não quebram os fios de jeito nenhum. Outra coisa são as tinturas orgânicas, sem agentes químicos agressivos, que já estão sendo usadas por vários salões de beleza da cidade, inclusive há um salão especializado nesse tipo de tintura que é o Massato.

Sugestão de produtos

All Things Hair recomenda o Shampoo TRESemmé Expert Perfeitamente (Des)arrumado, que ajuda a limpar e eliminar o excesso de oleosidade prejudicial à saúde dos cabelos e couro cabeludo. Para um melhor resultado, use em conjunto com o Condicionador TRESemmé Expert Perfeitamente (des)arrumado. Para desembaraçar e modelar os fios você poder usar o Creme para Pentear Dove Recuperação Extrema.

Salvar

Salvar

Juliana Tozzi
Juliana Tozzi
15 fevereiro 2017

Próximos
Artigos