Blunt cut: alerta de tendência!

All Things Hair | 19 agosto 2016

O blunt cut é queridinho das passarelas por ter a capacidade rara de ficar bem em diferentes formatos de rosto e tipos de fios, mesmo sendo anguloso e dramático.

Blunt cut”, em tradução literal do inglês, é “corte brusco”, mas podemos explicar como o corte de cabelo que, em qualquer comprimento, termina com as pontas em corte preciso.  No blunt cut, as pontas são tão densas quanto o comprimento dos fios, o que dá ao cabelo uma aparência de saudável, forte e denso.

Elegante e democrático

O corte é queridinho das passarelas por ter a capacidade rara de ficar elegante em diferentes formatos de rosto e tipos de fios, mesmo sendo anguloso e dramático. Recentemente, voltou a surgir nos tapetes vermelhos, o que amenizou o seu jeitão de tendência das semanas de moda e levou o estilo às ruas.  

Depois da moda dos long bobs, surgiu a pergunta: “qual a diferença entre o blunt cut e o lob?”. A diferença, porém, é clara. Enquanto o long bob é definido por seu comprimento, entre o bob e o médio, o blunt cut é definido por como são cortadas as pontas do cabelo. Portanto, um blunt cut pode ser curto, médio ou mesmo super longo.

blunt cut 2
O blunt cut sempre foi queridinho da alta costura.

Por garantir volume extra e sensação de linhas retas, as donas de cabelos lisos são os maiores beneficiadas pela técnica. O que não significa, felizmente, que somente elas podem apostar na tendência. Afinal, embora os fios encaracolados (naturalmente ou com a ajuda de um modelador de cachos) não mostrem a precisão do corte preciso das pontas, eles ainda se beneficiam da densidade do cabelo e da aparência saudável. Um spray texturizador, como o Spray Texturizador TRESemmé Expert Perfeitamente (Des)arrumado, ajuda a garantir o look.

A beleza do que é natural

A tendência surge num momento de exaltação da naturalidade na beleza. É este despertar que tem levado às ruas os cabelos afros naturais, os cachos sem progressiva, os fios ondulados sem chapinha e mesmo os lisos longos e com o mínimo possível de estilização. Em outras palavras, a característica mais descolada do blunt cut é exatamente ser simples, reto e clássico, praticamente uma versão capilar da camiseta branca de algodão.

E, assim, como uma camiseta de algodão, permite infinitas possibilidades de combinações, para todos os estilos. O blunt cut fica lindo em fios muito longos e retos, em médios com franja reta e cheia e numa versão mais longa e angulosa do chanel de bico. Ele também funciona muito bem com cabelos loiros, ruivos e mechas que se concentrem – ou se intensifiquem – nas pontas, já que as pontas são realçadas em fios mais claros.

blunt cut 3
O blunt cut fica perfeito em fios mais claros ou com mechas.

Uma dica é pintar ou descolorir antes de fazer o corte. Assim, ao investir no blunt cut, as pontas mais ressecadas pela tintura serão descartadas e a aparência de saudável prevalecerá. Outra opção é intensificar bastante a rotina de cuidado com os fios, antes, durante e depois da coloração. Produtos como a Máscara De Tratamento Nexxus Emergencée e o Creme De Tratamento Dove Advanced Hair Series Vitality Rejuvenated podem ser grandes aliados.

O corte valoriza os traços de pessoas com rostos triangulares, ovais e embora não seja especificamente recomendado para rostos redondos, pode alongar a face se for estilizado partido no meio ou tiver comprimento abaixo do pescoço.

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.