Corte chanel: tudo o que você precisa saber

All Things Hair | 09 maio 2016
×

O corte Chanel é símbolo de força e luta pela igualdade. Aprenda um pouco sobre a história do Chanel e veja como usar o clássico corte de cabelo em cada tipo de rosto.

O corte chanel é um dos cortes de cabelo mais clássicos e conhecidos do mundo e já virou símbolo de sofisticação. Ao longo dos anos, o corte ganhou atualizações. Agora, há tantas variações que o chanel pode ser usado por mulheres de todas as idades – sem resultar em um look sisudo ou sério demais. Melhor: todos os tipos de cabelo podem sem cortados nesse estilo – em alguns casos, talvez seja necessário o uso de produtos redutores de volume.

Sucesso nos anos 1920

O corte de cabelo chanel não é novidade. Conhecido como bob nos Estados Unidos, o corte já existia desde a antiguidade. Mas foi nos anos 1920 que ele se tornou um clássico. Nessa época, as mulheres abandonaram padrões de moda e beleza enquanto lutavam por independência financeira, direito ao voto e a trabalhar fora de casa.  O corte então ganhou o nome da estilista e virou símbolo de força e independência.

Os novos chanel: a transformação do corte

O corte chanel se transformou ao longo dos anos. Em 1923, a versão nomeada de shingle (telha, em português) ganhou fama nos Estados Unidos: nele, os fios da nuca são tosados enquanto o cabelo é estilizado em ondas bem marcadas. Nos anos 1930, o corte ganhou versões mais longas e mais suaves.

Nos anos 1960, no entanto, o corte de cabelo voltou a ser tão radical como nos anos 20: o corte tem a base reta e ganha formas geométricas bem marcadas. E a transformação não parou mais. Nos anos 1980, por exemplo, o curtinho ganhou camadas e um visual mais bagunçado e texturizado. Nos anos 1990 a atualização foi completa: o corte foi usado em várias cores, comprimentos e até se tornou popular entre os homens.

Ou seja: o chanel é ou não é um corte democrático? Com certeza há alguma versão que combine com o seu estilo.

A mais recente do bob, que ganhou as ruas e as celebridades, é o long bob, tipo mais alongado, com altura um pouco acima da linha dos ombros. As versões são muitas: ele pode ser liso ou ondulado, com base reta ou assimétrica, em camadas ou não, ter franja reta ou lateral.

Corte chanel para cada tipo de rosto

As opções são tantas que você não sabe qual tipo de corte escolher? Levar em consideração o formato do seu rosto pode ser um bom caminho.

Rosto oval:

O chanel deve ser abaixo do queixo, para que o formato ovalado do rosto não se sobressaia.

Rosto quadrado:

O tipo de corte chanel ideal para quem tem rosto quadrado possui nuca alta e franja, seja ela desconectada, reta ou lateral.

Rosto triangular:

Prefira as versões mais longas, com franjas laterais  e evite cortes muito curtos, que deixam o queixo em evidência.

Rosto redondo:

Para alongar o rosto redondo, o corte chanel ideal é assimétrico, com as pontas da parte da frente mais compridas e até um pouco desfiado.

Sugestões de produtos

Saiba que independente do tipo de chanel que você decidir cortar, seus fios precisam estar fortes e nutridos. A lavagem é parte fundamento neste processo. Escolha um bom shampoocondicionador. Indicamos o Seda Shampoo Ceramidas, que limpa e hidratada a fibra capilar. Experimente o Condicionador TRESemmé Liso e Sedoso. Caso queira dar um polimento hidratante ao fios, o Óleo Nexxus Oil Infinite.

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.