Como dizer adeus aos cabelos com luzes e retornar à cor natural

Juliana Tozzi | 17 setembro 2016

Aprenda como realizar a mudança nos cabelos com luzes sem danificar ou manchar os fios e a aproveitar melhor a nova cor.

Talvez tenha chegado a hora de dizer adeus aos cabelos com luzes, seja porque você se cansou do efeito ou simplesmente porque seus fios estão muito danificados. É nesse momento que surge uma infinidade de dúvidas sobre como voltar à cor naturalcolorir uniformemente os fios que estão divididos em mechas de vários tons. Pois saiba que o processo dessa mudança não será alcançado num passe de mágica.

Para que os cabelos fiquem saudáveis e sem manchas, é preciso tomar alguns cuidados que vão além da escolha da cor adequada. O All Things Hair Brasil conversou com a beauty artist Andréa Cassolari, do salão Ricardo Cassolari, em São Paulo, que deu dicas importantes que podem ajudar a escolher os melhores procedimentos.

Cabelos com luzes: hora de dizer adeus

Antes de tudo

Além de desejo estético, a retirada das luzes pode ser motivada pela fragilidade dos fios, que passaram pelo processo químico que certamente envolveu descoloração, que é um processo que resseca muito o cabelo. É fundamental saber que se os fios loiros danificados forem tingidos pela cor natural ou por qualquer outro tom, eles continuarão danificados. Isso acontece porque a estrutura da fibra capilar não será tratada pela tintura. Ou seja, o tingimento causará ainda mais danos aos cabelos severamente fragilizados.

Então, antes de pensar em tingir novamente os cabelos com luzes, primeiro numa boa reconstrução ou hidratação capilar. Escolha bons produtos que vão reestruturar e nutrir intensamente os fios. Indicamos para serem seus alidos nessa batalha a Máscara de Tratamento Nexxus Emergencée, o Creme de Tratamento Dove Reconstrução Completa ou o Seda Creme de Tratamento Ceramidas.

Qual o melhor procedimento?

De acordo com Andréa Cassolari, os tipos de procedimentos realizados para apagar as luzes podem variar de acordo com a cor do e a situação do cabelo. “Normalmente, vai depender do tom das luzes será necessário fazer uma pré-pigmentação nos fios para depois aplicar a cor desejada. Isso ajudará a não deixar os cabelos acinzentados ou esverdeados”, explica.

A técnica sugerida pela profissional é realizada antes da pigmentação permanente. Ela irá preparar o cabelo para receber o novo tom e caracterizando-se pela aplicação de um cor menos intensa, que desempenha o papel de cobrir a nuance clara que está na superfície dos fios. É recomendada quando o cabelo sofreu a retirada dos pigmentos naturais através da descoloração e é necessário inseri-los novamente.

É um procedimento realizado em fases até que o cabelo fique preparado para receber a nova coloração. O profissional deve trabalhar com as cores quentes, como os pigmentos acobreados e vermelhos, que estejam a um tom abaixo da cor que vai ser aplicada de forma definitiva.

Quantas idas ao salão serão necessárias?

Caso você esteja pensando que vai entrar no salão com seus cabelos com luzes e sair de lá horas depois com os fios revestido de uma cor completamente uniforme, muito calma nessa hora! A beauty artist explica que é até possível reverter o quadro numa única ida ao cabeleireiro, mas isso vai depender do tom que a pessoa deseja.

“Se a cliente usa tinta ou tonalizante: a tinta tem maior poder de fixação do que o tonalizante, portanto, éo mais indicado nesse processo. A pré-pigmentação é indispensável nos cabelos que estão com as mechas bem claras nesse caso, ajudando também a fixar mais a cor”, ressalta Andrea.

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.