Umectação capilar: Você sabe o que é? Serve nos fios crespos?

All Things Hair | 27 março 2016

O que é umectação e como a técnica ajuda a manter os fios crespos bonitos, saudáveis e hidratados.

Você já ouviu falar em umectação capilar? O tratamento tem sido cada vez mais adotado por quem está sempre antenado nas novidades do universo da beleza e gosta de cuidar bem dos fios.

Apesar de parecer uma moda recente, a umectação é uma técnica milenar, utilizada pelas mulheres indianas há séculos. A ideia é usar óleos vegetais para hidratar os cabelos. Pode ser feita em qualquer tipo de cabelo com óleos como o de argan, de ricino, de uva, de jojoba e de coco.

Para que serve a umectação capilar?

Os fios crespos têm um formato em espiral e isso dificulta o caminho da oleosidade natural, produzida no couro cabeludo, por toda a extensão dos fios, até as pontas. Além disso, no dia a dia, acabamos expondo os cabelos a agentes que os desgastam, como o vento, a poluição, o calor, a umidade…

Por isso, toda a ajuda que você puder dar à natureza para manter os cabelos hidratados é bem-vinda. E é aí que entra a umectação, que tem um efeito de hidratação potente por ser feita com óleo. Mas atenção!

É preciso se certificar de que o produto escolhido é 100% vegetal, ou seja, extraído de plantas. Estas são as versões que contém as vitaminas e ácidos graxos que vão nutrir o fio e repor o brilho.

Quais as vantagens da umectação?

Além de repor a gordura que ajuda a selar as cutículas e a manter a umidade e a hidratação dos fios, a grande vantagem da umectação é que ela é feita com produtos naturais, extraídos de plantas.

Isso significa que a técnica é uma ótima alternativa para quem tem pele e cabelos sensíveis ou para quem possui algum tipo de alergia. O óleo tem efeito potente e não costuma provocar reações como vermelhidão, coceira ou descamação.

Quais produtos usar para umectar os fios?

Há diferentes tipos de óleo para realizar esse tipo de tratamento e muitos deles são encontrados facilmente em perfumarias, farmácias e até em supermercados ou lojas de produtos naturais.

É possível usar os óleos formulados para cabelos, que podem ser compostos com diferentes tipos de ingredientes como óleo de argan, de macadâmia e de linhaça, entre outros. Também é possível optar por óleo de rícino, de coco, de uva e até azeite de oliva extra-virgem.

Como fazer?

A umectação pode ser feita nos fios secos ou molhados. É possível pedir para que um profissional realize o tratamento em um salão, mas também dá para fazer em casa e não tem segredo.

Para conseguir um efeito melhor, o ideal é aplicar o óleo depois de fazer uma hidratação com máscara. Você aplica a máscara, deixa ela agir pelo tempo necessário. Depois, é só enxaguar os fios e, com eles ainda úmidos, espalhar o óleo, mecha a mecha, envolvendo cada haste capilar.

Se você possui a raiz naturalmente oleosa, certifique-se de só usar o produto nas pontas para não agravar o problema. Deixe agir por algumas horas e enxágue bem o cabelo, até sentir que não sobrou nenhum resíduo do óleo.

Lave bem com shampoo e condicionador, antes de fazer a finalização como preferir. Evite secar com ar quente para não oxidar o óleo e perder o efeito.

Com qual frequência deve ser realizado?

Quem tem cabelos secos pode repetir uma vez por semana ou a cada quinze dias. O ideal é sentir como seus fios respondem ao tratamento e não exagerar.

Uma boa dica é intercalar a umectação com hidratação. Assim, você repões a umidade, reconstrói e nutre os cabelos na medida certa.

Sugestão de produtos: Óleo Nexxus Oil Infinite tem um complexo de seis óleos naturais, incluindo Babaçu e Marula, ambos conhecidos por suas propriedades condicionantes. O Óleo Dove Pure Care Dry Oil tem infusão de Óleo de Macadâmia Africana que proporciona excepcional flexibilidade aos cabelos. E o Creme De Pentear TRESemmé Selagem Capilar Crespo Química é enriquecido com o poder dos aminoácidos e manteiga de karité e ajuda a reparar os danos do cabelo. 

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)