Queratina líquida recupera cabelos crespos muito danificados

All Things Hair | 25 março 2016

Seus cabelos estão danificados e você quer um tratamento reconstrutivo mais intenso? Conheça a nanocauterização, que utiliza uma forma concentrada de queratina líquida.

Naturalmente mais frágeis, cabelos crespos são os que mais costumam sofrer com os procedimentos químicos a que são submetidos, sejam alisamentos, relaxamentos ou tinturas. Eles também são prejudicados pelo calor excessivo do secador, chapinha e das frequentes – e contraindicadas – escovações a seco.

Esses agentes externos danificam os fios ao eliminarem parte da queratina, uma proteína essencial para a estrutura dos cabelos. Por isso é necessário, de tempos em tempos, recorrer a tratamentos reconstrutivos como a nanocauterização, que utiliza uma forma concentrada de queratina líquida.

Queratina líquida vaporizada

A queratina líquida é uma apresentação concentrada da proteína que pode aparecer em quantidades menos relevantes em shampoos, condicionadores, máscaras e ampolas de uso caseiro. Na nanocauterização (ou nanoqueratinização), esse macronutriente é vaporizado com a ajuda de uma escova especial que o transforma em nanopartículas.

Essas partículas de proteína presentes nas gotículas de vapor conseguem penetrar até 3 vezes mais na fibra capilar, agindo como um cimento que preenche cada pequeno espaço deixado pela perda de massa molecular. O resultado são cachos mais brilhantes, maleáveis e resistentes.

O passo a passo é bastante simples. Primeiro, o cabelo é lavado com um shampoo antirresíduos para abrir as cutículas (parte externa do fio). Em seguida, o profissional seca os fios com um secador e, então, separa o cabelo em camadas e mechas. A queratina líquida é colocada dentro de uma escova de vapor especial que vai transformar a proteína em gotículas muito pequenas.

Essa escova também pode emitir uma luz azul (laser) que potencializa a penetração da queratina líquida nos fios. Depois de passar a escova por todas as mechas, o cabeleireiro sela os fios com uma chapinha e aplica um silicone finalizador para deixar as cutículas bem alinhadas e assim garantir a durabilidade do tratamento.

Prós

  • Recupera a fibra capilar profundamente e pode ser usada mesmo por quem tem cabelos crespos naturais, desde que estejam danificados, já que os fios crespos são mais frágeis e suscetíveis a danos no dia a dia.
  • Penetra profundamente nos fios, recuperando de dentro para fora.
  • É preciso uma única aplicação para que os resultados apareçam, fortalecendo os cabelos fragilizados em poucos minutos.

Contras

  • Sua saturação nos fios pode deixá-los enrijecidos e até causar a quebra! Por isso, conte com a avaliação de um cabeleireiro especializado para ter certeza de que o tratamento é indicado para o estado do seu fio.
  • Fique de olho! Alguns salões usam a nanocauterização como finalização para algumas técnicas de alisamento. Portanto, antes de sentar na cadeira do seu cabeleireiro, deixe bem claro o que você busca, para não correr o risco de ter os fios alisados sem autorização. A reposição de queratina jamais alisa o cabelo sozinha, no máximo ela vai deixar as cutículas alinhadas gerando uma sensação de cabelos mais lisos, mas na realidade são só os cachos que estão mais soltos e maleáveis.

Sugestões de produtos

Para manter o resultado do processo, aposte em produtos como o shampoo Seda Restauração Instantânea, que ajuda a proteger os fios dos danos e com o frizz controlado por possuir a tecnologia Nutri Queratina, microcápsulas que continuam agindo no cabelo mesmo depois de seco. Além dele, o shampoo TRESemmé Controle De Frizz Keratin Smooth é indicado, por ter fórmula com micropartículas de queratina e silicone para proteger os fios.

Invista também em cremes de tratamento periódicos, como o TRESemmé Blindagem Platinum, de fórmula com pró- queratina e lipídeos, para reparar a estrutura dos fios e selar as cutículas.

(Artigo publicado originalmente em MeuCrespo.com.br)

Insira um @ no email informado
Você agora está inscrito na newsletter de All Things Hair.